Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

Parabéns a você

por josé simões, em 02.08.19

 

zeca.jpg

 

 

               Aveiro, 2 de Agosto de 1929 — Setúbal, 23 de Fevereiro de 1987

 

 

 

 

O Verdadeiro Artista

por josé simões, em 23.08.18

 

clown boots.jpg

 

 

Embalada pela vitória na aprovação da Lei da Cópia Privada, que lhe permite extorquir dinheiro aos cidadãos para distribuir pelos associados, a Sociedade Portuguesa de Autores acha-se agora no direito de poder retirar às famílias os cadáveres dos entes queridos, contra a sua vontade e contra a vontade do defunto, porque "representa 26 mil autores de todas as áreas e tem 93 anos de existência".

 

A Sociedade Portuguesa de Autores (SPA) mantém a proposta de trasladação dos restos mortais de José Afonso para o Panteão Nacional, mesmo depois de a família do músico a ter rejeitado

 

[Imagem de autor desconhecido]

 

 

 

 

|| Quando se entra logo de rompante e logo com Zeca Afonso

por josé simões, em 29.04.13

 

 

 

Logo "a matar". Logo para arranjar um ponto que permita uma identificação rápida com as gentes de Setúbal. Logo a "queimar etapas". Logo direitinho ao coração:

 

"Sou o meu próprio comité central"

 

Convém não esquecer porque é preciso ter arcaboiço.

 

 

 

 

 

 

|| Zeca Remixed & Remastered @ S. Caetano à Lapa

por josé simões, em 26.03.12

 

 

|| As letras foram o que sempre menos me interessou. Confesso

por josé simões, em 23.02.12

 

 

 

Muito antes de David Byrne ter descoberto as virtudes da World Music, de Paul Simon ter disparado nos tops com Graceland, ou mesmo dos The Clash terem ido até ao ghetto apanhar bebedeiras de reggae, já José Afonso misturava os sons e instrumentos africanos com os sons e os instrumentos da música popular portuguesa. É música de pretos, ouvia-se nas tabernas. Nunca fomos um povo racista. Ainda por cima é do reviralho. Azar. Sempre fomos muito pequeninos.

 

 

 

 

 

 

|| Foi na cidade do Sado

por josé simões, em 23.02.12

 

 

 

Na Adega dos Garrafões, ali mesmo a meio da Rua Arronches Junqueiro, antiga Rua de S. Sebastião, que Escandinávia Bar, como clip de apresentação de Galinhas do Mato, foi filmado.

 

23 de Fevereiro de 1987 – 23 de Fevereiro de 2012

 

 

 

 

 

|| Quando o pão que comes sabe a merda

por josé simões, em 23.02.11

 

 

 

 

 

 

 

Zeca Afonso

por josé simões, em 23.02.07

 

Recordo hoje, aquela noite em que nós dois, fomos júris, na finalíssima de um concurso de música moderna portuguesa, nos saudosos claustros do Convento de Jesus em Setúbal.

 

(As bandas eram tão más - recordas-te? - que nem me consigo lembrar de uma só que seja!).