Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

Zelensky Goes To Washington

por josé simões, em 22.12.22

 

Alexander Rodchenko.jpg

 

 

Volodymyr Zelensky, um mestre da comunicação no séc. XXI como já não pensávamos ser possível depois de tudo o que se tinha visto no séc. XX, conseguiu ter quase tantas primeiras páginas a nível global [sequência, não exaustiva] quantas as de Leonel Messi um dia depois de ser campeão do mundo [sequência, também não exaustiva]. Chapéu.

 

[Imagem "Books! Across All Branches of Knowledge", Alexander Rodchenko,1924]

 

 

 

 

Sign O' The Times, CCXLVI

por josé simões, em 11.08.22

 

1.jpg

 

 

2.jpg

 

 

3.jpg

 

 

We don't need more superheroes. Just give us a few more real people with big hearts, who are willing to face impossible odds.

 

Zelensky Action Figure

 

Sign O' The Times, Capítulo CCXLV

 

 

 

 

Pride and Love

por josé simões, em 16.06.22

 

Andre-Villa-Ansa.jpg

 

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

O poder da imagem

por josé simões, em 09.05.22

 

Ukrainian Girl.jpg

 

 

A imagem do presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, a caminhar sozinho por uma avenida deserta de Kyiv no Dia da Vitória, enquanto vai falando para a câmara e para o mundo, contra a imagem de um solitário presidente da Rússia, Vladimir Putin, sozinho numa bancada cheia de gente, inchado até ao pescoço de colete anti-bala, a debitar propaganda para consumo interno, perante dezenas de milhar que compassadamente fazem troar as botas nas pedras da Praça Vermelha em Moscovo. 

 

[Ukrainian Girl na imagem]

 

 

 

 

Adeus, Lenine!

por josé simões, em 06.04.22

 

АЗЛК.jpg

 

 

O PZP PCP sabe perfeitamente que se a Ucrânia baixar as armas desaparece engolida na voragem restauracionista imperial de Putin, que prontamente vai passar para outra, a Moldova, com o fomento do separatismo na Transnístria, à imagem do que faz na Geórgia com a  Abecázia e a Osssétia do Sul, e fomenta na Arménia e Azerbaijão, que o fantoche da Bielorrússia está no bolso, e o O PZP PCP também sabe que se for a Rússia calar as armas e retirar a guerra acaba em menos de um fósforo. O PZP PCP sabe isso tudo mas recusa acordar do coma da "Mãe Rússia" e ficar órfão dos amanhãs que canta[va]m, nem que para isso tenha de ser cúmplice da morte de milhões de inocentes escudado no "dar oportunidade à paz", a oportunidade que Putin recusa na paz a que pôs fim. Aquelas pessoas tinham uma vida.

 

Para o índice da filha da putice com assento parlamentar:

 

PCP opôs-se a intervenção de Zelensky na AR: “Não vai ao encontro do objetivo de defender a paz”

 

Adenda: O PZP PCP, na sua hipocrisia e cinismo, invoca constantemente o cumprimento da Acta Final de Helsínquia, aquela que reconhece o direitos dos Estados a integrarem ou não tratados e alianças, coisa que o PZP PCP e Putin negam à Ucrânia.

 

[Na imagem, de autor desconhecido, pintura numa parede interior na antiga fábrica de automóveis Moskvitch em Moscovo]