Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

*** Serviço Público ***

por josé simões, em 27.03.17

 

SovetskoePhoto 1.jpg

 

SovetskoePhoto 2.jpg

 

SovetskoePhoto 3.jpg

 

SovetskoePhoto 4.jpg

 

SovetskoePhoto 5.jpg

 

 

[Sovetskoe Foto]

 

 

 

 

||| 13 de agosto de 1961

por josé simões, em 13.08.15

 

Berlin-construction-final-land.jpg

 

 

[Imagem]

 

 

 

 

||| Revisionismo é isto

por josé simões, em 29.08.14

 

 

 

A divisão da Polónia entre Estaline e Hitler só foi assinada «depois de os soviéticos terem perdido todas as esperanças numa aliança com ingleses e franceses para travar o nazismo», a ocupação das repúblicas bálticas [Estónia, Letónia, Lituânia] só aconteceu «depois de os soviéticos terem perdido todas as esperanças numa aliança com ingleses e franceses para travar o nazismo», o massacre de Katyn na Polónia só aconteceu «depois de os soviéticos terem perdido todas as esperanças numa aliança com ingleses e franceses para travar o nazismo», o compasso de espera ordenado por Estaline ao Exército Vermelho nas margens do rio Vístula para dar tempo enquanto os nazis na outra margem acabam a operação de limpeza só aconteceu «depois de os soviéticos terem perdido todas as esperanças numa aliança com ingleses e franceses para travar o nazismo», que quase metade dos 23 milhões de soviéticos mortos durante a II Guerra Mundial tenham sido vítimas de um Estaline paranóico e com a mania da perseguição, dedicado a purgar as cúpulas das forças armadas substituídas por fiéis e acéfalos comissários políticos que de guerra não sabiam nada, também foi só «depois de os soviéticos terem perdido todas as esperanças numa aliança com ingleses e franceses para travar o nazismo». A Pátria do PCP parece ser a URSS. É o que temos.

 

[Na imagem poster soviético de propaganda]

 

 

 

 

 

 

|| O Verdadeiro Artista

por josé simões, em 05.05.11

 

 

 

 

 

|| Coincidências

por josé simões, em 02.05.11

 

 

 

 

 

No mesmo dia do ano de 1945, noutra latitude, outro símbolo de outro terrorismo era oficialmente derrubado.

 

 

 

 

 

 

 

|| A Brigada Brejnev em modo taxista de um ZIL (*)

por josé simões, em 23.12.10

 

 

 

 

|| The Real USSR

por josé simões, em 07.09.10

 

 

 

Uma mina

 

 

 

 

|| Nos gloriosos tempos da não menos gloriosa União Soviética este problema não se colocava

por josé simões, em 03.07.10

 

 

 

 

Sibéria perde meio milhão de habitantes desde 1992

 

 

 

 

|| O prisioneiro nº.7

por josé simões, em 02.04.10

 

 

 

 

«The heroic story of Raoul Wallenberg is one of the most extraordinary to emerge from the horrors of the Holocaust»

 

 

 

|| Revisão da matéria

por josé simões, em 23.12.09

 

 

 

Ainda que por diferentes razões, sou levado a concordar: foi um “criativo” (entre aspas), foi um “pensador” (entre aspas), foi um patriota (sem as aspas).

 

"Quisiéramos que ese día cesen las discusiones acerca de ciertos errores de la época estalinista, para que la gente reflexione sobre la figura de Stalin como creador, pensador y patriota"

 

(Na imagem poster Long live the great Stalin!, Sirocenqo, 1938)

 

 

 

 

|| CCCP Revival

por josé simões, em 01.12.09

 

 

 

Todos os conteúdos originais da televisão da era soviética, desde programas de informação e propaganda até programas de humor, a partir de agora disponíveis online.

 

CCCP TV

 

(Via)

 

 

 

|| Soviet conflict

por josé simões, em 11.11.09

 

 

 

 

Sinistro, cruel... e bem sucedido. O sistema comunista para o desporto provocou ódio e admiração, mas as brechas começaram a aparecer muito antes da queda do Muro de Berlim.

 

(Na íntegra)

 

 

 

|| Jornais gratuitos, Comunismo e ovos de chocolate

por josé simões, em 01.09.09

 

 

 

Por uma daquelas coincidências, no dia em que é notícia que a «redução do número de jornais gratuitos em Portugal era inevitável quer devido à quebra de receitas publicitárias causada pela crise económica quer pela pequena dimensão do mercado» - sublinho: receitas publicitárias -, o Guardian trás à luz um relatório recentemente tornado público pelos serviços secretos britânicos M15, onde consta que os diamantes e as jóias saqueados pelos bolcheviques durante a Revolução de Outubro ao czar Nicolau II, foram escondidos e camuflados em chocolates, e contrabandeados para Inglaterra para financiar um jornal revolucionário de orientação comunista.

 

Um ficheiro classificado como Top Secret revela que em 1920 o regime dos sovietes doou a Francis Meynell, director do Daily Herald, qualquer coisa como £ 40.000 em diamantes como forma de financiar e ajudar à sobrevivência da publicação.

 

«"I have received the following information from a reliable source," wrote intelligence officer Major Ball on 29 December 1920. "When the Bolshevik diamonds were brought into England, they were brought by Francis Meynell concealed in chocolates."»

 

 

 

 

|| As sombras do passado

por josé simões, em 31.08.09

 

 

 

«“as sombras do passado não devem escurecer as do presente e, menos ainda, a futura cooperação entre a Rússia e a Polónia”»

 

Nas sombras do passado, Lenine está presente em espírito na fotografia, que faz sombra a Estaline, que por sua vez se ri enquanto faz sombra a Molotov e Ribbentrop: A Polónia foi responsável pelo deflagrar da II Guerra Mundial e a punição não se fez esperar. Dizer isto é revisionismo.

 

Adenda: Ver também

 

 

 

Onde é que eu já vi isto?

por josé simões, em 09.12.08

 

 

«Los principales expertos internacionales advierten contra la rehabilitación del dictador y el olvido de millones de víctimas»