Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

||| Uma primeira página ridícula

por josé simões, em 26.05.15

 

i.jpg

 

 

Assim de repente, sem ler o conteúdo e só de ler as gordas, ninguém se inscrevia para um congresso da UEC [União dos Estudantes Comunistas], ninguém se inscrevia para um congresso da UJC [União da Juventude Comunista] e muito menos alguém se inscreveu para o congresso fundador da JCP [Juventude Comunista Portuguesa], fruto da junção entre a UEC e a UJC, nem sequer Pedro Passos Coelho pode ter "passado" pelo Partido Comunista porque, com aquela idade, ia obrigatoriamente para uma das organizações de juventude do partido, a UEC ou a UJC.

 

Os militantes participavam nas reuniões e o "centralismo democrático", na pessoa do 'controleiro', propunha xis nomes para xis células de escolas ou de empresas [no caso da UJC, trabalhadores estudantes] e os nomes eram depois votados pelos militantes em reuniões de célula e de braço no ar. O resto, o que sobrava, podia ir ou não ao congresso na condição de convidado, consoante a disponibilidade de lugares na assistência.


Mau jornalismo e uma primeira página ridícula.