Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

Tudo farinha do mesmo saco

por josé simões, em 13.04.18

 

the economist (1).jpg

 

 

O símbolo do PS na 'Geringonça' conduzida por António Costa, segundo o The Economist.

 

 

 

 

Portugal cuts its fiscal deficit while raising pensions and wages

por josé simões, em 29.03.17

 

His administration restored state pensions, public-sector wages and working hours to pre-bail-out levels, and also brought the deficit to well below the 2.5% target set by the European Union. It is the first time that Portugal has complied with the euro zone’s fiscal rules.

 

 

 

 

Da série "Grandes Primeiras Páginas"

por josé simões, em 06.01.17

 

A capa do The Economist.jpg

 

 

A capa do The Economist

 

 

 

 

Da série "Grandes Primeiras Páginas"

por josé simões, em 27.05.16

 

Kim Jong-un na capa do The Economist.jpg

 

 

Kim Jong-un na capa do The Economist

 

 

 

 

||| Da série "Grandes Primeiras Páginas"

por josé simões, em 17.07.15

 

the economist.jpg

 

 

A capa do The Economist

 

 

 

 

||| Da série "Grandes Primeiras Páginas"

por josé simões, em 18.06.15

 

the economist.jpg

 

 

A capa do The Economist

 

 

 

 

||| Da série "Grandes Primeiras Páginas"

por josé simões, em 30.01.15

 

the economist.jpg

 

 

A capa da The Economist

 

 

 

 

||| Da série "Grandes Primeiras Páginas"

por josé simões, em 29.08.14

 

 

 

A capa da The Economist

 

[Via]

 

 

 

 

 

 

||| As coisas são como são

por josé simões, em 08.06.14

 

 

 

Agora que nos aproximamos da hora do pontapé de saída para o Mundial de 2014 e que, como por artes mágicas, as notícias dos protestos e dos confrontos com a polícia nas ruas das principais cidades brasileiras vão desaparecendo das páginas dos jornais e do primetime das televisões, apesar de continuarem lá, nas ruas, todos os dias e a todas as horas, convinha recordar o percurso de Dilma Vana Rousseff, de resistente à ditadura militar, que sofreu na pele a violência policial [A Dilma levou choque até com fiação de carro, fora cadeira do dragão, pau-de-arara e choque pra todo lado] até Dilma Vana Rousseff, "Presidenta" da República Federativa do Brasil, que ordena a violência policial sobre os cidadãos.

 

As coisas são como são ou, como cantou um outro "brasileiro" famoso, «No One Is Innocent. God save politicians God save our friends the pigs», ou até mesmo as palavras da ex-resistente e "Presidenta" eleita , «Há uma perda intrínseca para o país quando essa experiência de uma juventude que se jogou na luta democrática, se jogou no combate para construir um país melhor [é] perdida por morte».

 

[Na imagem o resumo do Mundial 2014 e de todos os outros que o precederam e que se lhe vão seguir numa frase na primeira página da The Economist]

 

 

 

 

 

 

||| Da série "Grandes Primeiras Páginas"

por josé simões, em 01.04.14

 

 

 

A capa da The Economist

 

 

 

 

 

 

||| Da série "Grandes Primeiras Páginas"

por josé simões, em 11.03.14

 

 

 

A capa da The Economist

 

 

 

 

 

 

||| Apesar de As Seis Mulheres de Henrique VIII lhe assentar que nem uma luva

por josé simões, em 19.02.14

 

 

 

«Paulo Portas, disse que estava no papel do "oitavo marido de Zsa Zsa Gabor" (atriz que se radicou nos EUA e teve nove maridos): "Não sei como fazer isto de uma forma inédita e interessante"»

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

 

|| Da série "Grandes Primeiras Páginas"

por josé simões, em 25.05.13

 

 

 

 

A capa da The Economist

 

 

 

 

|| Infographic Design

por josé simões, em 20.01.13

 

Where-to-be-born-Infographic-Design-from-1988-to-2013-700px

 

|| Da série "Grandes Primeiras Páginas"

por josé simões, em 20.11.12

 

 

 

A capa da The Economist