Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

||| O princípio é exactamente o mesmo

por josé simões, em 31.01.15

 

fucked.jpg

 

 

Do Governo que decide antecipar os lucros aos bancos e tem o topete de vir proclamar aos quatro ventos que resolveu o problema dos contratos swap, para depois ver o Supremo Tribunal de Justiça, pela segunda vez, dar razão a quem defendia a sua denúncia e a via judicial, ao Governo que fecha a porta a uma cimeira europeia para a renegociação da dívida que permita a recuperação económica, o crescimento e emprego, o princípio é exactamente o mesmo: garantir lucros e mais-valias aos bancos, alimentar a especulação financeira, esbulhar o bolso do contribuinte, continuar o saque fiscal e desmantelar o Estado em favor de interesses privados, enquanto argumenta o contrário, que é a da salvação do Estado que se trata, da credibilidade restaurada, da recuperação económica que aí vem, da sustentabilidade garantida.


[Imagem]

 

 

 

 

||| Da iniciativa privada

por josé simões, em 12.01.15

 

The-Great-Train-Robbery.jpg

 

 

Secretário de Estado Sérgio Monteiro é nome de empresa de transporte de valores.


[Imagem]

 

 

 

 

||| O bolso do contribuinte é um poço sem fundo

por josé simões, em 30.08.14

 

 

 

O antes - "consórcio privado", e o depois - o bolso do contribuinte.

 

«De acordo com o relatório divulgado na sexta-feira pela Parpública, os derivados de cobertura de risco que recebeu associados a um pacote de financiamento que antes pertencia ao consórcio privado Elos tinham, a 30 de Junho, um valor negativo de 152,9 milhões de euros.»

 

Diz que andámos muitos anos a viver acima das nossas possibilidades.

 

[Na imagem Corporate Head by Terry Allen]

 

 

 

 

 

 

||| Diz o povo que "os cães têm medo mas não têm vergonha"

por josé simões, em 30.08.14

 

 

 

Estes têm vergonha mas não têm medo.

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

 

|| Portugal porno

por josé simões, em 22.04.13

 

 

 

Há uma sub-categoria no cinema porno, dentro de outra subcategoria – o porno amador, denominada "wife-swapping" – maridos possessivos e com problemas de erecção, "tratados" por interposta pessoa, a mulher submissa e obediente, objecto sexual às mãos de terceiros [no plural], para prazer voyeurista do marido [não confundir com swing onde a mulher tem papel activo e vontade própria].

 

É a isto que se referem quando referem contratos swap, não é? Gestores amadores de nomeação política, com o fetiche "administrador de uma grande empresa", ávidos em apresentar resultados que lhe permitam saltar para o privado, e que tratam as empresas públicas como objectos de recreação, com o final em modo bukkake para a cara o bolso do contribuinte.

 

[Imagem]