Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

|| Voglio una donna!

por josé simões, em 26.02.13

 

 

 

Duas conclusões óbvias a retirar do resultado das eleições em Itália:

 

- Os italianos estão fartos da austeridade ideológica de Mario Monti e votaram em quem prometeu acabar com a austeridade, Silvio Berlusconi.

- Os italianos estão fartos de um sistema político opaco e corrupto e votaram num outsider que prometeu vassourada, Beppe Grillo.

 

O resto é conversa para encher páginas de jornais e ocupar tempo aos paineleiros na televisão por cabo a seguir ao jantar.

 

Não há volta a dar-lhe e para lá caminhamos.

 

[A imagem é Ciccio Ingrassia em Amarcord de Federico Fellini, inspirado no Ferreira Fernandes]

 

 

 

 

 

|| A República de Saló 2.0

por josé simões, em 12.01.12

 

 

 

Alemanha, a decidir governos em Itália since 23 de Setembro de 1943.

 

[Imagem]

 

Notícia via Twitter

 

 

 

 

 

 

|| A História é uma coisa fodida, pá

por josé simões, em 13.11.11

 

 

 

Reza a História que, nos idos de 1941, quando a Wermacht cruzou a Galícia em direcção a Kiev e Moscovo, o exército alemão foi recebido pelos nativos como libertador. Do que aconteceu a seguir também reza a História.

 

«Uma vez virada a página Berlusconi, o Presidente da República italiana, Giorgio Napolitano» e coiso e tal.

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

 

|| Ainda sou do tempo do poder económico submetido ao poder político

por josé simões, em 12.11.11

 

 

 

E hoje devia ser o dia de estarmos todos de luto, sermos todos Berlusconi, com já devíamos todos ter sido Papandréou na início da semana, e não o dia de andar a largar foguetes e a gritar HIP, HIP, HURRA!

 

Big deal!

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

 

|| É nesta altura que entra a Wehrmacht?

por josé simões, em 08.11.11

 

 

 

Curiosamente, na história recente da Alemanha, já houve um Fuchs que também gostava de decidir a vida dos outros. Foi SS-Scharführer em Belzec, Sobibor e Treblinka.

 

«Porta-voz do partido de Merkel pede demissão de Berlusconi»

 

[Na imagem Erich Fuchs poses behind a machine gun]

 

 

 

 

 

 

|| Since Julho de 1973

por josé simões, em 07.11.11

 

 

 

Vai por aí grande alarido porque parece que os ‘mercados’ querem condicionar a Democracia e a escolha dos povos feita pelo voto. Discordo. Na forma não no conteúdo. Desde que David Rockefeller inventou a Trilateral Commission em Julho de 1973 que isso acontece, agora perderam foi, definitiva e totalmente, a vergonha e o pudor. E isso é outra história.

 

 

 

 

 

 

|| O Triângulo das Bermudas: Comunismo, homossexualidade e imperialismo

por josé simões, em 18.03.11

 

 

 

 

 

|| Como diria o Jaime Pacheco: “Uma faca de dois legumes”

por josé simões, em 16.02.11

 

 

 

 

 

 

|| Por falar em Berlusconi, “Let it never be said, That romance is dead, RubyRubyRubyRuby, DoyaDoyaDoyya, Anda what you doing, do it to me”

por josé simões, em 20.01.11

 

 

 

 

 

 

|| Kim il-Berlusconi

por josé simões, em 20.12.10

 

 

 

 

|| Sílvio ‘Travis Bickle’ Berlusconi

por josé simões, em 21.09.10

 

 

 

 

 

Retrato do artista enquanto jovem.

 

"You talkin' to me? You talkin' to me? You talkin' to me? Then who the hell else are you talkin' to? You talkin' to me? Well I'm the only one here. Who the fuck do you think you're talking to?"

 

 

 

 

 

 

|| Loucos são os outros (*)

por josé simões, em 25.12.09

 

 

 

Passada que é uma semana sobre o ataque de um “louco” a Sílvio Berlusconi é a vez do Papa Bento XVI ser atacado por uma “louca”. Acho que vou rever o meu conceito de loucura.

 

(*)

 

(Na imagem January 19, 1909, Macon, Georgia, Some adolescents in Bibb Mill No. 1 by Lewis Wickes Hine)

 

Post-Scriptum: em português

 

 

 

 

|| O culto da barbárie

por josé simões, em 14.12.09

 

 

 

Um desgraçado com um historial clínico de doenças mentais atacou Sílvio Berlusconi e logo passou a " culto da barbárie" pelo facto de um energúmeno qualquer ter criado uma página no Facebook com o seu nome e que em poucas horas ganhou para cima de 40 mil fans.

 

Já um atrasado mental que a coberto duma pseudo-ideologia nacionalista se dedicava à tortura, extorsão e tráfico de droga ganhou estatuto de " preso político".

 

«Às vezes questionamo-nos como foi possível, no passado, determinados monstros gozarem de tanta popularidade.»

 

(Imagem de autor desconhecido)

 

 

 

 

|| “É amado pelo povo”

por josé simões, em 01.12.09

 

 

 

A última vez que tinha “ouvido” elogios ao último ditador da Europa tinha sido aqui.

Irá Berlusconi ingressar na “galeria dos bons” ao lado de Mahmoud Ahmadinejad e Hugo Chávez em próximos editoriais do Avante! ?

 

 

 

 

|| Estrela rock do ano

por josé simões, em 23.11.09

 

 

 

«Il Cavaliere consegue como ninguém ser o centro das atenções e o seu estilo de vida é digno das melhores estrelas de rock.»

 

A Rolling Stone Itália elegeu Sílvio Berlusconi como  "estrela rock do ano".