Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

Duas razões

por josé simões, em 08.07.21

 

Colin Chillag.jpg

 

 

Só há duas razões para a candidata do Chega pelo PSD à Câmara da Amadora nas autárquicas de Setembro ter direito a directos nas televisões na apresentação da candidatura e a entrevista no telejornal da hora do jantar, privilégio não concedido aos candidatos das outras formações políticas à mesma câmara, ou até aos candidatos a outras câmaras municipais, das 308 que há no país:

 

- A comunicação social gosta da chafurda e da lavasquice, do alarido e do alarme social, da gritaria que lhe dá audiências à laia de reality show;

- A comunicação social pode depois vir queixar-se de ser vítima de coação e de ataque à liberdade de imprensa por parte dos candidatos que alegremente promoveu.

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

Domingo à noite na televisão do militante número um

por josé simões, em 05.07.21

 

MM.jpg

 

 

Esta gente, esta classe de empresários, como Berardo, como Luís da Maia, como Nuno Vasconcelos e como vários outros são empresários sem vergonha, sem escrúpulos e sem carácter.

 

Luís Marques Mendes, no seu espaço de comentário televisivo, a 4 de Julho de 2021.

 

 

 

 

Papagaios deslumbrados e idiotas úteis

por josé simões, em 30.06.21

 

x.jpg

 

 

Quem continua a rir é Mário Crespo que durante mais de um ano promoveu o comendador, dia sim dia não no telejornal da televisão do militante n.º 1, SIC Notícias, a vender moral, rectidão, subida na vida a pulso, e objectivos patrióticos. O idiota útil no título não é o Crespo, até porque está no plural.

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

Camarada Balsemão, a bem da Nação

por josé simões, em 05.06.21

 

mussolini.jpg

 

 

A tomada de posição dos vários partidos, a propósito da saída de Portugal da lista verde inglesa, nos telejornais da televisão do militante n.º 1, SIC Notícias, são noticiadas como "partido x disse" ou "fulano de tal pelo partido y comentou". O Chaga, o partido do deputado só, foi o único com direito a imagem e comentário próprio pela voz do líder. Em todos os telejornais, a todas as horas certas, 24 horas de um dia. Camarada Balsemão, a bem da Nação.

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

"Marxismo cultural" ou sexta-feira à noite na televisão do militante número 1

por josé simões, em 29.05.21

 

sicn.jpg

 

 

"Marxismo cultural" ou sexta-feira à noite na televisão do militante número 1.

 

 

 

 

A televisão do militante número 1

por josé simões, em 25.05.21

 

visão.jpg

 

 

"André Ventura, e depois da vitória que conseguiu alcançar nas Presidenciais [minuto 18:44]". Ouviram bem, vitória. 

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

Corrupção e poças de água

por josé simões, em 08.04.21

 

pocas-de-agua.jpg

 

 

Diz o Zé Gomes 'programa de governo' Ferreira na televisão do militante n.º 1 que não precisamos ver a chuva a cair para saber que choveu durante a noite, basta sair à rua de manhã e ver as poças de água, logo, se o Sócras metia torneiras de luxo no apartamento de Paris e ia às compras ao Sunset Boulevard de Los Angeles é mais do que provado que é corrupto.

Daí até ao Zé Gomes 'programa de governo' Ferreira aparecer na televisão do militante n.º 1 a dizer que estava a almoçar num restaurante e que ouviu um casal na mesa ao lado, que iam tirar todo o dinheiro do BES, que o banco estava em risco de falir, e que interrompeu o repasto para se dirigir à mesa e dizer que não senhor, que isso era tudo uma treta e que ele próprio, se tivesse poupanças assinaláveis, ia já amanhã comprar acções do GES, para no dia a seguir o GES ter dado o peido mestre, com todo o rol de desgraças e misérias que sobrou até ao dia de hoje para o contribuinte, e sem perspectivavas de tão cedo vir a acabar, para uns tempos depois o jornal do militante n.º 1 avançar que tinha uma lista de jornalistas avençados do BES, que eram pagos pelo Ricardo Salgado para só dizer bem do banco e constuir narrativas de modo a enrolar investidores e pequenos aforradores, em linguagem comum conhecidos por totós, e depois essa lista nunca mais ter aparecido até aos dias que correm, os dias em que a gente sai à rua e vê as poças de água e sabe que choveu durante a noite. É isto, não é?

 

[Imagem de autor desconhecido]

 

 

 

 

"Liberdade para pensar", dizem eles

por josé simões, em 28.03.21

 

modlane.jpg

 

 

Em 1973 o Expresso referia-se aos movimentos de libertação das colónias como "terroristas"; em 2021 a televisão do militante n.º 1 - SIC Notícias, refere os terroristas islâmicos no norte de Moçambique como "insurgentes".

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

A diferença entre Clara de Sousa e um cone de sinalização de trânsito

por josé simões, em 15.03.21

 

 

 

A diferença entre Clara de Sousa e um cone de sinalização de trânsito é que o cone tinha confrontado Marques Mendes quando, pela enésima vez, diz que disse sobre a "abertura no Natal" aquilo que não disse, em linguagem comum: mente com quantos dentes tem na boca.

 

[Vídeo]

 

 

 

 

"O desastre do Avante! explicado aos camaradas"

por josé simões, em 23.01.21

 

Máscara antivírus.jpg

 

 

Estou em isolamento profilático. Termina na quarta-feira, na verdade. Mas estou a pensar ir votar. Se for vou super armadilhado. Em minha casa estamos todos iguais porque isto foi um jantar que aconteceu cá em casa.

 

João Miguel Tavares, Comissário Marcelista para o Dia da Raça em Portalegre, no "Governo Sombra" na SIC Notícias.

 

Na semana passada estive de férias e perdi a oportunidade de molhar a sopa a propósito da Festa do Avante!, mas o balanço do evento justifica que regresse ao tema com intenções puramente didácticas, já que manifestamente o PCP não percebeu nada do que lhe aconteceu.

 

[Imagem de autor desconhecido]

 

 

 

 

O porco na chafurda, IV

por josé simões, em 05.01.21

 

pork_market_cheeks_allg_u_pigs_market_meat_market_

 

 

O porco na chafurda, alimentado por Clara de Sousa no amigável Ana Gomes vs. Marisa Matias, quando ambas estavam prestes a concordar que as duas candidaturas podiam muito bem ser uma, assim do nada e a completo despropósito, a introduzir o Ventas do Chaga no debate. "Então o quer pensa? Então o que acha? Então o que..?".

 

O porco na chafurda, a levar uma lição de ética e humanidade dada por um calceteiro que o obrigou várias vezes a engolir em seco enquanto passava a mão pelo colarinho apertado pela gravata [as imagens estão lá para o comprovar], com Carlos Daniel a não perceber nada de nada da alegoria das pedras de várias cores trazidas pelo mar e ainda mais uma referência a Peniche, deve ser por causa do surf, Carlinhos tenrinho, que nem sequer sabes o valor do RSI caso contrário tinha-te ocorrido perguntar como é que alguém que o recebe consegue passar os dias inteiros do mês no café a beber cerveja, ou se calhar não perguntavas.

 

[Imagem]

 

O porco na chafurda, Capítulo III

 

 

 

 

Jornalismo de qualidade é outra loiça

por josé simões, em 01.11.20

 

sic notícias nuno rogeiro.jpg

 

 

Nuno Rogeiro, conhecido por sistemática e semanalmente apresentar como "exclusivo" ou "as minhas fontes" coisas que estão disponíveis a qualquer pessoa em qualquer busca no Google, apresentou na avença semanal que detém na televisão do militante n.º 1, só Deus sabe porquê, as previsões para o confronto da década, e quiçá do milénio, a ter lugar na próxima terça-feira nos Estados Unidos: Clinton vs. Trump. Jornalismo de qualidade é outra loiça.

 

 

 

 

Notícias da "livre escolha" entre público e privado

por josé simões, em 21.04.20

 

naperon.jpg

 

 

A televisão do militante n.º 1, aka SIC e SIC Notícias, descobriu que os hospitais privados cobram aos utentes o equipamento de protecção Covid-19 usado pelo pessoal médico. E faz notícia de telejornal com isso e com pessoas da "livre escolha" entre público e privado muito indignadas com mais esta parcela na factura da "saúde negócio". E ficamos sempre sem saber se estas indignações são genuína burrice; se estas indignações são genuína ignorância da máxima "não há almoços grátis"; se estas "manchetes" de telejornal são apenas mais um passo no "processo Correio da Manha em curso" nos canais auto-intitulados de referência; se isto não é só genuína sonsice da televisão do militante n.º 1 a tentar passar a ideia de que público e privado é tudo "a mesma luta".

 

[Imagem de autor desconhecido]

 

 

 

 

O Estado da daNação

por josé simões, em 06.01.20

 

correio da manha.png

 

 

"Tenho uma prima que morreu por negligência médica e estou a pensar em ir para a investigação do Correio da Manhã para ver se consigo alguma coisa". Telefonema para o Opinião Pública/ SIC Notícias aos seis dias do mês de Janeiro do Ano da Graça de 2020.

 

[Imagem de autor desconhecido]

 

 

 

 

Prioridades

por josé simões, em 11.08.19

 

Heather Oelklaus.jpg

 

 

Dia 1, antes da greve: A televisão do militante n.º 1, SIC Notícias, faz directo da Quinta do Lago com as dificuldades de abastecimento de combustível para os turistas, os VIP, os que vão de jacto particular, ou de helicóptero desde a outra Quinta, a da Marinha em Cascais. Desconhece-se se o estagiário deslocado para o local da crise fez o passadiço das dunas até ao restaurante do Gigi para dar conta das dificuldades de abastecimento de víveres para tão ilustre clientela e mui nobres estômagos.

 

Dia 2, antes da greve: A televisão do militante n.º 1, SIC Notícias, faz directo da Marina de Vilamoura com as dificuldades de abastecimento que os iates, dos VIP e milionários com skippers pagos à tarefa e sem factura passada, vão ter para abastecer e voltar às terras de origem, ainda se sujeitam a ter de lavar a rouba a bordo e a estender as cuecas num cabo esticado entre o estai e o brandal, o que é contra as boas regras da civilidade. Os pescadores de Portimão que se fodam, e com efe grande, que são danos colaterais nestas prioridades de abastecimento televisivo.

 

[Imagem]