Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

Prioridades

por josé simões, em 11.08.19

 

Heather Oelklaus.jpg

 

 

Dia 1, antes da greve: A televisão do militante n.º 1, SIC Notícias, faz directo da Quinta do Lago com as dificuldades de abastecimento de combustível para os turistas, os VIP, os que vão de jacto particular, ou de helicóptero desde a outra Quinta, a da Marinha em Cascais. Desconhece-se se o estagiário deslocado para o local da crise fez o passadiço das dunas até ao restaurante do Gigi para dar conta das dificuldades de abastecimento de víveres para tão ilustre clientela e mui nobres estômagos.

 

Dia 2, antes da greve: A televisão do militante n.º 1, SIC Notícias, faz directo da Marina de Vilamoura com as dificuldades de abastecimento que os iates, dos VIP e milionários com skippers pagos à tarefa e sem factura passada, vão ter para abastecer e voltar às terras de origem, ainda se sujeitam a ter de lavar a rouba a bordo e a estender as cuecas num cabo esticado entre o estai e o brandal, o que é contra as boas regras da civilidade. Os pescadores de Portimão que se fodam, e com efe grande, que são danos colaterais nestas prioridades de abastecimento televisivo.

 

[Imagem]

 

 

 

 

Continuem assim que vão na direcção certa

por josé simões, em 27.05.19

 

 

 

Paulo Baldaia, um dos comentadeiros do regime nos intervalos de ser um hooligan trauliteiro no Twitter a dar o corpo às balas por Pinto da Costa, contra o Benfica e o centralismo sulista, marchar, marchar, na televisão do militante n.º 1 a explicar, urbi et orbi, que há "um critério editorial que se baseia, logo de início, nos [partidos] que já têm representação parlamentar" no que toca ao destaque dado pelo media às diversas representações políticas, depois dos 10 - dez - 10 minutos dados pela SIC Notícias, no rescaldo das eleições, ao Aliança e a Santana Lopes, que não se submeteu a votos nem sequer o partido que lidera elegeu algum deputado, a seguir a terem cortado a palavra a João Ferreira da CDU ao minuto e meio para mostrarem um gráfico de barras com uma qualquer percentagem e a terem repetido a façanha com Paulo Rangel do PSD, para não falar dos zero minutos dados a Rui Tavares do Livre.

 

Rui Rio, no rescaldo das eleições, a dizer que há que repensar a forma como as campanhas eleitorais são feitas, por forma a cativar os cidadãos no dia de fazer a cruzinha no boletim de voto e inverter a abstenção, como se as pessoas formassem opinião e fossem votar pelo que é dito no circo das arruadas, das canetas, dos sacos, dos porta-chaves e das palhaçadas rua abaixo e feiras e mercados adentro.

 

Continuem assim que vão na direcção certa.

 

 

 

 

O triunfo do Comissário Nogueira

por josé simões, em 08.05.19

 

Agnes Varda.png

 

 

No frente-a-frente entre João Oliveira do PCP e Leitão Amaro do PSD pergunta Sara Pinto, a rapariguita que a televisão do militante n.º 1 meteu a pivô no telejornal do Mário Crespo, se "a dívida aos professores vai ser paga". A dívida. Nós, que há 10 anos não temos aumentos nem progressão na carreira nem nunca iremos ver 9A 4M 2D andar para trás no tempo, ainda temos uma "dívida aos professores". Muito bem.

 

[Imagem]

 

 

 

 

Leite, tabaco e droga

por josé simões, em 02.04.19

 

 

 

Uma medida eleitoralista, diz o "especialista" transportes públicos no Opinião Pública da SIC Notícias, porque com a baixa do preço dos passes sociais as pessoas vão ter mais dinheiro para comprar leite, tabaco e droga.

 

[Via]

 

 

 

 

A Fox News do militante n.o 1

por josé simões, em 31.01.19

 

sicn outdoor.jpg

 

 

A Fox News do militante n.o 1.

 

[Mupi da SIC Notícias, via].

 

 

 

 

Todo o poder aos trogloditas!

por josé simões, em 22.01.19

 

Octavi Serra (2).jpg

 

 

"Vamos ouvir aqui este adepto do FC Porto" diz a menina da SIC Notícias de microfone esticado na porta do Estádio da Pedreira antes do Benfica vs. Porto para a Taça da Liga". "Não sou do FC Porto...". "Não é do FC Porto?!". "Não, sou neutral". E lá vai ela de microfone esticado à cata dos mestres da táctica que fazem linhas completas com suplentes e tudo, e até se deitam a adivinhar quem vai marcar os golos, enquanto os outros passam por trás em passo acelerado e vão largando "Benfica é merda!" e "filhos da puta, até os comemos", "Porto, caralhooo!", ignorando olimpicamente o maná que tinha ali entre mãos, caído do nada, um puto com não mais de 16 anos, ainda sem barba na cara, que se tinha dado ao trabalho de sair de casa numa noite fria de Janeiro para ver um jogo de futebol só pelo prazer do jogo, sem torcer por nenhum clube em especial.

 

Não, as televisões não têm culpa nenhuma no clima de violência que se vive nas bancadas dos estádios, não senhor.

 

[Imagem de Octavi Serra]

 

 

 

 

Adblock no cu dos outros para mim é refresco

por josé simões, em 02.01.19

 

sicn.jpg

 

 

A SIC Notícias, e o Expresso do mesmo grupo de imprensa, que por cada visita online vem com a cantilena, em barra inferior no monitor, dos "cookies para melhorar a experiência do utilizador, personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades de redes sociais" [...] e partilhar informações com "parceiros de redes sociais, de publicidade [...]" entra em directo num site de uma empresa do mesmo ramo, e que dá emprego a profissionais na mesma luta, com um bloqueador de publicidade activo no browser. Adblock no cu dos outros para mim é refresco.

 

 

 

 

Pray for CDS

por josé simões, em 03.12.18

 

 

 

[Daqui]

 

 

 

 

Next level

por josé simões, em 05.11.18

 

Ben Stainton.jpg

 

 

Antes eram perfis falsos com contas criadas para o efeito numa rede qualquer, agora são fake news com a chancela da carteira de jornalista em televisões ditas de referência.

Muito bem a televisão do militante n.º 1 com a sua conta no Twitter a fabricar fake news [em print screen para memória futura] num título que nada tem nada a ver, antes pelo contrário, com o que o primeiro-ministro diz. CLAP! CLAP! CLAP!

 

[Imagem]

 

 

 

 

Fake news à portuguesa

por josé simões, em 29.10.18

 

naperon (2).jpg

 

 

A televisão do militante n.º 1 teve acesso a documentos onde o director da Polícia Judiciária Militar, agora detido por envolvimento na matrafisga de Tancos, pede ao ministro da Defesa que os geninhos [na gíria nome pelo qual são conhecidos os GNR's] algarvios sejam distinguidos pelos elevados serviços prestados à Pátria no deslindamento do gamanço. O pedido chega ao chefe de gabinete de Azeredo Lopes, ministro da Defesa, que concorda e remete para o seu colega ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, que "assina" por baixo. Entretanto a Judite civil dá conta da tramóia e as assinaturas laudatórias ficam sem efeito. E, perguntamos todos, onde é que está a notícia? Está em que o ministro não só sabia de tudo como foi conivente e ainda teve o topete de louvar os meliantes, quiçá, a televisão do militante n.o 1 não conseguiu descobrir, com a cumplicidade do ministro da Administração Interna.

 

E isto é só o começo. Daqui até ás eleições de 2019 vai haver mais e mais sofisticado. Muito mais.

 

[Imagem de autor desconhecido]

 

 

 

 

Sábado há mais

por josé simões, em 07.10.18

 

 

 

A SIC Noticias, para compensar a fake new na primeira página do Expresso desta semana, que morreu ainda mais rápido que a da semana passada, fez um Opinião Pública especial-alarmista sobre um incêndio - Cascais, sem vítimas humanas nem habitações ardidas, extinto em 12 horas, com uma mão cheia especialistas e tudo, que nos juraram a pés juntos que a culpa é do Governo e que já vai sendo tempo destes impunes serem julgados e condenados na barra do tribunal. E ainda estamos a um ano das eleições. Sábado há mais.

 

 

 

 

O triunfo da televisão do Correio da Manha

por josé simões, em 07.09.18

 

CM.jpg

 

 

A SIC Notícias, depois de 48 - quarenta e oito - 48 horas consecutivas a falar do Benfica e do e-toupeira, abre o Jornal das 9 com "a notícia que está a marcar o dia". A descia de divisão do Moreirense por corrupção? Não, o assassinato da professora do Montijo.

 

[Imagem de autor desconhecido]

 

 

 

 

Benny Hill

por josé simões, em 28.08.18

 

Benny_Hill (1).JPG

 

 

Na SIC Notícias tivemos Pedro Santana Lopes, comentador residente com avença paga, a debater com Carlos César, presidente do grupo parlamentar do Partido Socialista, a criação do novo partido Aliança de... Pedro Santana Lopes. Depois "ai Jesus" que as pessoas não compram jornais, preferem o Goucha e a Cristina aos canais notíciosos no cabo, e nem sequer se dignam sair de casa para ir votar.

 

[Imagem]

 

 

 

 

O caudillho do regionalismo-futeboleiro

por josé simões, em 25.07.18

 

ovo da serpente (1).jpg

 

 

Resumo da entrevista de Rui Moreira, presidente da Câmara Municipal do Porto, à SIC Notícias:

 

- O Porto vai sair da Associação Nacional de Municípios porque a Associação Nacional de Municípios, por unanimidade de votos dos seus membros, tomou posição à que, enquanto presidente da Câmara do Porto, considero contrária aos interesses da cidade, merecedora do estatuto de Estado-nação.

 

- O Tribunal de Contas, com o devido respeito, age como "força de bloqueio", com o devido respeito, porque, como dizem os 'amaricanos', no seu papel de "checks and balances" consagrado na Constituição da República Portuguesa, toma posições que eu, enquanto caudillo eleito, com o devido respeito, considero contrárias aos interesses da cidade do Porto, merecedora do estatuto de Estado-nação.

 

E remata com "o Poder político é a expressão do povo em democracia" depois de ter passado toda uma entrevista a criticar as decisões do poder político democrático. Com o devido respeito.

 

[Imagem]

 

A seguir o PS, e o PS Porto que é uma espécie de PS-nação dentro do PS nacional, vai aparecer com falinhas mansas depois de ter andado anos a chocar o "ovo da serpente".

 

 

 

 

 

Queres que cuspa ou que engula?

por josé simões, em 09.05.18

 

Saul Leiter, Soames, c. 1960.jpeg

 

 

A impoluta, ícone do jornalismo de investigação, bandeira da liberdade de imprensa contra o totalitarismo socialista-socratista, e sempre adiado Pulitzer Prize, na televisão do militante n.º 1, por ter sido despedida pelo Sócras, precisamente quando andava a investigar Paulo Portas e os submarinos, Luís Nobre Guedes e o caso Portucale, Telmo Correia e o Casino Lisboa e a Estoril-Sol, tudo doutores do partido pelo qual foi deputada à Assembleia da República, tudo casos de governação anterior aos governos de José Sócrates ao qual dedicou especial afinco. Ele há coincidências e ao mesmo tempo azares do caralho!

 

[Imagem]

 

Adenda: Marinho Pinto versus Manuela Moura Guedes