Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

"Baixar os custos do trabalho foi a reforma que ficou por fazer"

por josé simões, em 02.08.21

 

Frank Moth.jpg

 

 

"Censos 2021 – Portugal a perder população, pela primeira vez desde a década de 60/70 do século passado. Não é uma grande surpresa. Mas é uma enorme preocupação. Provavelmente o problema mais sério que o país tem pela frente."

 

É preciso uma política inteligente de atracção de imigração qualificada;

 

Imigrantes qualificados para trabalharem nas estufas de Odemira ou na construção da futura barragem do Pisão. Na homilia semanal, com conversa de Chega, herdada do CDS, muito preocupado com a míngua de pessoas de que padece o território, sem explicar por que cargas de água um país que exporta os mais qualificados da Europa para o mundo precisa de "imigração qualificada", já que o obrigava a chegar aos salários dignos, ao mérito, ao reconhecimento, e a contrariar a narrativa do "baixar os custos do trabalho foi a reforma que ficou por fazer" que é o ADN do PSD.

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

Duas razões

por josé simões, em 08.07.21

 

Colin Chillag.jpg

 

 

Só há duas razões para a candidata do Chega pelo PSD à Câmara da Amadora nas autárquicas de Setembro ter direito a directos nas televisões na apresentação da candidatura e a entrevista no telejornal da hora do jantar, privilégio não concedido aos candidatos das outras formações políticas à mesma câmara, ou até aos candidatos a outras câmaras municipais, das 308 que há no país:

 

- A comunicação social gosta da chafurda e da lavasquice, do alarido e do alarme social, da gritaria que lhe dá audiências à laia de reality show;

- A comunicação social pode depois vir queixar-se de ser vítima de coação e de ataque à liberdade de imprensa por parte dos candidatos que alegremente promoveu.

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

Domingo à noite na televisão do militante número um

por josé simões, em 05.07.21

 

MM.jpg

 

 

Esta gente, esta classe de empresários, como Berardo, como Luís da Maia, como Nuno Vasconcelos e como vários outros são empresários sem vergonha, sem escrúpulos e sem carácter.

 

Luís Marques Mendes, no seu espaço de comentário televisivo, a 4 de Julho de 2021.

 

 

 

 

Papagaios deslumbrados e idiotas úteis

por josé simões, em 30.06.21

 

x.jpg

 

 

Quem continua a rir é Mário Crespo que durante mais de um ano promoveu o comendador, dia sim dia não no telejornal da televisão do militante n.º 1, SIC Notícias, a vender moral, rectidão, subida na vida a pulso, e objectivos patrióticos. O idiota útil no título não é o Crespo, até porque está no plural.

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

Camarada Balsemão, a bem da Nação

por josé simões, em 05.06.21

 

mussolini.jpg

 

 

A tomada de posição dos vários partidos, a propósito da saída de Portugal da lista verde inglesa, nos telejornais da televisão do militante n.º 1, SIC Notícias, são noticiadas como "partido x disse" ou "fulano de tal pelo partido y comentou". O Chaga, o partido do deputado só, foi o único com direito a imagem e comentário próprio pela voz do líder. Em todos os telejornais, a todas as horas certas, 24 horas de um dia. Camarada Balsemão, a bem da Nação.

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

"Marxismo cultural" ou sexta-feira à noite na televisão do militante número 1

por josé simões, em 29.05.21

 

sicn.jpg

 

 

"Marxismo cultural" ou sexta-feira à noite na televisão do militante número 1.

 

 

 

 

A televisão do militante número 1

por josé simões, em 25.05.21

 

visão.jpg

 

 

"André Ventura, e depois da vitória que conseguiu alcançar nas Presidenciais [minuto 18:44]". Ouviram bem, vitória. 

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

Corrupção e poças de água

por josé simões, em 08.04.21

 

pocas-de-agua.jpg

 

 

Diz o Zé Gomes 'programa de governo' Ferreira na televisão do militante n.º 1 que não precisamos ver a chuva a cair para saber que choveu durante a noite, basta sair à rua de manhã e ver as poças de água, logo, se o Sócras metia torneiras de luxo no apartamento de Paris e ia às compras ao Sunset Boulevard de Los Angeles é mais do que provado que é corrupto.

Daí até ao Zé Gomes 'programa de governo' Ferreira aparecer na televisão do militante n.º 1 a dizer que estava a almoçar num restaurante e que ouviu um casal na mesa ao lado, que iam tirar todo o dinheiro do BES, que o banco estava em risco de falir, e que interrompeu o repasto para se dirigir à mesa e dizer que não senhor, que isso era tudo uma treta e que ele próprio, se tivesse poupanças assinaláveis, ia já amanhã comprar acções do GES, para no dia a seguir o GES ter dado o peido mestre, com todo o rol de desgraças e misérias que sobrou até ao dia de hoje para o contribuinte, e sem perspectivavas de tão cedo vir a acabar, para uns tempos depois o jornal do militante n.º 1 avançar que tinha uma lista de jornalistas avençados do BES, que eram pagos pelo Ricardo Salgado para só dizer bem do banco e constuir narrativas de modo a enrolar investidores e pequenos aforradores, em linguagem comum conhecidos por totós, e depois essa lista nunca mais ter aparecido até aos dias que correm, os dias em que a gente sai à rua e vê as poças de água e sabe que choveu durante a noite. É isto, não é?

 

[Imagem de autor desconhecido]

 

 

 

 

"Liberdade para pensar", dizem eles

por josé simões, em 28.03.21

 

modlane.jpg

 

 

Em 1973 o Expresso referia-se aos movimentos de libertação das colónias como "terroristas"; em 2021 a televisão do militante n.º 1 - SIC Notícias, refere os terroristas islâmicos no norte de Moçambique como "insurgentes".

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

A diferença entre Clara de Sousa e um cone de sinalização de trânsito

por josé simões, em 15.03.21

 

 

 

A diferença entre Clara de Sousa e um cone de sinalização de trânsito é que o cone tinha confrontado Marques Mendes quando, pela enésima vez, diz que disse sobre a "abertura no Natal" aquilo que não disse, em linguagem comum: mente com quantos dentes tem na boca.

 

[Vídeo]

 

 

 

 

"O desastre do Avante! explicado aos camaradas"

por josé simões, em 23.01.21

 

Máscara antivírus.jpg

 

 

Estou em isolamento profilático. Termina na quarta-feira, na verdade. Mas estou a pensar ir votar. Se for vou super armadilhado. Em minha casa estamos todos iguais porque isto foi um jantar que aconteceu cá em casa.

 

João Miguel Tavares, Comissário Marcelista para o Dia da Raça em Portalegre, no "Governo Sombra" na SIC Notícias.

 

Na semana passada estive de férias e perdi a oportunidade de molhar a sopa a propósito da Festa do Avante!, mas o balanço do evento justifica que regresse ao tema com intenções puramente didácticas, já que manifestamente o PCP não percebeu nada do que lhe aconteceu.

 

[Imagem de autor desconhecido]

 

 

 

 

O porco na chafurda, IV

por josé simões, em 05.01.21

 

pork_market_cheeks_allg_u_pigs_market_meat_market_

 

 

O porco na chafurda, alimentado por Clara de Sousa no amigável Ana Gomes vs. Marisa Matias, quando ambas estavam prestes a concordar que as duas candidaturas podiam muito bem ser uma, assim do nada e a completo despropósito, a introduzir o Ventas do Chaga no debate. "Então o quer pensa? Então o que acha? Então o que..?".

 

O porco na chafurda, a levar uma lição de ética e humanidade dada por um calceteiro que o obrigou várias vezes a engolir em seco enquanto passava a mão pelo colarinho apertado pela gravata [as imagens estão lá para o comprovar], com Carlos Daniel a não perceber nada de nada da alegoria das pedras de várias cores trazidas pelo mar e ainda mais uma referência a Peniche, deve ser por causa do surf, Carlinhos tenrinho, que nem sequer sabes o valor do RSI caso contrário tinha-te ocorrido perguntar como é que alguém que o recebe consegue passar os dias inteiros do mês no café a beber cerveja, ou se calhar não perguntavas.

 

[Imagem]

 

O porco na chafurda, Capítulo III

 

 

 

 

Jornalismo de qualidade é outra loiça

por josé simões, em 01.11.20

 

sic notícias nuno rogeiro.jpg

 

 

Nuno Rogeiro, conhecido por sistemática e semanalmente apresentar como "exclusivo" ou "as minhas fontes" coisas que estão disponíveis a qualquer pessoa em qualquer busca no Google, apresentou na avença semanal que detém na televisão do militante n.º 1, só Deus sabe porquê, as previsões para o confronto da década, e quiçá do milénio, a ter lugar na próxima terça-feira nos Estados Unidos: Clinton vs. Trump. Jornalismo de qualidade é outra loiça.

 

 

 

 

Notícias da "livre escolha" entre público e privado

por josé simões, em 21.04.20

 

naperon.jpg

 

 

A televisão do militante n.º 1, aka SIC e SIC Notícias, descobriu que os hospitais privados cobram aos utentes o equipamento de protecção Covid-19 usado pelo pessoal médico. E faz notícia de telejornal com isso e com pessoas da "livre escolha" entre público e privado muito indignadas com mais esta parcela na factura da "saúde negócio". E ficamos sempre sem saber se estas indignações são genuína burrice; se estas indignações são genuína ignorância da máxima "não há almoços grátis"; se estas "manchetes" de telejornal são apenas mais um passo no "processo Correio da Manha em curso" nos canais auto-intitulados de referência; se isto não é só genuína sonsice da televisão do militante n.º 1 a tentar passar a ideia de que público e privado é tudo "a mesma luta".

 

[Imagem de autor desconhecido]

 

 

 

 

O Estado da daNação

por josé simões, em 06.01.20

 

correio da manha.png

 

 

"Tenho uma prima que morreu por negligência médica e estou a pensar em ir para a investigação do Correio da Manhã para ver se consigo alguma coisa". Telefonema para o Opinião Pública/ SIC Notícias aos seis dias do mês de Janeiro do Ano da Graça de 2020.

 

[Imagem de autor desconhecido]