Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

Beijinhos e abraços

por josé simões, em 29.05.20

 

marcelo bairro jamaica.jpg

 

 

Foi há tanto tempo que parece que foi ontem, Marcelo no Jamaica, "um bairro tão português" como os outros, porque quando contacta portugueses não pede "cadastro criminal, nem o cadastro fiscal, nem o cadastro moral", pede o "cadastro higiénico", por causa do canastro, porque tornar a meter lá os chispes metam os jornalistas que são malucos e pagos para isso, que ele é mais verificar condições de higiene em hotéis, muito estritas", com "desinfeção permanente", cama lavada e rabinho com água das malvas, aquela planta que nos bairros pobres de Marrocos apanham para fazer uma sopinha e que em Jamaica, Seixal, com despedimentos, confinamentos e outros entos desta vida, para lá caminha, não a do hotel, a outra.

 

Aaaah, e comprem livros, muitos, não numa qualquer livraria "independente", "exemplo de resistência", porque ler faz bem à saúde e com esse acto investem em conhecimento, que não ocupa espaço, ao mesmo tempo que dão emprego a um ror de gente e contribuem para o PIB, mas nesta, na Barata, façam execursões, dentro das regras do distanciamento social nos autocarros e comboios, que o senhor Barata agradece. Percebem porque é que Marcelo nunca veio, por exemplo, a uma livraria de Setúbal, daquelas que fecharam ainda antes da pandemia e porque é que o circo é sempre no Natal?

 

 

 

 

"Senhor Presidente, condena a violência no bairro Jamaica?"

por josé simões, em 05.02.19

 

selfie_de_marcelo_com_solange_moradora_do_bairro_da_jamaica.jpeg

 

 

marcelo jamaica.jpg

 

 

"Senhor Presidente, condena a violência no bairro Jamaica?", pergunta a líder do CDS, Procissão Cristas, depois de ter publicamente declarado o apoio à recandidatura de Marcelo Rebelo de Sousa.

 

[Imagens]

 

 

 

 

Um partido de plástico

por josé simões, em 30.01.19

 

SHSadler-FreshMeat.png

 

 

SHSadler-FreshMeat (1).png

 

 

O dia em que Santana Lopes foi em acção de propaganda manhosa ao Jamaica no Seixal deixando cair "Se eu morasse aqui também me sentiria revoltado..." e "A responsabilidade é de todos enquanto país" e que a prioridade devia ser construir casas decentes a preços acessíveis para esta gente ao invés da Santa Casa da Misericórdia andar preocupada com a entrada no capital do Montepio Geral, não disse mas os jornalistas amigos também não lhe perguntaram, foi o dia em que se soube que o partido de "Santana Lopes recorreu a uma foto de jovens bonitos estrangeiros, de um banco internacional de imagens, para captar novos militantes" se calhar por os jamaicanos seixalenses serem escuros e verdadeiros demais para estas alianças liberais feitas a pensar no Portugal clean and fast, como a food.

 

 [Imagem]

 

 

 

 

||| O Triunfo dos Porcos

por josé simões, em 11.10.14

 

 

 

"Todos os animais são iguais, mas alguns são mais iguais do que outros", Animal Farm, George Orwell, 1945.


"O tratamento por 'tu' acabou, principalmente à frente de terceiros".
"Sempre que se dirijam à minha pessoa, que o façam com o normal dever de correção, ou seja, com o recurso ao tratamento 'Sr. Presidente' ou, na pior das hipóteses, 'Presidente'"