Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

||| [Um] O insecto

por josé simões, em 03.09.14

 

 

 

E agora, que já lá está,  e que vai ter tudo aquilo que desejou, um PA p' ras vozes e uma Fender, Carlos Moedas vai agarrar na pasta do Emprego e dos Assuntos Sociais e mandar os europeus emigrar? Tipo, "Angola, mas não só Angola, o Brasil também, tem uma grande necessidade ao nível de mão de obra qualificada", "se estamos no desemprego, temos de sair da zona de conforto e ir para além das nossas fronteiras", "quem entende que tem condições para encontrar [oportunidades] fora do seu país [e da Europa], num prazo mais ou menos curto, sempre com a perspectiva de poder voltar, mas que pode fortalecer a sua formação, pode conhecer outras realidades culturais, [isso] é extraordinariamente positivo". Fazer pela vidinha, calaceiros, manhosos, malandros ma viver à custa de subsídios, "perguntei-lhe: Qual é a tua ò meu ?".

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

 

|| Não fosse o Tribunal Constitucional…

por josé simões, em 22.10.13

 

 

 

Não fosse o Tribunal Constitucional e os mercados que há muito não davam credibilidade ao Governo português e já olhavam para a nova equipa de gestão como uma boa notícia; não fosse o Tribunal Constitucional e os mercados que já tinham incorporado a informação de que o Governo PSD/ CDS-PP ia respeitar as metas do défice, e que faria tudo o que fosse necessário para que se cumprissem essas metas, até porque foi o PSD que andou sempre anda atrás do Governo socialista-despesista-irresponsável para cortar; não fosse o Tribunal Constitucional e as agências de notação financeira que já se preparavam para restituir a credibilidade a Portugal e subir o rating da Nação com as medidas do PSD; não fosse a militância política do Tribunal Constitucional deitar tudo a perder e os mercados já não se fiarem no Governo PSD/ CDS-PP em Portugal que precisa agora de um fiador para regressar aos mercados, de rastos e com a economia destruída. Estava tudo a correr tão bem, não fosse o Tribunal Constitucional.

 

Daqui para a frente, até à queda, vai ser sempre assim, "não fosse o Tribunal Constitucional…".

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

 

|| Uma festa bunga bunga

por josé simões, em 15.01.13

 

 

 

À porta fechada com o Estado social, para ouvir a sociedade civil por convite, com a cumplicidade da comunicação social. Siga.

 

[Imagem]