Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

||| Diz o povo que "os cães têm medo mas não têm vergonha"

por josé simões, em 30.08.14

 

 

 

Estes têm vergonha mas não têm medo.

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

 

|| Uma justificação como outra qualquer

por josé simões, em 01.07.13

 

 

 

Dada por um sócio de um escritório de advogados para os milhões que os contribuintes dão a ganhar, por via do dinheiro dos seus impostos, a escritórios de advogados, bancos, empresas de consultoria, assessorias e o diabo a sete, dos amigos do senhor António Borges.

 

"Se governo tivesse a informação toda, não tinha chamado uma empresa internacional"

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

 

|| A kultura do mérito, a prioridade à competência, a valorização da excelência profissional

por josé simões, em 29.05.13

 

 

 

«Um por ter "um percurso profissional assente na rede de contactos pessoais" e outro por evidenciar preferência pela "autovalorização pessoal".»

 

Descontando o kapa, e ainda assim implícito, o título do post é o pão nosso de cada dia nos discursos da maioria PSD/ CDS-PP durante a campanha eleitoral. Como cantava o Zeca, uns por verem rir os outros, e os outros sem sem por nada.

 

[Imagem de Alaina Varrone]

 

 

 

 

 

 

|| Não há dinheiro para nada

por josé simões, em 10.04.13

 

 

 

Ex Morgan Stanley, ex Goldman Sachs, ex Lehman Brothers, ex hedge funds em parceria com o BES, ex gabinete de estudos do PSD.

 

Não há dinheiro para nada, há que cortar nas pensões e nas reformas e nas funções sociais do Estado.

 

[Os Irmãos Dalton na imagem]

 

 

 

 

 

|| O Verdadeiro Artista

por josé simões, em 30.01.13

 

 

|| Mais "Casos de Polícia" arrumados na secção "Economia"

por josé simões, em 31.10.12

 

 

 

Tudo por culpa da Constituição datada e ideologicamente direccionada e do memorando de entendimento que não é refundado e do Estado social que não é reformado.

 

[Imagem]