Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

No país do “quando mija um português, mijam logo dois ou três”

por josé simões, em 01.03.09

 

À boleia de Ferreira Fernandes para passar de raspão por uma que me escapou esta semana: a anunciada decisão da Ryanair em cobrar as idas ao wc durante os voos – 1 libra cada mijadela.

 

Independentemente de isso ser ou não exequível – olha eu por exemplo, fazia mesmo ali na parede mais à mão e depois faziam o quê; punham-me na rua? – não é isso que fazem todas as companhias; incluir todos os serviços prestados no preço no bilhete? E quem diz a Ryanair diz a Easyjet ou a Monarch ou outra qualquer low cost, em que numa hora o bilhete custa “x” para custar “y”, se preciso for logo uns minutos depois; se nessa variação de preços fosse incluída a tal libra mictória alguém ia dar por isso? Não. Assim como foram honestos e transparentes, caiu-lhes o mundo em cima.

 

(Na foto Jumbo Jet Anniversary via Bettmann Corbis)

 

Ryan Air 2009

por josé simões, em 19.11.08

 

Da última vez, a propósito do calendário de 2008, e por ter escrito que me ia mudar da Easy Jet para a Ryan Air, caíram-me aqui na caixa de comentários umas senhoras: que eu era machista e que não respeitava as mulheres, e porque é que não faziam um calendário com os pilotos, e porque é que não faziam um calendário com feias e mal feitas (!), e que mais isto e que mais aquilo. Só não me chamaram pai. De tal forma que tive de fazer uma limpeza a seco na caixa de comentários.

 

Como se as hospedeiras não tivessem posado de livre vontade, como se fosse eu quem comercializa os calendários, como se o dinheiro fosse para o meu bolso. E como toda a gente sabe é quase impossível encontrar gajas nuas nas esquinas da net. Adiante. Desta vez os comentários ficam off.

 

O Ryan Air 2009 já está à venda. Custa 10 euritos, a reverterem inteirinhos para associações de beneficência.

 

 

Calendari, l'anno dell'ipocrisia

por josé simões, em 15.01.08

 

A low cost Ryanair editou um calendário onde as modelos são as próprias hospedeiras da companhia. Até aqui tudo normal, não fosse a denúncia efectuada pela «organizzazione di difesa dei consumatori, la Facua, (…) all’Istituto della Donna perché «attenta alla dignità delle lavoratrici della compagnia», como notícia hoje o italiano La Stampa. E pergunta: «Il nudo “offende la dignità delle donne”: ma perché?»
 
O nu ofende a dignidade das mulheres: mas porquê? Pergunto eu também.
 
Uma coisa é certa: eu que para Londres viajo sempre pela Easyjet, e onde na última vez me calhou uma hospedeira loira com um buço que mais parecia o Errol Flynn, definitivamente, vou mudar para a Ryanair. Para Londres ou qualquer outro destino. Por causa do stress das descolagens e aterragens…
 
Noticia aqui. Calendário aqui.