Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

Não ter a puta da vergonha na cara é isto

por josé simões, em 01.09.20

 

fuck off 2.jpg

 

 

Ruy de Carvalho, depois de 40 anos a apoiar e a dar a cara por todos os líderes do PSD, desde Santana Lopes ao pantomineiro do pin, passando por Cavácuo [não é gralha], em Lisboa na manif dos agentes culturais para "brinde à ignorância da ministra".  Não ter a puta da vergonha na cara é isto.

A puta da vergonha não é de Ruy de Carvalho, a puta da vergonha é dos "agentes culturais", pela falta de memória e pela ignorância, manifesta no respeitinho é muito bonito ao mais velho, mesmo que o mais velho toda a vida tenha desempenhado o papel de Mephisto.

 

[Imagem de autor desconhecido]

 

 

 

 

"Ruy de Carvalho lamenta abandono da Cultura"

por josé simões, em 01.03.17

 

ruy de carvalho.jpg

 

ruy de carvalho passos coelho.jpg

 

 

E não, não é anedota.

 

 

 

 

 

 

|| Um idiota útil

por josé simões, em 26.05.13

 

 

 

Os "olhos baixos do Presidente da República" é por causa da "neblina dos tempos que correm", já as comendas, as medalhas e as Ordens que, de vez em quando [mais as vezes que o quando], lhe "penduram ao peito", é pela entrega e empenho acéfalo que dedicou à causa desde os primórdios.

 

Não sei quantos anos, muitos, de carreira, a desempenhar com profissionalismo exemplar o papel de idiota útil, para mostrar ao auditório que a direita também tem gente na área da kultura [não é gralha] para, ao descer do pano, levar uma monumental vaia, da plateia ao balcão, e um pontapé no traseiro pelo dono da companhia. Há papéis vidas assim.

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

 

|| Publicidade mascarada de jornalismo “de referência”

por josé simões, em 17.06.11

 

 

 

Alugar as páginas do jornal com quase 150 anos de história para fazer um Mega Pic-Nic com o Tony Carreira que está mais à mão e sem o disclaimer “pub”. Vergonhoso.