Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

CSI Rosário Teixeira

por josé simões, em 16.04.18

 

columbo.png

 

 

Não sei se foi por ter passado muito tempo a ver séries e filmes 'amaricano's sobre investigação criminal e julgamento em tribunal, que não nas páginas dos tablóides, pensava eu, na minha santa ignorância, que uma acusação em tribunal era baseada em provas irrefutáveis e não em especulações e suposições. E também, pelo muito tempo que passei a ver séries e filmes 'amaricanos', sou levado a concluir que, num tribunal 'amaricano', os senhores Rosário Teixeira e Calex era corridos para fora do tribunal pelo juiz sem sequer tocarem com os pés no chão. À parte uma coisa inexplicável que foi o favor que a televisão do militante n.º 1 fez a José Sócrates com o "trabalho jornalístico" assente única e exclusivamente em meter no horário nobre o ex-primeiro-ministro aos berros perante o procurador, ladeado pelos advogados que se limitavam a pedir calma, enquanto tentava desmontar uma acusação assente em nada, vamos acabar todos, contribuintes, a pagar uma indemnização choruda a José Sócrates por condenação do Estado português, em última instância, pelo Tribunal Europeu.

 

[Na imagem]

 

 

 

 

||| Daqui por uns anos

por josé simões, em 03.02.15

 

404-error.gif

 

 Quando daqui por uns anos, muitos e longos que as anedotas são de alentejanos mas quem tem o proveito é a justiça do Minho ao Algarve, José Sócrates ganhar uns milhões de euros de indemnização depois de recurso atrás de recurso que, invariavelmente, termina no Tribunal Europeu, por causa de um processo mal-amanhado, mal fundamentado, mal investigado e que não deu em nada a não ser em dores de cabeça para o próprio e mais um ror de gente e os tempos que passou à sombra atrás das grades, quem é que paga o pilim? O erário público aka o bolso do contribuinte aka o Estado, ou o bolso do juiz Carlos Alexandre, a meias com o bolso do Procurador Rosário Teixeira, com uma "vaquinha" de ajuda dos meritíssimos Agostinho Torres, Mouraz Lopes e outros?