Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

5 de Junho de 1989 - 5 de Junho de 2019

por josé simões, em 05.06.19

 

 

                    Tank Man, 30 anos

 

 

 

 

 

Daniel Ortega reloaded

por josé simões, em 18.07.18

 

sandinista! (1).jpg

 

 

38 anos depois este disco tinha tido outro nome. Sandinista!

 

 

 

 

Quinta-feira o Avante! explica

por josé simões, em 19.12.16

 

che scott scheidly.png

 

 

Quando nos idos da ditadura fascista de Salazar, o direito de reunião, de associação, de manifestação, de publicar sem censura prévia, era proibido e os comunistas, socialistas, anarquistas, democratas, com ou sem filiação partidária, eram presos por o tentarem exercer, direito legítimo, banal nas democracias liberais, não eram prisões políticas mas prisões de delinquentes que violavam a lei, certo?


O Governo socialista de Raul Castro nega a existência de presos políticos em Cuba e afirma que os membros da oposição detidos violaram a lei.


[Imagem de Scott Scheidly]

 

 

 

 

||| A Caixa de Pandora

por josé simões, em 28.03.16

 

 

 

A Caixa de Pandora que os manos Castro abriram deixou sair só a esperença e, essa sim, é todos os males do mundo para a esperança que se transformou em ditadura. Até um dia.


"Tres uniformados de la Policía Nacional Revolucionaria (PNR) y una mujer con traje del Ministerio del Interior conducen a la detenida al auto policial. En el momento en que esta grita “¡Abajo la dictadura de los Castros!”, las dos gendarmes intentan introducirla en el carro por la fuerza, una práctica que se ha hecho frecuente en los actos represivos."


"En ese momento se puede ver como estalla la ira popular y varios vecinos salen en defensa de la detenida. Con gritos de “abusadores”, “golpes no" y "así no”, la ciudadanía reaccionó ante la violencia policial y provocó el desconcierto de los uniformados, que quedaron expuestos a los gritos de las personas y fueron filmados con varios aparatos electrónicos."

 

 

 

 

||| A direita no poder

por josé simões, em 14.12.14

 

espanha policia.jpg

 

 

Foi no dia 12 de Dezembro do ano de 2014 que a Espanha se tornou o primeiro país da União Europeia a proíbir os cidadãos de gravar imagens ou tirar fotos da polícia.


«O parlamento espanhol aprovou a controversa Lei de Segurança Pública quinta-feira, apenas com os votos positivos expressos pelo Partido Popular (PP).»


[Via]

 

 

 

 

||| As coisas são como são

por josé simões, em 08.06.14

 

 

 

Agora que nos aproximamos da hora do pontapé de saída para o Mundial de 2014 e que, como por artes mágicas, as notícias dos protestos e dos confrontos com a polícia nas ruas das principais cidades brasileiras vão desaparecendo das páginas dos jornais e do primetime das televisões, apesar de continuarem lá, nas ruas, todos os dias e a todas as horas, convinha recordar o percurso de Dilma Vana Rousseff, de resistente à ditadura militar, que sofreu na pele a violência policial [A Dilma levou choque até com fiação de carro, fora cadeira do dragão, pau-de-arara e choque pra todo lado] até Dilma Vana Rousseff, "Presidenta" da República Federativa do Brasil, que ordena a violência policial sobre os cidadãos.

 

As coisas são como são ou, como cantou um outro "brasileiro" famoso, «No One Is Innocent. God save politicians God save our friends the pigs», ou até mesmo as palavras da ex-resistente e "Presidenta" eleita , «Há uma perda intrínseca para o país quando essa experiência de uma juventude que se jogou na luta democrática, se jogou no combate para construir um país melhor [é] perdida por morte».

 

[Na imagem o resumo do Mundial 2014 e de todos os outros que o precederam e que se lhe vão seguir numa frase na primeira página da The Economist]

 

 

 

 

 

 

||| 25 anos é um instantinho

por josé simões, em 04.06.14

 

 

|| A Mulher de Vermelho

por josé simões, em 05.06.13

 

 

 

[Aqui]

 

 

 

 

 

 

|| Pequim, Praça da Paz Celestial, 5 de Junho de 1989

por josé simões, em 05.06.12

 

 

 

 

[Na imagem "Execution" de Yue Minjun]

 

 

 

 

 

 

 

|| Entretanto em Valência, Espanha

por josé simões, em 24.02.12

 

 

 

Educación para la Ciudadania

 

 

 

 

 

 

 

|| Entretanto no Egipto

por josé simões, em 18.12.11

 

 

 

A barbárie à solta nas ruas do Cairo.

 

Detalhes em inglês e em espanhol.

 

 

 

 

 

|| Os Direitos Humanos, explicados às criancinhas e a outros simples, na primeira página do Diário de Notícias

por josé simões, em 02.08.11

 

 

 

«Porque é que ninguém quer intervir na guerra da Síria?

 

Porque a Síria não tem petróleo e tem vizinhos perigosos.

Porque a Europa e os EUA têm as suas crises políticas e financeiras.»

 

 

 

 

 

 

|| República Democrática Popular

por josé simões, em 29.07.10

 

 

 

Na ressaca dos sete secos à Coreia do Norte, no Estádio Green Point na Cidade do Cabo, tive oportunidade de escrever aqui:  «Da história e do futuro destes futebolistas saberemos um dia, não muito distante - espera-se -, quando o povo coreano se livrar definitivamente dos loucos que o (des)governam e oprimem.»

 

Trabalhos forçados e seis horas de insultos por traição à confiança do Querido Líder

 

(Via)

 

(Imagem Corbis)

 

 

 

 

 

|| "You talkin' to me? Then who the hell else are you talkin' to? Well I'm the only one here. Who the fuck do you think you're talking to?" (*)

por josé simões, em 20.11.09

 

 

 

«El Gobierno cubano critica el informe de HRW que le acusa de represor

 

'Granma' tacha el documento de "pura ciencia ficción" y defiende que los presos políticos son "mercenarios a sueldo" de EE UU»

 

(*)

 

 

 

|| Da Paz Celestial

por josé simões, em 03.06.09

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Junho de 1989

 

(Imagens de Catherine Henriette e Manuel Ceneta para a AFP via Getty Images)