Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

Governar é feito de opções

por josé simões, em 28.03.21

 

batman-robin.jpg

 

 

O Governo que com uma alteração à legislação fiscal permite a fuga da EDP ao pagamento de 110 milhões de euros em impostos, apesar de sobejamente avisado, é o Governo que acaba com a moratória do crédito à habitação e que admite recorrer para o Constitucional para travar apoios sociais aprovados pela oposição.

 

 

 

 

O Verdadeiro Artista

por josé simões, em 23.03.21

 

clown.jpg

 

 

Que o Governo não impediu o negócio das barragens do Douro "porque não quis" já todos tínhamos percebido assim como também todos tínhamos dado pela coincidência de o negócio se ter realizado depois de uma alteração cirúrgica na legislação dos benefícios fiscais, agora que o Governo mesmo que o quisesse fazer não o faria porque "caía o Carmo e a Trindade", um Governo a governar, cof, cof, em função do que lhe possa cair em cima - a não governar, apesar de mandatado pelos eleitores, em eleições livres e democráticas, abstendo-se da defesa do bem comum e com isso beneficiar uma entidade privada e os seus accionistas, essa é que é a novidade. "Socialismo" e "ética republicana", uma conjugação fantástica no Partido Socialista. Um artista este alegado ministro do Ambiente.

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

O Correio da Manha * a ser correio da manha

por josé simões, em 17.03.21

 

CM.jpg

 

 

O PSD, que em Fevereiro tinha 24,7% nas intenções de voto e que um mês depois, Março do mesmo ano, tem 23,6%, uma queda de 1,1%, "afasta-se" do PS. O PSD não cai nas intenções de voto, nem o PS se afasta, é o PSD que se afasta. Na edição de conteúdo pago, a fazer a sua função para quem lê só as gordas. "O PS está em queda", li no correio da manha.

 

[Imagem de autor desconhecido]

 

* Correio da Manha, sem til

 

 

 

 

Jornalismo de qualidade é outra loiça

por josé simões, em 01.03.21

 

DN.jpg

 

 

O dia em que ficámos todos a saber que o PS, com 37,6% nas intenções de voto, é ultrapassado pela direita "graças ao fôlego dos liberais", com uns estratosféricos 5,7%. Mas como é que possível a alguém que circula a 6 à hora ultrapassar outrem que vai a 40, seja pela direita ou seja pela esquerda? É que "a soma dos partidos à direita volta a ser superior à projecção eleitoral dos socialistas", apesar da soma dos partidos à esquerda - PS + BE + PCP + Livre, ser 52,4%, contra os 39,5% da direita - PSD + CDS + Iniciativa liberal + Chega. Maioria absolutíssima de esquerda [o PAN, por não ser carne nem peixe, sem piadismo, não foi considerado nesta soma].

 

Não se desse o caso de em Portugal cada vez menos gente ler jornais e ainda muito menos o Diário de Notícias e dos que lêem, quer à esquerda quer à direita, saberem fazer contas, isto era mais uma acção de propaganda manhosa para a maioria dos antigamente informados pela leitura das gordas.

 

 

 

 

"Súcia de tolos!"

por josé simões, em 04.02.21

 

haddock.jpg

 

 

Anos de luta para afastar os militares da tutela da coisa civil. Mário Soares, Sá Carneiro, Freitas do Amaral de um lado, do outro lado o Conselho da Revolução. Do outro lado um Presidente militar. Anos de afirmação da maioridade dos actores políticos civis nas decisões do Estado, na governação. Agora PSD e CDS pedem um militar a gerir a vacinação, o PS faz-lhes a vontade. "Súcia de tolos!".

 

 

 

 

A Camarilha, enésima temporada

por josé simões, em 02.02.21

 

x.jpg

 

 

De candidata autárquica derrotada para o Governo Civil. Do Governo Civil para candidata autárquica. De candidata autárquica derrotada para a Segurança Social. Do SEF para o SEF. A "ética república" [continua].

 

[Imagem]

 

 

 

 

Liberta o Ventas que há em ti

por josé simões, em 30.01.21

 

Michael Pederson.jpg

 

 

Não houve qualquer critério científico na escolha. A antiga líder da JS, Maria Begonha, por exemplo, tem 32 anos e faz parte da lista apenas por ser membro da comissão permanente.

 

               Quem são os deputados que vão tomar a vacina?

 

[Imagem]

 

 

 

 

Novilíngua

por josé simões, em 02.01.21

 

george-orwell.jpg

 

 

               Mentira no currículo = lapso.

 

[George Orwell na imagem]

 

 

 

 

Um exercício simples

por josé simões, em 31.12.20

 

 

 

Um exercício simples: Imaginar os comentadeiros do PS com lugar cativo nas televisões, replicados nas redes pela tropa fandanga de plantão, com o PSD no Governo e um pantomineiro à nora na Administração Interna, uma suspeita de trafulhice gravíssima com ingerência política na Justiça e o dinheiro do contribuinte a financiar despedimentos na TAP e aumentos pornográficos aos gestores.

 

 

 

 

As coisas como elas são

por josé simões, em 28.10.20

 

Fritz Lang directs Brigitte Helm in Metropolis (19

 

 

Um Orçamento do Estado dum Governo minoritário do Partido Socialista é aprovado no Parlamento só com os votos do Partido Socialista, ninguém votou nada ao lado de ninguém.

 

[Imagem "Fritz Lang directs Brigitte Helm in Metropolis [1927)]"]

 

 

 

 

Não ter a puta da vergonha na cara é isto

por josé simões, em 28.10.20

 

robert_e._jackson.jpg

 

 

No dia 10 de Outubro de 2019 a imprensa dava conta que o "PS recusa acordos para a legislatura e vai negociar orçamento a orçamento".

 

No dia 28 de Outubro de 2020, dois anos depois mais uns pozinhos, Ana Catarina Mendes, no discurso de encerramento do debate na generalidade do Orçamento do Estado para 2021, imediatamente antes da votação, num exercício de propaganda e manipulação, recorre ao golpe baixo da mentira e, em directo para todo o país, acusa o Bloco de em Outubro de 2019 ter recusado um acordo para a legislatura preferindo negociar orçamento a orçamento.

 

Não ter a puta da vergonha na cara é isto.

 

[Imagem]

 

 

 

 

O estado da Nação

por josé simões, em 26.10.20

 

robert_e._jackson.jpg

 

 

Segundo a generalidade da comunicação social, mais os paineleiros-comentadeiros com lugar cativo nas "análises à jornada" e cartilheiros diversos vertidos à paisana disfarçados de independentes, o Bloco de Esquerda é irresponsável, não tem sentido de Estado, e até chama a direita como em 2011 [escamoteando que a direita em 2011 foi chamada pelo voto nas urnas], por não abdicar dos seus princípios ao não se abster, ou até votar favoravelmente o Orçamento do Estado para 2021, apresentado por um Governo minoritário do Partido Socialista que, com truques de ilusionismo e a cumplicidade da generalidade da comunicação social, não abdicou dos seus princípios numa encenação de negociação e cedências, não se coibindo com isso de chamar a direita sabendo de antemão do voto contrário do Bloco de Esquerda. #TINA #OE2021

 

[Imagem]

 

 

 

 

Socorro que vem aí o diabo!

por josé simões, em 23.10.20

 

new-york-sunshine-repent-or-perish-film.jpg

 

 

Argumentar que um eventual chumbo do Orçamento do Estado pelo Bloco de Esquerda é chamar Passos Coelho - o agregador da direita, para lhe entregar o poder de volta, tal e qual o chumbo do PEC IV de Sócrates, é só má-fé argumentativa e deliberadamente ignorar que Passos Coelho foi a votos, que ganhou em eleições livres e democráticas, que nem o PCP nem o Bloco metem quem quer que seja a governar, e fazer de conta que António Costa não se meteu no buraco onde se encontra quando disse "No dia em que a sua subsistência depender do PSD, este Governo acabou" e que agora, com a cumplicidade dos media e dos paineleiros-comentadeiros com lugar cativo, atira o ónus da culpa para os ex-parceiros da 'Geringonça' e espera que se anulem e abdiquem dos seus princípios em função do Governo minoritário PS, numa espécie de TINA 2.0?

 

[Imagem]

 

 

 

 

Rewind/ Fast Forward

por josé simões, em 21.10.20

 

Tim Fishlock.jpg

 

 

E voltamos ao ponto de partida que é o de um partido que se reclama da esquerda e que passou 40 dos 46  anos da democracia a governar à direita, com os votos da direita ou em coligação com a direita, a acusar a esquerda de votar com a direita no Orçamento do Estado.

 

[Imagem]

 

 

 

 

A coerência fica-vos tão bem

por josé simões, em 24.08.20

 

The other side of the red carpet.jpg

 

 

O PS que está contra, e bem, a proposta de Rui Rio de meter personalidades da "sociedade civil" nas comissões parlamentares de inquérito é o mesmo PS que "quer ver a sociedade civil representada na Ordem dos Médicos".

 

[Imagem de autor desconhecido]