Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

As coisas são o que são

por josé simões, em 24.09.18

 

Sturmabteilung.jpg

 

 

O PNR gostaria de ter visto a actual Procuradora Geral da República, Dra. Joana Marques Vidal, reconduzida no cargo, já que foi uma pedra no charco em que se encontrava a nossa Justiça. Como se costuma dizer, “em equipa vencedora não se mexe” e, como tal, não aceitamos a falácia do argumento pouco transparente de um só mandato. Quem dá provas de um bom trabalho deve ser reconduzido, porque nestes casos o que tem sido “costume” não pode prevalecer sobre a eficácia.

 

Sabemos que Joana Marques Vidal mexeu com muitos lóbis, teve a coragem de enfrentar os poderosos habituados à impunidade e que essas forças de pressão tudo fizeram para a afastar. Também sabemos que este caso serviu para que os políticos do sistema se digladiassem entre si, não porque estivessem preocupados com a nobre função da nossa Justiça, mas apenas para representarem a habitual guerrinha do faz-de-conta de pluralidade e contraditório.

 

O PNR agradece à Dra. Joana Marques Vidal pelo bom trabalho desempenhado e por ter conseguido, corajosamente, que a Justiça começasse a funcionar, libertando-a das teias dos interesses e influências de poder político.

 

Fazemos votos para que a nova Procuradora, Lucília Gago, continue o bom trabalho da sua antecessora, de combate à corrupção e ao crime em geral, e na procura de uma Justiça que não sirva de protecção a grupos ou pessoas, por mais influentes que sejam, mas que se afirme mais justa e mais célere, ao serviço do bem comum.

 

 

 

 

O Verdadeiro Artista

por josé simões, em 21.09.18

 

clown (10).jpg

 

 

Envolvido pela Comissão Europeia em fraude com fundos comunitários mandada arquivar por Joana Marques Vidal, sai a terreiro, apenas 20 minutos passados sobre a informação ser disponibilizada no site da Presidência [o que leva a crer ter há muito o texto escrito e preparado] cheio de insinuações baixas e torpes a envolverem o Presidente da República, o primeiro-ministro, e um órgão de soberania do Estado de direito, com "um agradecimento a Joana Marques Vidal", invocando de permeio a Constituição da República, que mais vezes violou enquanto primeiro-ministro, nunca se coibindo de atacar publicamente o Tribunal Constitucional, outro órgão basilar da democracia.

 

[Imagem]

 

 

 

 

Jornalismo de "referência"

por josé simões, em 20.09.18

 

expresso 1.jpg

 

 

expresso 2.jpg

 

 

O Presidente da República, sob proposta do Governo, decidiu nomear Procuradora-Geral da República a Senhora Procuradora-Geral Adjunta, Dra. Lucília Gago, com efeitos a partir de 12 de Outubro de 2018.

 

 

 

 

Não ter a puta da vergonha na cara é isto

por josé simões, em 11.01.18

 

ruimachete.jpg

 

 

Chegámos aquele ponto de ter as "redes" infestadas de comentadores, residentes profissionais ou em part-time, apóstolos e escudeiros do ex Governo da direita radical, do Governo de Rui Machete ministro dos Negócios Estrangeiros, de calças na mão, curvado perante a cleptocracia angolana a pedir desculpas por Portugal ser um Estado de direito, a avançarem com a possibilidade da ministra da Justiça ter dito o que disse para preparar o caminho à substituição da actual Procuradora-geral da República por alguém amigo do novo regime em Luanda. Não ter a puta da vergonha na cara é isto.

 

 

[Imagem de autor desconhecido]

 

 

 

 

Next level

por josé simões, em 10.01.18

 

 

 

Passada, por não ter pegado, a fase das fake news o the next level é o das insinuações torpes e da difamação, do é tudo uma quadrilha de malfeitores que se governa nas costas dos cidadãos.

 

- O Governador do Banco de Portugal? Há que manter o excelentíssimo no governo do dito porque teve um papel determinante na estabilização do sistema financeiro e isto com os socialistas foi um fartar vilanagem para os bolsos dos contribuintes .

 

- A Procuradora Geral da República? Há que manter a excelentíssima à frente da dita porque teve um mandato autónomo, independente e imparcial, atacou os poderosos e os interesses instalados que isto com os socialistas foi um fartar vilanagem para o estado de direito e para o bolso dos contribuintes.

 

E vai continuar, a merda a rodos para cima dos outros, há medida que forem terminando os mandatos dos mandados pelo Governo da direita radical.

 

[Imagem]

 

 

 

 

Autonomia, imparcialidade e independência

por josé simões, em 09.01.18

 

Paco Pomet.jpg

 

 

Tem piada falar em autonomia, imparcialidade e independência da PGR no país onde o caso Teconoforma passou em branco depois de Bruxelas considerar ter havido fraude.

Tem piada falar em autonomia, imparcialidade e independência da PGR no país onde não houve corrompidos nem corruptores no "processo dos submarinos" que deu condenações por corrupção na Alemanha.

 

[Imagem]

 

 

 

 

Da série "As Grandes Reformas Estruturais"

por josé simões, em 01.09.16

 

paula_teixeira_da_cruz.jpg

 

 

Da série "As Grandes Reformas Estruturais" [para mil anos]:


A procuradora-geral da República quer que o Estado passe a pagar, nos casos em que isso se justifique, as deslocações dos cidadãos aos tribunais, "de forma desburocratizada e simplificada".


A procuradora-geral da República, Joana Marques Vidal, teme que as alterações em curso à reorganização dos tribunais lançada em 2014 dê origem a um retrocesso na justiça de família e menores. Em causa está a aproximação dos tribunais das populações.


[Imagem]

 

 

 

 

Guardar

||| É um pássaro? É um avião? É o Super Homem!

por josé simões, em 15.12.15

 

Superman.png

 

 

Quando José Sócrates, de recurso em recurso, chegar à condenação do Estado português no Tribunal Europeu dos Direitos Humanos, quem paga a indemnização é Batman Carlos Alexandre, o Robin Rosário Teixeira, ou o suspeito do costume, o Superman José Povinho?

 

 

 

 

||| Andam amigos de Miguel Pires da Silva a tirar selfies nos corredores do ministério da Economia [*]

por josé simões, em 01.07.15

 

selfie-perigosa.jpg

 

 

Não sei o que é mais surpreendente, se o haver pessoas com [falta de] carácter suficiente ao ponto de verem o seu nome associado ao de Pires de Lima  para se fazerem passar por representantes do ministro da Economia, se as pessoas terem já assimilado que representando de Pires de Lima podem retirar vantagens económicas e benefícios vários das privatizações.


[Miguel Pires da Silva e imagem]

 

 

 

 

||| Não é defeito, é feitio

por josé simões, em 05.12.13

 

 

 

Tantas são as vezes que já se perdeu a conta e passou a ser regra o que deveria ser excepção. Um Governo de foras-da-lei:

 

«Novo modelo de nomeação de procurador para Eurojust pode ser inconstitucional»

 

[Imagem de Stanley Kubrick para a Look Magazine, 1946]

 

 

 

 

 

 

|| A gente abre o jornal pela manhã

por josé simões, em 19.02.13

 

 

 

E lê que a «última renovação de serviço da directora […] aconteceu já num clima polémico por causa das críticas do […] presidente do Sindicato» e a gente encolhe os ombros, deve ser mais uma fábrica ou assim…

 

[Imagem]