Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

Da série "O Papel da Comunicação Social na Pacificação do Futebol Português"

por josé simões, em 08.12.17

 

a bola (1).jpg

 

 

record (1).jpg

 

 

o jogo.jpg

 

 

 

 

Isto só lá vai quanda arbitragem sair da alçada do FC Porto e do Sporting CP

por josé simões, em 05.01.17

 

menino da lágrima.jpg

 

 

Justiça poética é os dois clubes que no final da época passado se uniram para "tirar a arbitragem da alçada do Benfica" serem agora os principais [supostamente] prejudicados pela nova arbitragem saída da aliança com o Diabo e todos contra o Benfica e apesar de só os burros falarem de arbitragem e da nova arbitragem registar melhorias elogiáveis e do novel Conselho de Arbitragem estar a fazer um bom trabalho.

 

 

 

 

||| Diagnóstico neoliberal

por josé simões, em 19.05.15

 

Portrait_of_Milton_Friedman.jpg

 

 

O patrão/ accionista, num acto falhado de gestão, contrata um administrador para um departamento da empresa que, além de incompetente, é arrogante, conflituoso, por um complexo de superioridade desrespeitador da concorrência e sem um mínimo de humildade para reconhecer as suas incapacidades e limitações, falhando todas as metas e objectivos definidos pelo contratante, apesar de ter ao seu dispor os recursos técnicos e humanos exigidos e exigíveis, mas a turba, acéfala, é levada a canalizar a raiva e a direccionar a fúria e a frustração contra os meros trabalhadores colaboradores da empresa que se limitam a cumprir ordens [trabalhar mais horas, com mais empenho, menos folgas e feriados, redução salarial], ilibando com isso o topo da hierarquia – o patrão/ accionista das más decisões tomadas e dando-lhe um voto de confiança para continuar com o acto de gestão falhado.


O verdadeiro diagnóstico neoliberal aplicado ao futebol:


«Adeptos do FC Porto oferecem pás e picaretas aos jogadores»


[Imagem]

 

 

 

 

||| Agora em modo futeboleiro-regionaleiro

por josé simões, em 17.12.14

 

Green_Street_Hooligans.jpg

 

 

Só falta Marcelo Rebelo de Sousa no homilia dominical "Bom. Crrrrr... Crrrrr... Se Pinto da Costa continuar presidente do Fóculporto com o processo Sócrates às costas é um génio. Crrrrr... Crrrrr... Bom".


"Nada tenho com os comportamentos pessoais de Jorge Nuno Pinto da Costa. Mas se o presidente do meu clube não consegue perceber que o seu gesto constitui uma atitude política inequívoca e de alcance bem mais vasto do que a sua própria circunstância, então o caso ainda pode ser pior do que aparenta. Para mim, é a segunda derrota dolorosa em dois dias"


[Imagem]

 

 

 

 

||| Mas que merda é esta?!?

por josé simões, em 27.10.14

 

Foto_segnaletica_di_Salvatore_Riina.jpg

 

 

Quem é que passou procuração ao excelentíssimo para falar em nome do Sport Lisboa e Benfica?


"Foi um nome que não foi proposto nem pelo FC Porto nem pelo Benfica, mas que aceitámos, porque estava dentro do perfil que idealizámos. [...]. Nem o FC Porto nem o Benfica indicaram qualquer nome para as listas da Liga, seja em que setor for."


E Luís Filipe Filipe Vieira, não tem nada a dizer? Já lhe passou o afã da moralização do futebol? Deu por encerrada a cruzada contra a corrupção e a promiscuidade no pontapé-na-bola?


[Imagem]

 

 

 

 

|| Da série "Coisas Verdadeiramente Surpreendentes"

por josé simões, em 16.08.12

 

 

 

Quase uma semana passada desde que o huno Christian Fischer representou, no Esprit Arena de Dusseldorf, a morte mais espectacular da história desde que os filmes de caubóis eram rodados em Almeria, Espanha, e ainda nenhum jornalista foi, a correr, de microfone estendido, para que Sua Excelência, O Senhor Jorge Nuno Pinto da Costa [o pormenor das maiúsculas] dissesse de Sua Justiça, desse largas ao ódio e acirrasse os hooligans, com aquilo que eufemísticamente se convencionou chamar de "sentido de humor". What the fuck?!?

 

[Na imagem Ana Carolina Prado]

 

 

 

 

 

 

|| "Tem aqui coisas muito giras! Lê isto, amanhã, que tem aqui coisas muito giras"

por josé simões, em 10.05.12

 

 

 

Por uma vez estamos todos de acordo, tem razão o senhor da Costa, e sabe do que fala. Já tudo foi inventado. Como na canção, "já não há nada de novo aqui, debaixo do Sol". 

 

"Vou-lhe dizer uma coisa, pá! Eu sabia que o presidente era um génio, mas esta… Foda-se! Como é que vem? Vem espectacular, pá! Como é que está? Acho que é uma chantagem fantástica!"

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

 

|| Pinto da Costa, olé!

por josé simões, em 21.03.12

 

 

 

Pinto da Costa, que há 18 dias dizia não analisar arbitragens, dedicou a flash interview a analisar a arbitragem para, no fim da análise, dizer que não analisava arbitragens, e continuar logo de rajada com a sua análise à arbitragem, não se inibindo de fazer um desvio até Barcelos para analisar a arbitragem do Gil Vicente vs. Sporting, antes de seguir em paz para a sua terra natal, e depois de sublinhar mais uma vez que não analisava arbitragens. Ainda um dia hei-de perceber a razão de Pinto da Costa ser o único presidente de um clube de futebol a ter direito a flash interview, antes, durante e depois dos jogos, independentemente de analisar ou não analisar arbitragens.

 

Adenda: Pinto da Costa tem razão, Eduardo, o guarda-redes do SL Benfica, estava a colocar "Hulk!-Hulk!-Hulk!" em jogo. Roubo na Catedral.

 

[Imagem fanada no Twitter]

 

 

 

 

 

 

|| Quanto mais me bates mais eu gosto de ti

por josé simões, em 28.11.11

 

 

 

O senhor aparece com o jornal, o das primeiras páginas combinadas de véspera ao telemóvel com o conhecimento do Antero, com o cabeçalho estrategicamente bem virado para as câmaras de televisão, e eles todos vai de correr atrás de microfone estendido, na entrada do aeroporto, na saída do aeroporto, na entrada da inauguração da casa, na saída da inauguração da casa, na entrada do treino, na saída do treino, na entrada do casino, na saída do casino, na entrada do tribunal, na saída do tribunal, ah e tal muito sentido de humor, é único, humor muito inteligente, sim senhor, muito subtil o humor e tal, um senhor. E não falou do SL Benfica e de Lisboa e do bairro da Mouraria?

 

Entretanto o sindicato faz-se despercebido. Quem precisa de quem? Para a stand-up temos o Nilton e o Nogueira e o Herman mesmo velhinho. E sabem usar o pretérito perfeito.

 

[Imagem Stanley Kubrick’s Chicago, 1949, Lingerie model wearing a girdle and strapless bra smoking in an office in the background a woman sits at-a desk]

 

 

 

 

 

 

|| O Verdadeiro Artista

por josé simões, em 06.11.11

 

 

 

Ia escrever que está na hora do “senhor Jorge Nuno” começar a aparecer em todas as televisões com O Jogo debaixo do braço e aquelas primeiras páginas combinadas de véspera ao telemóvel com António Tavares Telles, depois de avisado o Antero, a falar do SL Benfica por tudo e mais alguma coisa para desviar as atenções e unir a turba, mas arrepiei caminho depois desta pérola jornalística de Tiago Pimentel:

 

«Nestes tempos de planos de resgate e moções de confiança, Vítor Pereira não conseguiu fazer como o primeiro-ministro grego Georgios Papandreou. Este obteve a confiança do Parlamento de Atenas e negoceia um governo de unidade. O técnico do FC Porto voltou a ver a equipa fazer uma exibição cinzenta e perdeu margem de manobra […]»

 

 

 

 

 

 

|| O drama de Pinto da Costa

por josé simões, em 15.08.11

 

 

 

Por mais títulos, por mais taças que coleccione, o Fóculporto é sempre minúsculo mesmo em comparação com os minúsculos da Europa.

 

Nem deve ser [grande] surpresa para quem sempre teve um discurso regionaleiro minúsculo.

 

(Imagem de The Incredible Shrinking Man, Jack Arnold, 1957)

 

 

 

 

 

 

|| Os emplastros

por josé simões, em 04.08.11

 

 

 

"sempre se opôs e sempre se oporá a que políticos aproveitem o futebol para obterem notoriedade que lhes dê vantagem na política."

 

Alínea a) excepto para negociatas de contornos manhosos entre o Fóculporto e a Câmara Municipal do Porto.

 

Alínea b) excepto no jantar anual de beija-mão ao presidente do Fóculporto na Assembleia da República.

 

Alínea c) todos os casos omissos nas alíneas anteriores são decididos em função dos superiores interesses do Fóculporto.

 

 

 

 

 

 

|| O Norte cabe todo dentro do Porto cidade?

por josé simões, em 02.07.11

 

 

 

Portugal dos Pequenitos

 

(Imagem)

 

 

 

 

 

|| Doutrinar

por josé simões, em 11.01.11

 

 

 

 

 

Pior que o telejornal começar (quando não é a abertura é a abertura a seguir ao intervalo) com o briefing do next special one, two, a filosofar sobre táctica de futebol, arbitragem, e os méritos dos colegas de profissão, é o master (o da voice sem pretérito perfeito) nos intervalos de socializar no bas-fond, todos os dias em todos os telejornais, e talvez por ser inimputável, a dizer todas as barbaridades que lhe vêm à cabeça sobre uma coisa que ele pensa ser o futebol, perante a complacência dos jornalistas. Caso único na Europa e provavelmente no mundo.

 

Estamos quase no 13 de Maio e ontem a televisão pública ofereceu um serão de fado.

 

(Imagem Brain Scans via Alamy)

 

 

 

 

 

 

 

|| Sanções desportivas

por josé simões, em 06.10.10

 

 

 

 

 

Sabendo o que "a casa gasta", e se todos os clubes da Primeira Liga recusassem jogar com o FC Porto? Era campeão por falta de comparência dos adversários, mas que mexia ao nível da UEFA e da FIFA disso ninguém tenha dúvidas. Podia ser que de uma vez por todas houvesse transparência no futebol e na arbitragem.

 

(Imagem Hands of a Marionette Player, Mexico, 1926, Tina Modotti)