Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

A chico-espertice

por josé simões, em 26.08.19

 

Shawn Huckins.jpg

 

 

A gente lê e não acredita: António Costa, que desde sempre, e um dia havemos de saber porquê, quer ver Pedro Marques comissário europeu com o pelouro dos fundos estruturais, como se a partir do momento da investidura qualquer comissário passasse a ser o comissário do país e a beneficiar o pais de origem em relação aos outros, avançou com a candidatura de Elisa Ferreira para a pasta da Economia e Finanças, sabendo antecipadamente das diminutas possibilidades do nome ser aceite, por causa da presidência de Mário Centeno no Eurogrupo e da "improbabilidade de a nova presidente da Comissão colocar dois portugueses como interlocutores directos em matérias estruturantes da União, como a economia e as finanças", conseguindo assim que o objectivo primeiro - Pedro Marques nos fundos estruturais, seja alcançado. E Elisa Ferreira prestou-se ao papel de ser bisca lambida num jogo de cartas na "gamela de Bruxelas"...

 

[Imagem]

 

 

 

 

Os Verdadeiros Artistas

por josé simões, em 17.02.19

 

ps.jpg

 

 

Chegado em 2015 à política no Governo da "Geringonça" pela mão de António Costa, pergunta Augusto Santos Silva na convenção europeia do PS "como podem [a direita] falar de futuro com as caras do passado?" . O "futuro" na pele de Pedro Marques, candidato escolhido por António Costa "para levar mensagem de Centeno", presidente do Eurogrupo, que cativou o investimento público que Pedro Marques ministro devia incentivar. Remata o neófito Santos Silva "os adversários às europeias "facilitaram muito a vida" ao PS", do ponto de vista de ninguém sair de casa para fazer uma cruz à frente do pregoeiro do presidente Eurogrupo, da austeridade a rodos e da divisão da Europa entre países do norte e países do sul, entre as formiguinhas e as cigarras, do ressurgimento dos fascismos, da xenofobia e do anti-semitismo.

 

Não é por falta de aviso, nem por falta de compreensão desta temática, que António Costa não sabe da importância crucial que estas europeias vão ter para o futuro da Europa, do Estado social e dos direitos humanos...

 

 

 

 

Make Distrito de Setúbal Great Again, Chapter II

por josé simões, em 26.05.17

 

carousel.jpg

 

 

Por um misto de inépcia, preguiça e ignorância dos jornalistas da praça, continuam sem contraditório as doses maciças de propaganda pelo ministro Pedro Marques e os 20 mil empregos directos e indirectos com o novo aeroporto no Montijo, quando uma busca rápida no Google com "direct and indirect employment Heathrow airport" [repetir subsituindo Heathrow por Charles De Gaulle ou por Rhein-Main Flughafen] mostra, por comparação com as dimensões de cada um e o movimento de passageiros e aviões o empolamento das previsões.

 

[Imagem]

 

Make Distrito de Setúbal Great Again, I

 

 

 

 

Make Distrito de Setúbal Great Again

por josé simões, em 16.02.17

 

trump.png

 

 

Nos idos dos PIN - Projectos de Potencial Interesse Nacional, o saque à Reserva Ecológica Nacional e à Reserva Agrícola, o saque ao património nacional comum trazia sempre às costas a justificação dos postos de trabalho criados. Qualquer hotelzeco com mais de 3 estrelas, campo de golfe ou resort de luxo, construído onde anteriormente era proibido montar uma tenda de campismo selvagem, vinha sempre com milhares de postos de trabalho, directos ou indirectos, no horizonte. Nunca ninguém se lembrou de os confirmar, dez e mais anos que são passados, o impacto nas economias locais, a criação de riqueza para as populações.

 

Ontem ouvimos todos Pedro Marques, ministro do Planeamento e das Infraestruturas, anunciar perante uma sala cheia de gente, e ainda mais as televisões e as rádios, a criação de 20 - vinte - 20 mil postos de trabalho com as low cost no Montijo, sem que ninguém na sala esboçasse sequer um sorriso e sem que a comunicação social fizesse perguntas. Vinte mil por uma "pista de skate" na margem sul comparativamente com os mais de 70 mil de Heathrow, um dos maiores aeroportos da Europa e do mundo. Só faltou juntar o indicador e o polegar e proclamar Let's Make Distrito de Setúbal Great Again.

 

#FakeNews #Sad

 

 

 

 

 

Se calhar é melhor fazer um desenho…

por josé simões, em 14.10.13

 

 

 

Ainda há quem acredite na boa fé e na bondade de Paulo Portas. Incrível! Se calhar é melhor fazer um desenho aos crentes… e um desenho dos crentes para os incrédulos, a explicar onde é que cabe aqui a matemática da maioria absoluta num futuro Parlamento.

 

[Imagem]