Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

Socorro que vem aí o diabo!

por josé simões, em 23.10.20

 

new-york-sunshine-repent-or-perish-film.jpg

 

 

Argumentar que um eventual chumbo do Orçamento do Estado pelo Bloco de Esquerda é chamar Passos Coelho - o agregador da direita, para lhe entregar o poder de volta, tal e qual o chumbo do PEC IV de Sócrates, é só má-fé argumentativa e deliberadamente ignorar que Passos Coelho foi a votos, que ganhou em eleições livres e democráticas, que nem o PCP nem o Bloco metem quem quer que seja a governar, e fazer de conta que António Costa não se meteu no buraco onde se encontra quando disse "No dia em que a sua subsistência depender do PSD, este Governo acabou" e que agora, com a cumplicidade dos media e dos paineleiros-comentadeiros com lugar cativo, atira o ónus da culpa para os ex-parceiros da 'Geringonça' e espera que se anulem e abdiquem dos seus princípios em função do Governo minoritário PS, numa espécie de TINA 2.0?

 

[Imagem]

 

 

 

 

Rewind/ Fast Forward

por josé simões, em 21.10.20

 

Tim Fishlock.jpg

 

 

E voltamos ao ponto de partida que é o de um partido que se reclama da esquerda e que passou 40 dos 46  anos da democracia a governar à direita, com os votos da direita ou em coligação com a direita, a acusar a esquerda de votar com a direita no Orçamento do Estado.

 

[Imagem]

 

 

 

 

Liberta o Ventura que há em ti

por josé simões, em 31.08.20

 

contra avante.jpg

 

 

Porque é que é necessário que "muitos milhares de pessoas" visitem à 90.ª edição da Feira do Livro de Lisboa, que "foi preciso coragem para pôr de pé", sem fazer estardalhaço com a Direcção-Geral da Saúde;

Porque é que é importante já estarem 28 mil bilhetes vendidos, de um pacote mínimo de 50 - cinquenta - 50 mil, para a corrida de Fórmula 1 no Autódromo Internacional do Algarve, sem pruridos de saúde pública em Rui Rio, no CDS e outros palermas avulso;

Porque é que a Festa do Avante! , num recinto onde cabem 100 mil, e num máximo de 33 mil proposto pela organização, só pode comportar 16.563 pessoas e a venda de bebidas alcoólicas vai ser proibida a partir das 20 horas, depois de semanas a fio de ruído em tudo o que é meio de comunicação?

 

Se calhar é melhor fazer a vontade a Marcelo e votar noutro partido que ressuscite uma DGS para meter os comunistas na ordem, pública. A bem da nação.

 

[O "Contra Avante" na imagem]

 

 

 

 

Tovarish Rui Rio

por josé simões, em 26.08.20

 

Our goals are clear, our tasks are decided. Let's

 

 

Como "estamos em democracia e isto não é a União Soviética" Rui Rio quer que o Governo tome uma atitude soviética e proíba um evento organizado por um partido político em democracia. Tovarish Rui Rio!

 

[Na imagem cartaz soviético de propaganda: "Os nossos objectivos são claros, as nossas tarefas decididas. Vamos trabalhar, tovarischi! Nikita Khrushchev"]

 

 

 

 

Ditadura e repressão no cu dos outros para mim é refresco

por josé simões, em 13.08.20

 

1.jpg

 

 

As eleições presidenciais foram ganhas por Alexander Lukashenko, o actual chefe de Estado, que obteve 80% dos votos e que acusa países ocidentais de coordenar protestos com a oposição vencida.

 

 

 

 

O Verdadeiro Artista

por josé simões, em 29.05.20

 

clown (3).jpg

 

 

Dirigente do PCP nega que haja repressão em Hong Kong e critica media por abafarem "fabuloso desenvolvimento" da China

 

[Imagem]

 

 

 

 

O PCP rem um plano delineado que lhe permite regressar à clandestinidade já amanhã se for caso disso

por josé simões, em 17.05.20

 

original.jpg

 

 

O PCP confunde "actividade política" com mosh ao som da Carvalhesa. O PCP confunde "liberdades democráticas" com o picnicão da bandeira vermelha. O PCP ficou ainda antes de 1974 nas manifestações de força coreografadas para impressionar o povo. O PCP rem um plano delineado que lhe permite regressar à clandestinidade já amanhã se for caso disso e manter a edição do Avante! por stencil. Era o que faltava!

 

 

 

 

Deixem o PS trabalhar!

por josé simões, em 26.02.20

 

cavaco-silva.jpg

 

 

Eram manifestamente exageradas as notícias que davam conta da morte do velho PS, trafulha, da clientela política ligada ao pato-bravismo da construção civil à sombra do Estado, à especulação imobiliária, aos interesses privados que dão sempre na porta giratória público-privado-público, que se entreteve a negociar com a Vinci a localização do aeroporto do Montijo, ignorando o poder autárquico democrático e o aeroporto em Alcochete, com o apoio das câmaras comunistas e das câmaras PS, até o PS lhes dizer que tinham de apoiar a construção de outro aeroporto, decidido pelo PS, que decidiu a lei que agora se propõe alterar porque não diz aquilo que o PS quer que diga, a chamada democracia por medida e a pedido. O PS da governação autárquica bloqueada pelo Tribunal de Contas e pelas autarquias comunistas, que por pura maldade e falta de sentido de Estado não conseguem ver a "visão socialista para a região de Setúbal" [minuto 37:40], o finalmente malfadado investimento no "Deserto do Já Mé", sem a terceira travessia do Tejo, não vá algum atentado terrorista partir o país em dois, sem a plataforma logística Poceirão-Marateca, sem a linha de alta velocidade, sem a autoestrada do Baixo Alentejo entre Sines e Beja, sem a ligação ferroviária a ligar o terminal de Sines a Espanha. Deixem o PS trabalhar!

 

 

 

 

Assim, se vê, a força do Pê Cê

por josé simões, em 20.11.19

 

jeronimosousa.jpg

 

 

A comissão de utentes da ponte, a comissão de utentes do comboio, a comissão de utentes do hospital, a comissão de utentes da camioneta da carreira, a comissão de utentes do posto de saúde, a comissão de utentes da auto-estrada, a comissão de utentes da SCUT, a comissão de utentes dos jogos dos matraquilhos, a comissão de utentes dos bancos de jardim para jogar à sueca e à bisca de três. O que nós queríamos ouvir e ver, e ainda não perdemos a esperança, era um estagiário, daqueles destacados para as vigílias e acções de protesto, encher-se de brio e confiança e perguntar a um dos porta-voz de uma das comissões, da miríade que enchem os telejornais, o que é preciso fazer para ser membro da comissão, como foi constituída a comissão, como se vota para a eleição da comissão, qual o valor jurídico da comissão, qual a base de apoio da comissão, onde é que a comissão reúne, como são apresentadas as propostas dos utentes à comissão, como é que a comissão delibera, se a comissão dos utentes do hospital é formada por pessoas que passam a vida nas urgências e consultas externas do hospital sem lá trabalharem, se é preciso um número mínimo de visitas às urgências para integrar a comissão, no caso da ponte a partir de quantas passagens conta para pertencer ou eleger a comissão, quantas viagens é preciso fazer de camioneta para comissionar, qual o número de passagens na Via Verde ou no pórtico para contar como utente, e por aí.

 

[Imagem, filtrada]

 

 

 

 

O Verdadeiro Artista

por josé simões, em 08.11.19

 

Funny Face Stalin.jpg

 

 

A passagem dos 30 anos após a denominada 'queda do muro de Berlim' tem servido de pretexto para mais uma onda de revisionismo histórico, em que a descontextualização e falsificação dos acontecimentos serve de mote para uma nova e sofisticada campanha anticomunista, em que o capitalismo celebra não só a anexação da República Democrática Alemã (RDA) pela RFA (Republica Federal Alemã), mas igualmente as derrotas do socialismo na União Soviética e noutros países do leste da Europa

 

[Imagem]

 

 

 

 

Muito do 1% também passa por aqui

por josé simões, em 07.11.19

 

Occupy_Wall_Street_Together_.jpg

 

 

Até meados dos anos 80 era absolutamente banal um electrodoméstico durar dez ou mais anos. Muitos mais. Em casa dos meus pais havia um esquentador Vaillant, passe a publicidade, comprado nos anos 60 que só deixou de existir com o advento da gás natural canalizado. Até as lâmpadas aguentavam nos casquilhos gerações inteiras. De casa da minha avó saíram lâmpadas antigas, de vidro grosso e filamento ainda mais grosso, que só deixaram de dar luz vinte anos depois, depois de caídas ao chão numa mudança. Muito do 1% também passa por aqui.

 

"O PCP quer uma garantia de dez anos para os electrodomésticos, viaturas e dispositivos electrónicos. A medida consta de um projecto de lei entregue pelos comunistas na segunda-feira na Assembleia da República.

 

A medida visa combater a obsolescência programada e promover a durabilidade dos bens de consumo. Os comunistas defendem que os fabricantes devem comprovar que as técnicas utilizadas na concepção dos equipamentos asseguram a sua longevidade, recusando práticas de obsolescência programada."

 

Projecto de lei apresentado no Parlamento promover durabilidade dos bens de consumo e diminuir a emissão de dióxido de carbono.

 

[Imagem]

 

 

 

 

Imperialismo 'amaricano' é quando o Avante! quiser

por josé simões, em 06.11.19

 

vota nyusi.jpg

 

 

Jerónimo de Sousa enviou uma saudação a Filipe Nyusi, presidente da Frelimo e presidente da República de Moçambique, expressando as felicitações dos comunistas portugueses pela vitória da Frelimo e pela sua reeleição como presidente de Moçambique, nas eleições do passado 14 de Outubro.

 

 

A petrolífera norte-americana Exxon Mobil, investidora no gás de Moçambique, espera que o Presidente Filipe Nyusi tenha sucesso no segundo mandato para o qual foi eleito, refere uma mensagem de felicitações divulgada hoje pela Presidência da República.

 

 

 

 

Isto está tudo ligado

por josé simões, em 01.11.19

 

viet.jpg

 

 

"1.3.15. Os países que afirmam como orientação e objectivo a construção de sociedades socialistas – China, República Popular Democrática da Coreia, Cuba, Laos e Vietname – constituem, na sua grande diversidade de situações quanto ao grau de desenvolvimento económico e social e modelos sócio-políticos, um importante factor de contenção aos objectivos de domínio mundial do imperialismo. É hoje ainda mais claro que estes países são alvo de um conjunto de manobras de pressão económica e financeira, de desestabilização e ingerência, de ofensiva ideológica e de cerco geoestratégico que condicionam, a par com os efeitos da crise do capitalismo a que não estão imunes, o seu próprio desenvolvimento e opções de política económica e relações internacionais."

 

XX Congresso do PCP. Teses - Projecto de Resolução Política, 18 Setembro 2016. Aprovado na reunião do Comité Central de 17 e 18 de Setembro de 2016

 

 


"Carlos Guimarães Pinto sai da liderança do Iniciativa Liberal para regressar à Universidade Nacional de Economia do Vietname, onde é leitor visitante, e para onde regressa logo dias depois do conselho nacional do partido que se realiza a 17 de Novembro [...]."

 

[Imagem]

 

 

 

 

O Verdadeiro Artista

por josé simões, em 06.10.19

 

Thomas Michael Alleman.jpg

 

 

O dirigente comunista Armindo Miranda atribuiu hoje a possível alta abstenção nas eleições legislativas às televisões que atrofiam as mentes dos portugueses e ao "capitalismo desumano"

 

[Imagem]

 

 

 

 

In Memoriam

por josé simões, em 11.06.19

 

ruben carvalho.jpg

 

 

Rúben de Carvalho

 

1944 - 2019