Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

||| Continuamos com um problema no departamento médico

por josé simões, em 07.09.14

 

 

||| Rua de S. Bento da Vitória

por josé simões, em 26.06.14

 

 

 

O presidente da Federação não se demite, o vice-presidente da Federação não se demite, o médico da selecção não se demite, o preparador físico da selecção não se demite e Paulo Bento não se demite, como ele diz, "amanhein", que era hoje.

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

 

||| Enquanto se fala do clima não se fala das escolhas e das opções tácticas de Paulo Bento

por josé simões, em 23.06.14

 

 

 

A Alemanha não teve problemas de maior na adaptação ao clima. Aliás, a adaptação dos alemães ao clima é já uma coisa que vem de longe, desde os idos do Afrika Korps, pelo menos. Portugal, que nunca foi um império colonial nem nunca andou para cá e para lá pelas costas de África a caminho da Índia, nem nunca sequer foi ao Brasil, sofreu que se fartou. Do Gana não há muito para dizer a não ser que era onde Portugal ia buscar os escravos para as Américas onde os amaricanos se dão bem como o caraças a jogar à bola apesar de não terem pretos, que agora são afro-amaricanos, na equipa.

 

Enquanto se fala do clima não se fala das escolhas e das opções tácticas de Paulo Bento nem da miséria que foi o apuramento para o Brasil 2014.

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

 

||| O massacre em modo after hours

por josé simões, em 17.06.14

 

 

 

Depois de 90 minutos de massacre… o massacre continua, agora em modo after hours, com "a culpa é daquele que é do Benfica e não percebe nada daquilo", "a culpa é daquele que é do Sporting e não percebe nada daquilo", "a culpa é daquele que é do Porto e que percebe daquilo a valer mas não foi e devia ter ido", mais aquele que é do não-sei-quantos e também não percebe nada, e do outro por isto e daqueloutro por aquilo, sem perceberem que a culpa não é de quem não percebendo nada daquilo e está lá não devendo estar, mas de quem não percebendo nada daquilo, logo não devendo cá estar e estar cá, coloca quem não percebe nada daquilo, lá, já esquecidos da miséria que foi a fase de apuramento, com Portugal a fazer 1 – um – 1 jogo contra a Suécia e também em modo after hours.

 

[Imagem]

 

Adenda: o justiceiro e disciplinador Paulo Bento já mandou Pepe de regresso a casa ou só tem autoridade de líder para Ricardo Carvalho?

 

 

 

 

 

 

|| Mito urbano

por josé simões, em 10.06.13

 

 

 

Sei lá, tipo hambúrgueres feitos de minhocas, chupa-cabras que atacam pela calada da noite, um crocodilo que sai duma sanita no último andar de uma arranha-céus, extra-terrestres que raptam terráqueos para roubar órgãos e implantar chips; alguém vê, ou consegue ver até ao apito final, os jogos da selecção de Paulo Bento?

 

[Imagem Mike Cohen/ Barcroft USA]

 

 

 

 

 

 

|| Requiescat In Pace Paulo Bento

por josé simões, em 06.02.13

 

 

 

[O discurso… aaa… o discurso intermitente… aaa… do seleccionador… aaa… nacional, já indiciava, já indiciava… aaa… qualquer, qualquer coisa. Não ligam… aaa… não ligam aos sinais…]

 

[Não é o equipamento da Selecção na imagem, é "Black Square" de Kasimir Malevich]

 

 

 

 

 

 

|| "Oh Lord, won't you buy me a Mercedes-Benz? My friends all drive Porsches, I must make amends"

por josé simões, em 12.07.12

 

 

 

No julgamento por insultos racistas contra Anton Ferdinand do Queens Park Rangers, o capião do Chelsea, John Terry, chega a tribunal de táxi na companhia dos colegas de equipa Ashley Cole e Frank Lampard. De táxi. Os três no mesmo táxi. Mostrem lá as imagens ao Paulo Bento e digam-lhe para se calar.

 

"Worked hard all my lifetime, no help from my friends, So Lord, won't you buy me a Mercedes-Benz?"

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

 

|| Falta um dente na cremalheira

por josé simões, em 02.06.12

 

 

 

Pelo menos temos uma selecção que joga um futebol à imagem do discurso do seu seleccionador: aos soluços, com muitos "aaa…" em cada frase, e a repetir a última palavra para tomar balanço para a segunda. Quando acaba já ninguém se lembra como é que começou. Falta um dente na cremalheira que pensa [o jogo].

 

"Quando se perde aaa… parece que tudo foi feito aaa… de forma, de forma errada, o que não é, o que não é verdade. Nada do jogo aaa… nos correu aaa… como merecíamos, como merecíamos que tivesse corrido."

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

 

Cantar pró boneco

por josé simões, em 28.09.08

 

 

Alguém no seu perfeito juízo sabe dizer qual foi a mensagem; o que é que pode ser extraído do discurso de Paulo Bento a seguir às conferências de imprensa?

 

É um bocado como os ingleses ao ouvir fado: “aiiiii, laaaaa,lala”, tudo depende da interpretação; da intensidade dramática que o intérprete colocar no refrão. Vão (vamos) lá por instinto.

 

(Foto de Barrientos via AP)

 

 

 

Se a minha avó não tivesse morrido, ainda hoje era viva...

por josé simões, em 23.05.07

 Paulo Bento parece apostado em dar razão aqueles que dizem que futebol não rima com inteligência. Hoje n’A Bola tem um brilhante raciocínio. Se fosse no tempo em que uma vitória só valia dois pontos, o Sporting este ano tinha sido campeão. Pois. Do mesmo mal me queixo eu… Se fosse no tempo da minha avó, eu, com o salário que recebo hoje, era no mínimo o homem mais rico do concelho de Setúbal!