Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

Luca Signorelli

por josé simões, em 11.08.23

 

ap photo (4).jpg

 

 

Relatives and mourners carry the casket of a victim killed in Sunday’s suicide bomber attack in the Bajur district of Khyber Pakhtunkhwa, Pakistan, Monday, July 31, 2023. Pakistan held funerals on Monday for victims of a massive suicide bombing that targeted a rally of a pro-Taliban cleric the previous day. AP Photo/ Mohammad Sajjad

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

Waterworld

por josé simões, em 02.09.22

 

Amer Hussain - Reuters.jpg

 

 

Flood victims use an inflatable tube as they travel in flood waters, following rains and floods during the monsoon season, in Dera Allah Yar, Jafferabad, Pakistan August 31, 2022. Reuters/ Amer Hussain

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

Waterworld

por josé simões, em 31.08.22

 

Fareed Khan.png

 

 

A displaced man transports usable belongings salvaged from his flood-hit home across a flooded area in the Shikarpur district of Sindh province, Pakistan, Tuesday, Aug. 30, 2022.

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

De pequenino é que se torce o pepino

por josé simões, em 25.05.20

 

mx_milenio.jpg

 

 

Uma brincadeira de crianças paquistaneses na primeira página da edição em papel do mexicano Milenio.

 

 

 

 

||| O Mal

por josé simões, em 18.12.14

 

Hitler-Nuremburg.jpg

 

 

«The Taliban attackers reserved particularly horrific deaths for the adults, pouring fuel over at least three and setting them alight and killing the head, Tahira Qazi, with a hand grenade.»


[Em português: «Pelo menos três professores foram regados com gasolina e queimados vivos.»]


[Imagem]

 

 

 

 

||| Continua a descarga de consciência da hipocrisia ocidental

por josé simões, em 10.10.14

 

bahrein-ap.jpg

 

 

Onde se recupera, em dia de Nobel da Paz, um post com um ano de vida aqui no blogue:


«Que tenha muita sorte, que seja muito bem sucedida, Allah maik e assim»


[Foto fanada no sítio da Associated Press]

 

 

 

 

||| Minaretes na Suíça

por josé simões, em 23.05.14

 

 

 

«At least five times this month, a Pakistani bureaucrat who works from a colonial-era barracks in Karachi, just down the street from the former home of his country’s secularist founder, Mohammed Ali Jinnah, asked Twitter to shield his compatriots from exposure to accounts, tweets or searches of the social network that he described as “blasphemous” or “unethical.”

 

All five of those requests were honored by the company, meaning that Twitter users in Pakistan can no longer see the content that so disturbed the bureaucrat, Abdul Batin of the Pakistan Telecommunications Authority: crude drawings of the Prophet Muhammad, photographs of burning Qurans, and messages from a handful of anti-Islam bloggers and an American porn star who now attends Duke University.»

 

«Twitter Agrees to Block ‘Blasphemous’ Tweets in Pakistan»

 

 

 

 

 

|| Que tenha muita sorte, que seja muito bem sucedida, Allah maik e assim

por josé simões, em 13.07.13

 

 

 

Até porque da sua boa sorte e do seu bom sucesso depende a visibilidade de milhões de mulheres, adolescentes e crianças do sexo feminino, espalhadas por todas as latitudes do globo, vítimas inocentes e indefesas às mãos dos islamo-fascistas.

 

Mas que me desculpem, não é defeito é feitio, não me convence o estrelato e a mediatização da miúda, isto soa, e reluz, a descarga de consciência da hipocrisia ocidental, pródiga em arranjar ícones que lhe permitam continuar descansada, de pantufas no sofá, tablet nos joelhos e comando da tv ao lado, enquanto a realpolitik dos negócios, sujos, com regimes ditatoriais, corruptos e desrespeitadores dos direitos humanos, segue o seu caminho, à luz do dia e ao lusco-fusco – o "filão" começou com Agnes Gonxha Bojaxhiu, para a aldeia global Madre Teresa de Calcutá.

 

Bibi Aisha, vítima de uma barbaridade inominável, estava bem colocada na grelha de partida, mas, por acaso do destino, Malala Yousafzai, para azar dela própria, ultrapassou-a na recta da meta. Uma criança a caminho da escola, um direito tão natural como respirar, aqui na "civilização", toca mais fundo nos corações moles ocidentais, com exércitos profissionais para fazer a guerra, instagramada, e manter a paz e o way of life.

 

Que tenha muita sorte, que seja muito bem sucedida, Allah maik e assim. Vai crescer, aprender e descobrir por ela própria como é que é o outro lado, este lado. Nós por cá continuamos muito preocupados quando as Bibis e as Malalas aprecem em 30 segundos de telejornal. Depois dá a telenovela e o reality show e o resumo da jornada do pontapé na bola e damos qualquer coisa nas campanhas à porta do hiper e do super.

 

[Imagem de Peter Hapak]

 

 

 

 

 

 

|| Minaretes na Suiça

por josé simões, em 20.08.12

 

|| Para a História

por josé simões, em 02.05.11

 

 

 

 

 

 

 

 "O corpo de Bin Laden está na posse dos Estados Unidos"

 

 

 

 

 

 

|| Multiculturalismo é one way ticket

por josé simões, em 02.03.11

 

 

 

 

 

|| Sem comentários

por josé simões, em 01.03.11

 

 

 

 

 

(Detalhes)

 

 

 

 

 

 

 

|| Ainda hei-de ver Paulo Portas em Davos, nas cabeças das manifs anti-globalização, a apedrejar lojas de marca

por josé simões, em 20.09.10

 

 

 

 

 

A gravata que Paulo Portas traz à roda do pescoço é Made in Portugal?

O fato que Paulo Portas veste é Made in Alcains?

Os sapatos que Paulo Portas calça são Made in S. João da Madeira?

E quando ele começa a debitar populismo não há um jornalista, um só que seja, que lhe diga: oh stôr (assim mesmo que a direita é muito ciosa do seu estatuto) mostre lá aí as etiquetas da sua roupa (sff, que também se usa).

 

(Imagem de Narendra Shrestha para a EPA, via Guardian)

 

 

 

|| A Tradição mas é o caralho (II)

por josé simões, em 01.05.10

 

 

 

 

«Un grupo islamista amenaza con atacar a quienes no lleven hiyab (…) En zonas urbanas, una de cada dos dice que su marido le pega»

 

(Capítulo I)

 

(Imagem de Emilio Morenatti)

 

 

|| FotoPress 2009

por josé simões, em 08.05.09

 

O FotoPress, um dos mais antigos certames fotográficos de Espanha que visa premiar os trabalhos dos repórteres fotográficos, foi este ano entregue ao andaluz Emilio Morenatti pela sua série de fotografias com mulheres paquistanesas vítimas de ataques com ácido perpetrados pelos talibans.

 

Detalhes aqui, fotos aqui.