Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

Da série "Coisas Verdadeiramente Surpreendentes"

por josé simões, em 03.05.18

 

Adriano.jpg

 

 

Diz que a ONU e o "Ocidente", o que quer que isso signifique, descobriram que por detrás da gravata que Mahmmoud Abbas, o Presidente da Autoridade Palestiniana, tem pendurada ao pescoço para não ser misturado com os radicais da religião que professa, há um anti-semita. A seguir a ONU e o "Ocidente" vão descobrir que antes a Palestina se chamava Judeia.

 

[Imagem]

 

 

 

 

A Judeia

por josé simões, em 02.02.17

 

Adriano.jpg

 

 

Podia António Guterres ter acrescentado que a Palestina não existe, que é uma criação do imperador Adriano depois de massacrar os sobreviventes insurrectos ao poder de Roma, por sua vez sobreviventes descendentes dos judeus revoltosos chacinados pelas legiões do general Tito que arrasaram Jerusalém, destruíram o templo numa acção militar que terminou no lendário cerco à fortaleza de Massada no ano de 73 d. C. . Mas António Guterres é um diplomata e não quis ferir sensibilidades.

 

O secretário-geral da ONU provocou um incidente diplomático ao dizer que na origem do Monte do Templo esteve um templo judeu, o que é rigorosamente verdade, pois era aí que se erguia Templo de Salomão

 

[Imagem ]

 

 

 

 

 

||| Coitados dos palestinos

por josé simões, em 06.07.14

 

 

 

A diferença é que enquanto a polícia israelita detêm  os suspeitos pelo assassinato do jovem palestino, a autoridade palestina não detêm ninguém, nem sequer tem suspeitos do assassinato de três jovens israelitas, nem tão pouco está para aí virada, o Hamas faz dos assassinos heróis nacionais e, se preciso for, ainda levam medalhas no Dia da Raça deles. Coitados dos palestinos.

 

[Imagem de Newsha Tavakolian]

 

 

 

 

 

 

|| Minaretes na Suíça

por josé simões, em 01.04.13

 

|| This Land Is Mine

por josé simões, em 07.10.12

 

 

 

[Via]

 

 

 

 

 

|| Do ódio. Em nome de Deus

por josé simões, em 05.10.12

 

 

 

[Mais]

 

 

 

 

 

 

|| Nada de novo, portanto

por josé simões, em 18.06.12

 

 

 

Os terroristas palestinos responsáveis pelo assassinato de onzes atletas israelitas na aldeia olímpica durante os jogos de Munique em 1972 foram ajudados por neo-nazis alemães.

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

 

|| Entretanto no Monte da Tentação em Jericó

por josé simões, em 27.11.11

 

 

 

[Detalhes e vídeo]

 

 

 

 

 

 

|| O grande Mufti de Jerusalém aka Recep ‘Saladino’ Erdoğan

por josé simões, em 19.10.11

 

 

 

Que andou em tournée pelas praias do Mediterrâneo a agitar o espantalho da Palestina para arregimentar tropas contra os novos cruzados em Israel, tem uma Palestina dentro de portas. Opsss… o Saladino, que uniu a 'nação árabe', era curdo.

 

 

 

 

 

 

|| Yes we can

por josé simões, em 22.09.11

 

 

 

 "Let us be honest with ourselves:Israelis surrounded by neighbors that have waged repeated wars against it. Israel's citizens have been killed by rockets fired at their houses and suicide bombs on their buses. Israel's children come of age knowing that throughout the region, other children are taught to hate them. Israel, a small country of less than eight million people, looks out at a world where leaders of much larger nations threaten to wipe it off of the map. The Jewish people carry the burden of centuries of exile and persecution, and fresh memories of knowing that six million people were killed simply because of who they are. Those are facts. They cannot be denied.


The Jewish people have forged a successful state in their historic homeland. Israel deserves recognition. It deserves normal relations with its neighbors. And friends of the Palestinians do them no favors by ignoring this truth, just as friends ofIsrael must recognize the need to pursue a two-state solution with a secureIsrael next to an independentPalestine." Barack Obama a partir do minuto 21:56.

 

[Imagem de Baz Ratner]

 

 

 

 

 

 

|| Sítios no mundo sem Primavera

por josé simões, em 20.09.11

 

 

 

O Grande Mufti de Jerusalém, que tem uma Palestina dentro de portas com a cumplicidade e o apoio ocidental, andou em digressão pelos países da “Primavera” a apregoar o direito dos povos à autodeterminação e independência para distrair a turba, enquanto vai sonhando com um Império Otomano.

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

 

|| Ser parte do problema

por josé simões, em 15.09.11

 

 

 

O Grande Mufti de Jerusalém disfarçado de Saladino faz uma tournée pelas praias do Mediterrâneo:

 

«Erdogan amenaza a Israel con enviar naves de guerra»

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

 

|| O spin

por josé simões, em 21.08.11

 

 

 

Tal como aconteceu na Irlanda com o IRA e no País Basco com a ETA, para passar uma certa ideia de civilização, respeitabilidade [e respeito pelo jogo democrático], de que não é tudo farinha do mesmo saco, para haver um mínimo de empatia com a opinião pública ocidental. E com a cumplicidade dos jornalistas acéfalos e amorfos [e dos media que lhes dão emprego]. Tem mel. Há o Hamas e os terroristas do «braço armado do Hamas».

 

(Imagem Toe in a Mouse-Trap, Harold Gauer)

 

 

 

 

 

|| Poesia

por josé simões, em 12.05.11

 

 

 

 

 

|| O sentimento sempre lá, sempre latente

por josé simões, em 04.02.11

 

 

 

 

 

Pena o Diário de Notícias não se ter esforçado um ‘cadinho mais e falado também em Mohammad Amin al-Husayni… Ou a solidariedade para com a “causa da pedrada” é impeditivo?

 

E quem diz o Diário de Notícias diz o Público, o Expresso, e/ ou as televisões. Ah a bendita simpatia do e para com o Bloco.