Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

O estado da Nação

por josé simões, em 26.10.20

 

robert_e._jackson.jpg

 

 

Segundo a generalidade da comunicação social, mais os paineleiros-comentadeiros com lugar cativo nas "análises à jornada" e cartilheiros diversos vertidos à paisana disfarçados de independentes, o Bloco de Esquerda é irresponsável, não tem sentido de Estado, e até chama a direita como em 2011 [escamoteando que a direita em 2011 foi chamada pelo voto nas urnas], por não abdicar dos seus princípios ao não se abster, ou até votar favoravelmente o Orçamento do Estado para 2021, apresentado por um Governo minoritário do Partido Socialista que, com truques de ilusionismo e a cumplicidade da generalidade da comunicação social, não abdicou dos seus princípios numa encenação de negociação e cedências, não se coibindo com isso de chamar a direita sabendo de antemão do voto contrário do Bloco de Esquerda. #TINA #OE2021

 

[Imagem]

 

 

 

 

Socorro que vem aí o diabo!

por josé simões, em 23.10.20

 

new-york-sunshine-repent-or-perish-film.jpg

 

 

Argumentar que um eventual chumbo do Orçamento do Estado pelo Bloco de Esquerda é chamar Passos Coelho - o agregador da direita, para lhe entregar o poder de volta, tal e qual o chumbo do PEC IV de Sócrates, é só má-fé argumentativa e deliberadamente ignorar que Passos Coelho foi a votos, que ganhou em eleições livres e democráticas, que nem o PCP nem o Bloco metem quem quer que seja a governar, e fazer de conta que António Costa não se meteu no buraco onde se encontra quando disse "No dia em que a sua subsistência depender do PSD, este Governo acabou" e que agora, com a cumplicidade dos media e dos paineleiros-comentadeiros com lugar cativo, atira o ónus da culpa para os ex-parceiros da 'Geringonça' e espera que se anulem e abdiquem dos seus princípios em função do Governo minoritário PS, numa espécie de TINA 2.0?

 

[Imagem]

 

 

 

 

Rewind/ Fast Forward

por josé simões, em 21.10.20

 

Tim Fishlock.jpg

 

 

E voltamos ao ponto de partida que é o de um partido que se reclama da esquerda e que passou 40 dos 46  anos da democracia a governar à direita, com os votos da direita ou em coligação com a direita, a acusar a esquerda de votar com a direita no Orçamento do Estado.

 

[Imagem]

 

 

 

 

Os intrujas

por josé simões, em 12.10.20

 

Philippe Salaün.jpg

 

 

A direita que nos idos da troika depois de ter cortado o 13.º mês permitiu a diluição do subsídio de férias em 12 vezes para que as pessoas não sentissem o rombo no orçamento no final do mês é a direita que agora diz que a mexida na taxa de retenção mensal do IRS pelas mesmas razões é uma trafulhice socialista.

 

[Imagem]