Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

As saudações do PCP

por josé simões, em 24.05.18

 

scott scheidly.png

 

 

O PCP saudou na passada 2.ª feira a expressiva vitória bolivariana nas eleições presidenciais venezuelanas exigindo, em simultâneo, respeito pela vontade do povo da Venezuela.

 

No intervalo entre saudações o PCP podia dedicar algum tempo num quadradinho de página no Avante! para nos explicar a diferença entre as chapeladas eleitorais de Nicolas Maduro do "socialismo bolivariano para o século XXI" e as de Salazar e Caetano no fascismo do Estado Novo, por exemplo. E também por exemplo a diferença entre a supressão de direitos, liberdades e garantias, a censura da imprensa, e encerramento de jornais, televisões e rádios, as "conversas em família" do líder revolucionário Maduro uma noite por semana na televisão, a perseguição à oposição e os presos políticos do "socialismo bolivariano para o século XXI", a tortura praticada pelas milícias, polícias e forças militares em total impunidade, o poder judicial submetido ao poder político, e a ditadura fascista do Estado Novo de Salazar e Caetano de que os comunistas e o PCP foram as principais vítimas.

 

[Imagem]

 

 

 

 

Socialismo bolivariano para o séc. XXI

por josé simões, em 12.01.18

 

peter turnley corbis.jpg

 

 

"Um dos principais alimentos para animais que as pessoas consomem é o arroz [para galinhas], por ser mais económico e render mais, mas a este produto adiciona-se salsichas para cães"

 

ONG denuncia que venezuelanos estão a consumir alimentos para cães

 

[Imagem "Poverty, prostitutes and the long, slow death of the Soviet Union"]

 

 

 

 

Quinta-feira o Avante! explica

por josé simões, em 01.08.17

 

maduro.jpg

 

 

O líder da revolução socialista bolivariana para o século XXI tem os seus bens no Império do Mal a salvo dos desvarios revolucionários do louco que governa a Venezuela com uma inflação estimada de 2000% e o povo em horas de espera na fila para um pão com senhas de racionamento. Quinta-feira o Avante! explica.

 

Os EUA impuseram sanções jurídicas e financeiras sem precedentes contra o Presidente venezuelano, congelando os seus bens

 

[Imagem]

 

 

 

 

Socialismo bolivariano para o século XXI

por josé simões, em 13.06.17

 

1.jpg

 

2.jpg

 

3.jpg

 

4.jpg

 

5.jpg

 

6.jpg

 

7.jpg

 

 

[Aqui]

 

 

 

 

Socialismo bolivariano para o século XXI

por josé simões, em 21.04.17

 

1.jpg

 

2.jpg

 

3.jpg

 

4.jpg

 

5.jpg

 

6.jpg

 

7.jpg

 

 

[Aqui]

 

 

 

 

||| Sempre, sempre ao lado do povo

por josé simões, em 07.12.15

 

01-May-1960,-Moscow_Bettman_Corbis.jpg

 

 

E, quando o povo se engana, a vanguarda da classe operária muda de povo.


«Tendo-se realizado as eleições legislativas na República Bolivariana da Venezuela, onde após 17 anos (e 18 actos eleitorais em que foram derrotadas) as forças contra-revolucionárias alcançaram a maioria dos lugares no parlamento, o PCP expressa a sua solidariedade às forças reunidas no Grande Pólo Patriótico e, nomeadamente, ao Partido Socialista Unido da Venezuela e ao Partido Comunista da Venezuela, com a confiança de que as forças progressistas e revolucionárias venezuelanas encontrarão as soluções que defendam o processo revolucionário bolivariano e as suas históricas conquistas que tão importante repercussão têm tido na América Latina.


O PCP salienta que estas eleições se realizaram no contexto de uma conjuntura económica particularmente desfavorável em resultado da baixa do preço do petróleo e no quadro de grandes operações de desestabilização e boicote económico dos sectores mais reaccionários venezuelanos articuladas com a ingerência do imperialismo contra a Revolução Bolivariana.


O PCP alerta para a tentativa do imperialismo utilizar os desfavoráveis resultados eleitorais na Venezuela para intensificar o seu combate aos processos de soberania e progresso social que tem subtraído o continente latino-americano ao seu domínio e apela à solidariedade com os povos e as forças progressistas e revolucionárias venezuelanas e de toda a América Latina»


«Solidariedade com a Venezuela Bolivariana»


[Imagem "01 May 1960, Moscow", Bettman/ Corbis]