Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

9 de Maio de 1921 - 9 de Maio de 2021

por josé simões, em 09.05.21

 

Sophie_Scholl.jpg

 

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

Undercovered

por josé simões, em 22.04.21

 

Dominick Sokotoff - ZUMA.jpg

 

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

Agora com um desenho

por josé simões, em 07.10.20

 

reichstag.jpg

 

 

Pra mim tanto faz que seja uma suástica como uma foice e um martelo. Em qualquer caso pra mim vai mais ou menos dar ao mesmo. Pa outros não será assim mas pa mim vai dar ao mesmo

 

Portugal, ano 20 do século XXI, e há um deputado Telmo Correia na Assembleia da República.

 

 

 

 

E ainda há palermas que juram que a Terra não é redonda

por josé simões, em 15.06.20

 

churchill-mosley (1).bmp

 

 

Um tem estátua na Parliament Square, o outro não. Um foi derrotado e escorraçado pelo povo e pela democracia, o outro ganhou uma guerra mundial e a eternidade. A estátua de um é defendida pelos discípulos do outro.

Setenta e cinco anos depois da vitória aliada sobre a Alemanha nazi na II Guerra Mundial ver a extrema-direita e os nazis a marchar nas ruas de Londres em defesa da estátua Churchill. Com as voltas que o mundo dá ainda há palermas que juram que a Terra não é redonda.

 

 

 

 

A chico-espertice dos escudeiros da direita radical

por josé simões, em 16.08.19

 

pauloferreira1 twitter.jpg

 

 

Paulo Ferreira, Prémio Pinóquio do Ano de 2018, lídimo escudeiro da direita radical e competentíssimo no cumprimento da agenda política e ideológica nos media, aparece no Twitter a desculpar o hotel SANA por ter dado asilo à reunião de saudosos do nazi-fascismo, e contra o "pelourinho" onde foi colocado pelas "redes sociais" [sempre boas para os escudeiros da direita radical passarem o spin, depois repetido e amplificado ad nauseam pelos aios de plantão] sem explicar como é que, ou porque é que, a Sábado destacou jornalistas para fazer a cobertura de evento organizado por cidadã anónima, já que só a posteriori se soube ser o nome da mãe de Mário Machado.

 

Há no entanto um upgrade nesta aparição do Prémio Pinóquio do Ano de 2018 no Twitter: não enveredou pelo whataboutism do "também já lá ouve uma conferência de uma organização de esquerda e a esquerda e o comunismo e o Estaline e o Pol Pot [Mao fica sempre fora da equação, se calhar porque os ex maoistas são os actuais... vocês sabem], e que é o caminho invariavelmente trilhado pela direita radical para desculpar e absolver a extrema-direita que se atreve a dizer em público e em voz alta o que eles só se atrevem a pensar em privado.

 

 

 

 

80 anos

por josé simões, em 09.11.18

 

Kristallnacht.jpg

 

 

Cerca de 100 mortos, 30 000 detenções, mais de 1 000 sinagogas incendiadas, mais de 7 000 lojas destruídas ou seriamente danificadas. Foi assim que tudo começou.

 

 

 

 

Uma cagadela de pássaro

por josé simões, em 04.06.18

 

Der Tagesspiegel.jpg

 

 

Der Tagesspiegel chama para a primeira página a "caganita de pássaro de Alexander Gauland", líder dos neo-fascistas AfD só o maior partido da oposição no Bundestag.

 

 

 

 

||| Uma "curiosa" associação

por josé simões, em 07.04.15

 

HAMAS_LOGO.jpg

 

 

"My father was in the commandos, my mother was in the SS, together they burned Jews cause Jews burn the best" and "Hamas, Hamas, Jews to the gas."


[Imagem]

 

 

 

 

||| 81 anos hoje

por josé simões, em 27.02.14

 

 

 

[Aqui]

 

 

 

 

 

 

|| O alarido e o rebuliço por causa do extremismo

por josé simões, em 29.09.13

 

 

 

Quando toda a gente sabe que o que põe as chancelarias europeias a tremer e causa o pânico nas agências de notação financeira e provoca a desconfiança e o receio dos "investidores", que o perigo está na subida do rating eleitoral do Syriza, os extremistas de esquerda. Os mortos e os assassinatos são danos colaterais, e necessários, no caminho para o futuro radioso que nos espera proporcionado pelo Deus Mercado.

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

 

|| 70 anos hoje

por josé simões, em 19.04.13

 

 

 

Polónia, Varsóvia, 19 de Abril de 1943.

 

 

 

 

 

 

|| Austeridade ideológica só pode levar ao renascer da ideologia

por josé simões, em 10.02.13

 

 

 

E foi com os ensinamentos da I Guerra Mundial aprendidos que as potências vencedoras da II Guerra Mundial optaram pela inclusão da derrotada Alemanha, ao invés de mais sanções, compensações e impostos de guerra, e que Jean Monnet, Robert Schuman, Konrad Adenauer, puseram mãos à obra para construir a Europa que nós, a última geração privilegiada, ainda tivemos o prazer de conhecer e viver; para evitar que situações destas se voltassem a repetir. [Via]

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

 

|| Da incredulidade, since 2 de Setembro de 1945

por josé simões, em 02.07.12

 

 

 

Parece que a divulgação da destruição dos ficheiros, pouco depois, foi recebida com incredulidade de políticos da esquerda à direita. Não se percebe é se a incredulidade é pela destruição, pela divulgação da organização, ou pela divulgação da destruição. Políticos da direita à esquerda. Pois. É que, além da RFA, também houve uma coisa, um serviço de segurança com um Estado dentro, que deu pelo nome de RDA.

 

«Aparentemente, a destruição foi levada a cabo por um agente sem ter sido ordenada pela sua chefia». E isso é mau porque se presta a "teorias da conspiração". E a gente vai fazer de conta que não sabe nada de nada de História e vai repetir 3 vezes: aparentemente, aparentemente, aparentemente.

 

[Otto Von Bolschwing na imagem]

 

 

 

 

 

 

|| 6 milhões de judeus, um exagero. Não existiram fornos crematórios. Nem câmaras de gás. Uma mentira

por josé simões, em 15.05.12

 

 

 

[Fanado à Shyz]

 

 

 

 

 

|| Um alemão [II]

por josé simões, em 09.02.12

 

 

 

August Landmesser

 

[Um alemão I]