Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

Eles andam aí...

por josé simões, em 07.06.21

 

Francesca Rizzi Mário Machado.jpg

 

 

«Carabinieri seized photographs of Hitler, swastikas and a book listing Jewish surnames during coordinated raids on Monday on the homes of 12 alleged members of the Roman Aryan Order, a Nazi-inspired white supremacist group. One of the accused was voted the winner of an online Miss Hitler beauty pageant in 2019, calling herself Miss Eva Braun.

 

The investigation began in 2019, as part of a wider probe into white supremacist and far-right movements. Police said in a statement that this group was “dedicated to publishing racist and discriminatory, Nazi-inspired, anti-Semitic and Holocaust-denying content, videos and images on social media.»

 

Italian neo-Nazis were plotting to bomb NATO base, police say

Carabinieri raided the homes of 12 alleged members of an extremist group on Monday.

 

Entre os acusados está Francesca Rizzi [na imagem], candidata ao título Miss Hitler e convidada de Mário Machado na convenção de neo-nazis que se realizou em Lisboa em Agosto de 2019, o mesmo Mário Machado que, um ano depois no seu canal Youtube, apelava aos camaradas para se mudarem descansados de armas e bagagem para as fileiras do Chaga pois nunca revelaria a sua proveniência.

 

 

 

 

9 de Maio de 1921 - 9 de Maio de 2021

por josé simões, em 09.05.21

 

Sophie_Scholl.jpg

 

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

Undercovered

por josé simões, em 22.04.21

 

Dominick Sokotoff - ZUMA.jpg

 

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

Agora com um desenho

por josé simões, em 07.10.20

 

reichstag.jpg

 

 

Pra mim tanto faz que seja uma suástica como uma foice e um martelo. Em qualquer caso pra mim vai mais ou menos dar ao mesmo. Pa outros não será assim mas pa mim vai dar ao mesmo

 

Portugal, ano 20 do século XXI, e há um deputado Telmo Correia na Assembleia da República.

 

 

 

 

E ainda há palermas que juram que a Terra não é redonda

por josé simões, em 15.06.20

 

churchill-mosley (1).bmp

 

 

Um tem estátua na Parliament Square, o outro não. Um foi derrotado e escorraçado pelo povo e pela democracia, o outro ganhou uma guerra mundial e a eternidade. A estátua de um é defendida pelos discípulos do outro.

Setenta e cinco anos depois da vitória aliada sobre a Alemanha nazi na II Guerra Mundial ver a extrema-direita e os nazis a marchar nas ruas de Londres em defesa da estátua Churchill. Com as voltas que o mundo dá ainda há palermas que juram que a Terra não é redonda.

 

 

 

 

A chico-espertice dos escudeiros da direita radical

por josé simões, em 16.08.19

 

pauloferreira1 twitter.jpg

 

 

Paulo Ferreira, Prémio Pinóquio do Ano de 2018, lídimo escudeiro da direita radical e competentíssimo no cumprimento da agenda política e ideológica nos media, aparece no Twitter a desculpar o hotel SANA por ter dado asilo à reunião de saudosos do nazi-fascismo, e contra o "pelourinho" onde foi colocado pelas "redes sociais" [sempre boas para os escudeiros da direita radical passarem o spin, depois repetido e amplificado ad nauseam pelos aios de plantão] sem explicar como é que, ou porque é que, a Sábado destacou jornalistas para fazer a cobertura de evento organizado por cidadã anónima, já que só a posteriori se soube ser o nome da mãe de Mário Machado.

 

Há no entanto um upgrade nesta aparição do Prémio Pinóquio do Ano de 2018 no Twitter: não enveredou pelo whataboutism do "também já lá ouve uma conferência de uma organização de esquerda e a esquerda e o comunismo e o Estaline e o Pol Pot [Mao fica sempre fora da equação, se calhar porque os ex maoistas são os actuais... vocês sabem], e que é o caminho invariavelmente trilhado pela direita radical para desculpar e absolver a extrema-direita que se atreve a dizer em público e em voz alta o que eles só se atrevem a pensar em privado.

 

 

 

 

80 anos

por josé simões, em 09.11.18

 

Kristallnacht.jpg

 

 

Cerca de 100 mortos, 30 000 detenções, mais de 1 000 sinagogas incendiadas, mais de 7 000 lojas destruídas ou seriamente danificadas. Foi assim que tudo começou.

 

 

 

 

Uma cagadela de pássaro

por josé simões, em 04.06.18

 

Der Tagesspiegel.jpg

 

 

Der Tagesspiegel chama para a primeira página a "caganita de pássaro de Alexander Gauland", líder dos neo-fascistas AfD só o maior partido da oposição no Bundestag.

 

 

 

 

||| Uma "curiosa" associação

por josé simões, em 07.04.15

 

HAMAS_LOGO.jpg

 

 

"My father was in the commandos, my mother was in the SS, together they burned Jews cause Jews burn the best" and "Hamas, Hamas, Jews to the gas."


[Imagem]

 

 

 

 

||| 81 anos hoje

por josé simões, em 27.02.14

 

 

 

[Aqui]

 

 

 

 

 

 

|| O alarido e o rebuliço por causa do extremismo

por josé simões, em 29.09.13

 

 

 

Quando toda a gente sabe que o que põe as chancelarias europeias a tremer e causa o pânico nas agências de notação financeira e provoca a desconfiança e o receio dos "investidores", que o perigo está na subida do rating eleitoral do Syriza, os extremistas de esquerda. Os mortos e os assassinatos são danos colaterais, e necessários, no caminho para o futuro radioso que nos espera proporcionado pelo Deus Mercado.

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

 

|| 70 anos hoje

por josé simões, em 19.04.13

 

 

 

Polónia, Varsóvia, 19 de Abril de 1943.

 

 

 

 

 

 

|| Austeridade ideológica só pode levar ao renascer da ideologia

por josé simões, em 10.02.13

 

 

 

E foi com os ensinamentos da I Guerra Mundial aprendidos que as potências vencedoras da II Guerra Mundial optaram pela inclusão da derrotada Alemanha, ao invés de mais sanções, compensações e impostos de guerra, e que Jean Monnet, Robert Schuman, Konrad Adenauer, puseram mãos à obra para construir a Europa que nós, a última geração privilegiada, ainda tivemos o prazer de conhecer e viver; para evitar que situações destas se voltassem a repetir. [Via]

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

 

|| Da incredulidade, since 2 de Setembro de 1945

por josé simões, em 02.07.12

 

 

 

Parece que a divulgação da destruição dos ficheiros, pouco depois, foi recebida com incredulidade de políticos da esquerda à direita. Não se percebe é se a incredulidade é pela destruição, pela divulgação da organização, ou pela divulgação da destruição. Políticos da direita à esquerda. Pois. É que, além da RFA, também houve uma coisa, um serviço de segurança com um Estado dentro, que deu pelo nome de RDA.

 

«Aparentemente, a destruição foi levada a cabo por um agente sem ter sido ordenada pela sua chefia». E isso é mau porque se presta a "teorias da conspiração". E a gente vai fazer de conta que não sabe nada de nada de História e vai repetir 3 vezes: aparentemente, aparentemente, aparentemente.

 

[Otto Von Bolschwing na imagem]

 

 

 

 

 

 

|| 6 milhões de judeus, um exagero. Não existiram fornos crematórios. Nem câmaras de gás. Uma mentira

por josé simões, em 15.05.12

 

 

 

[Fanado à Shyz]