Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

A diferença entre Clara de Sousa e um cone de sinalização de trânsito

por josé simões, em 15.03.21

 

 

 

A diferença entre Clara de Sousa e um cone de sinalização de trânsito é que o cone tinha confrontado Marques Mendes quando, pela enésima vez, diz que disse sobre a "abertura no Natal" aquilo que não disse, em linguagem comum: mente com quantos dentes tem na boca.

 

[Vídeo]

 

 

 

 

Era inevitável estas mortes acontecerem?

por josé simões, em 31.01.21

 

x.jpg

 

 

A questão é que quem não quisesse "salvar o Natal" era um perigoso jacobino mata-frades. Na linha do socialismo e da esquerda que proibiu a Páscoa. Era inevitável estas mortes acontecerem? Não. Mais que não seja para quando a próxima Páscoa for outra vez proibida.  Mas isso agora também não interessa nada

 

[Imagem]

 

 

 

 

Não ter a puta da vergonha na cara é isto

por josé simões, em 15.01.21

 

gesto.jpg

 

 

PSD defende alívio de restrições no Natal e reposição de medidas no Ano Novo

 

4 de Dezembro de 2020

 

 

O vice-Presidente do grupo parlamentar do PSD, [...] considera que o Governo "falhou na preparação do inverno e no aliviar das medidas do Natal"

 

12 de Janeiro de 2021

 

 

CDS pede ao Governo "sensibilidade, humanidade e bom senso" nas medidas para o Natal

 

12 de Dezembro de 2020

 

 

Presidente do CDS-PP responsabiliza Governo por necessidade de novo confinamento

 

11 de Janeiro de 2021

 

 

 

 

As coisas como elas são

por josé simões, em 04.01.21

 

calimero.jpg

 

 

Aqueles que logo a seguir às férias de Agosto desataram a meter veneno em tudo o que era espaço de comentário e opinião que já se tinha proibido a Páscoa às famílias não se [dev]ia agora proibir o Natal, a união, os meninos à roda da lareira, a festa da família, que as pessoas são responsáveis e outras tretas do género, são agora exactamente os mesmos que vêm apontar o dedo à liberdade dada pelo Natal e à irresponsabilidade dos portugueses pelo disparar de casos Covid. Siga a marcha.

 

 

 

 

Um bom Natal no ano capicua também para vocês

por josé simões, em 24.12.20

 

1.jpg

 

[Imagem]

 

 

 

 

"Estes são os meus princípios, e se vocês não gostarem deles... bem, tenho outros"

por josé simões, em 23.12.20

 

groucho.jpg

 

 

"Depois de ser criticado por pretender fazer várias refeições de Natal com vários grupos de pessoas em plena pandemia, o Chefe de Estado vai limitar-se a um jantar com cinco pessoas esta quarta-feira."

 

Marcelo Rebelo de Sousa reduz refeições de Natal após críticas

 

 

 

 

Sign O' The Times, CIV

por josé simões, em 24.11.20

 

Puglia_.jpg

 

 

In Puglia le luminarie natalizie sono uno sfogo contro l'anno nefasto del Covid

 

Sign O' The Times, Capítulo CIII