Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

“Não há dinheiro, não há palhaço” (*)

por josé simões, em 02.04.08

 

 

Leio que a edição em papel da Atlântico está suspensa, por falta de verba para manter o projecto em movimento. É pena. Não me identificando totalmente com a linha editorial da revista, é no entanto uma das minhas leituras obrigatórias. Paulo Tunhas, Paulo Pinto Mascarenhas, Henrique Burnay, Henrique Raposo e Rui Ramos, são alguns dos escribas da revista de que não dispenso a leitura. Não só pela coerência da argumentação, mas também para saber como é que “eles” funcionam (sem ironia).
 
Faço votos para que seja encontrada uma solução, e que, pelo menos, a faceta on-line se mantenha on-line; passe o trocadilho.
 
(*) Ditado popular da zona de Azeitão, que significa mais ou menos isto: "não me pagas, não trabalho".