Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

Número redondo

por josé simões, em 09.11.19

 

Egon Krenz - Mikhail Gorbachev.jpg

 

 

              1989 - 2019

 

[Egon Krenz e Mikhail Gorbatchov na imagem]

 

 

 

 

O Verdadeiro Artista

por josé simões, em 08.11.19

 

Funny Face Stalin.jpg

 

 

A passagem dos 30 anos após a denominada 'queda do muro de Berlim' tem servido de pretexto para mais uma onda de revisionismo histórico, em que a descontextualização e falsificação dos acontecimentos serve de mote para uma nova e sofisticada campanha anticomunista, em que o capitalismo celebra não só a anexação da República Democrática Alemã (RDA) pela RFA (Republica Federal Alemã), mas igualmente as derrotas do socialismo na União Soviética e noutros países do leste da Europa

 

[Imagem]

 

 

 

 

||| 13 de agosto de 1961

por josé simões, em 13.08.15

 

Berlin-construction-final-land.jpg

 

 

[Imagem]

 

 

 

 

||| Quinta-feira o Avante! explica

por josé simões, em 23.03.15

 

stasi 1.jpg

 

stasi 2.jpg

 

stasi 3.jpg

 

stasi 4.jpg

 

stasi 5.jpg

 

«During the Cold War, escape attempts from East Germany were thoroughly reenacted and photographed by the Ministry for State Security


The Stasi was known for its widespread spying on the population of East Germany and turning family members into informants against relatives.


In addition to spying, escape attempts from East into West were thoroughly documented in written reports and in photographs — often restaged with participation by the actual escapee after they were caught.»

 

 

 

||| "Uma política patriótica e de esquerda"

por josé simões, em 09.11.14

 

Berlim1.jpg

 

Berlim2.jpg

 

Berlim3.jpg

 

Berlim4.jpg

 

Berlim5.jpg

 

 

Há quem tenha chorado de alegria com as imagens da queda do Muro de Berlim na MTV.


E há quem chore baba e ranho com saudades das imagens do Muro de Berlim da miséria, da infelicidade, da dor e da morte alheia, ainda a preto-e-branco.


Quando vierem com a lengalenga da "política patriótica e de esquerda" a gente lembra-se da "reacção e da social-democracia" a celebrar «mais do que a queda do muro de Berlim» e, na hora de optar e fazer escolhas, as pessoas votam na "reacção" porque não querem para elas aquilo que não gostam de ver fazer aos outros.

 

 

Obrigado PCP, vanguarda da classe operária e sempre, sempre ao lado do povo.

 

 

 

 

 

 

 

 

||| 25 anos

por josé simões, em 09.11.14

 

 

 

9 de Novembro de 1989 – 9 de Novembro de 2014

 

 

 

 

||| Good bye Lenin!

por josé simões, em 07.11.14

 

good bye lenine.jpg

 

 

«Perante a campanha anticomunista de intoxicação da opinião pública desencadeada a pretexto da passagem de 25 anos sobre a chamada «queda do muro de Berlim», o PCP considera necessário afirmar o seguinte [...]»


Para quem quiser, ainda que por breves instantes, regressar à realidade surrealista socialista do Portugal de 1974 continua a ler aqui. Para quem nasceu depois de 1974 e só pela boca de terceiros teve contacto com a realidade surrealista socialista do Portugal de 1974 continua a ler aqui.

 

 

 

 

||| Foi no dia de hoje

por josé simões, em 09.11.13

 

 

 

E deu em directo na MTV.

 

 

 

 

 

 

|| 13 de Agosto de 1961

por josé simões, em 13.08.12

 

 

 

[Imagem "Brandenburg Gate" by Mark G. Anstending]

 

 

 

 

 

 

|| “A solução não é muito linda, mas mil vezes melhor do que uma guerra”, John F. Kennedy

por josé simões, em 13.08.11

 

 

 

13 de Agosto de 1961

 

(Imagem)

 

 

 

 

 

 

|| Da série “Noticias que não saem no Avante!”

por josé simões, em 22.07.10

 

 

 

Faz hoje 40 anos que Bernard Becker foi libertado duma prisão de alta segurança da Stasi (a polícia política da ex-RDA) onde passou quase dois anos acusado de distribuição de propaganda subversiva.

 

How i survived na East German prision

 

(Imagem)

 

 

 

 

 

|| O vómito

por josé simões, em 12.11.09

 

 

 

«a burguesia alemã que ao longo da História tem recorrido sistematicamente ao militarismo, ao assassínio de democratas e revolucionários, ao trabalho escravo, inventou a industrialização da morte e o extermínio em massa nas câmaras de gás»

 

(Imagem de Jan van de Velde via Welcome Library)

 

Adenda: Fui tomado por um sentimento de nojo e repulsa e não consegui ler mais que o parágrafo transcrito.

 

 

 

|| 13 de Agosto de 1961 – 9 de Novembro de 1989

por josé simões, em 09.11.09

 

 

 

Dois cidadãos acenam à família do outro lado do muro no Natal de 1961.

Imagem de Lon Herschtritt.

 

 

 

|| Mil maneiras de fugir do socialismo real

por josé simões, em 07.11.09

 

 

 

De 1961 a 1989 mais de 150.000 alemães orientais arriscaram as suas vidas na tentativa de fugir da RDA e 800 morreram.

 

(As primeiras fugas ocorreram na Bernauerstrasse, a rua onde as fachadas dos edifícios marcavam a separação entre o este e o oeste, em Agosto de 1961 nos primeiros dias a seguir à separação. Imagem via Landesarchiv Berlin)

 

 

 

|| 20 anos de retrocesso

por josé simões, em 06.11.09

 

 

 

Porrada no lombo e rédea curta e prisão e tortura e assassinatos políticos. O título deve ser lido como um desejo saudosista: i wish

 

Nada mal para quem detém o franchising-Portugal da luta contra a ditadura e pelas “amplas liberdades democráticas”.