Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

O ódio dos "donos da democracia" à democracia

por josé simões, em 17.02.21

 

spinola guine.jpg

 

 

Mamadou Ba disse uma verdade indesmentível, até pelo próprio falecido e citando o falecido: Marcelino da Mata foi um carniceiro impiedoso, que fazia ponto de honra disso e se gabava em público e em voz alta. Calhou a Marcelino da Mata ser o "herói" mais condecorado de sempre da tropa portuguesa, vírgula pelo Estado Novo, um pormenor. Nem D. Nuno Álvares. O fascismo precisava de alguém da cor dos outros, um branco da "metrópole" não servia, para mostrar aos outros que éramos todos portugueses, gente de bem, contra o terrorismo e o comunismo internacional,. apesar dos ventos de mudança que sopravam de todo o lado. E direita radical, os "donos da democracia", assumir a defesa da honra de um criminoso de guerra coberto por uma bandeira, que falhou o banco do Tribunal Europeu dos Direitos Humanos apesar das sucessivas violações da Convenção de Genebra, diz mais sobre ela própria que sobre o defunto.

 

[Spínola na Guiné, na imagem de autor desconhecido]