Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

As coisas como elas são

por josé simões, em 08.09.19

 

Gloria Swanson_Rodolfo Valentino_Muzeo_Nazionale-del-Cinema_Torino (1).jpg

 

 

O problema de António Costa com a não obtenção da maioria absoluta que jura a pés juntos não querer é "um PS fraco e um Podemos forte" que foi precisamente o que permitiu a António Costa ser primeiro-ministro.

 

[Gloria Swanson & Rodolfo Valentino, Museo Nazionale del Cinema,Torino]

 

 

 

 

O António Costa que se cuide

por josé simões, em 22.07.19

 

jn.jpg

 

 

Dizia na televisão um habitante do concelho de Mação que o fogo deste ano seguiu exactamente o mesmo trajecto seguido pelo fogo de 2017. Não é muito difícil prever qual vai ser o sentido do fogo no ano de 2021. E é assim de há vinte e tal anos a esta parte, desde que inventaram o "petróleo verde", que ia tirar as pessoas da miséria, sem nunca ninguém ter informado as pessoas que as pessoas que sairiam da miséria eram outras pessoas e que davam pelo nome de accionistas e proprietários das celuloses, enquanto o dinheiro dos nossos impostos anda em bolandas todos os verões para resgatar pessoas e bens vítimas do petróleo verde já que a bio-diversidade e o ambiente caminham irreversivelmente para a desertificação, a seguir à desertificação humana às mãos das más escolhas políticas.

Daí o interessante da sondagem saída hoje no Jornal de Notícias, um dia depois depois do presidente da Câmara de Mação ter vindo apontar o dedo ao Estado, ler "o Governo", pelo incêndio, o tal que faz exactamente o mesmo trajecto todos os anos em que há incêndios, e no dia em que o presidente da Câmara de Vila de Rei aparece a repetir o mesmo missal, o falhanço do Estado, ler "do Governo".É que daqui até às eleições de Outubro ainda há muito Verão pela frente e muita campanha suja  para fazer com préstimo impagável das televisões, todas no terreno sedentas de sangue e de miséria alheia.

 

 

 

 

|| À esquerda ou à direita?

por josé simões, em 28.04.13

 

 

 

Pois. Não disse…

 

[E os piscares de olho, mais ou menos argumentados, andam aqui - Francisco Assis em entrevista à Renascença, mais ou menos descarados, andam ali - Gabriela Canavilhas na SIC Notícias, minuto 08:35]

 

[Imagem de Thierry Guitard]