Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

In Memoriam

por josé simões, em 15.10.19

 

Harold Bloom.jpg

 

 

Harold Bloom

 

1930 - 2019

 

 

 

 

In Memoriam

por josé simões, em 28.12.18

 

amos oz.jpg

 

 

Amos Oz

 

1939 - 2018

 

 

 

 

In Memoriam

por josé simões, em 23.05.18

 

Philip-Roth.jpg

 

 

Philip Roth

 

1933 - 2018

 

 

 

 

In Memoriam

por josé simões, em 04.12.16

 

Ferreira Gullar.jpg

 

 

Ferreira Gullar


1930 – 2016

 

 

 

 

Trata Deus por tu

por josé simões, em 13.10.16

 

Bob-Dylan.jpg

 

 

Oh God said to Abraham, "Kill me a son". Abe says, "Man, you must be puttin' me on…". God say, "No". Abe say, "What ?". God say, "You can do what you want Abe, but the next time you see me comin' you better run"

 

 

 

 

In Memoriam

por josé simões, em 13.10.16

 

Dario Fo.jpg

 

 

Dario Fo


1926 – 2016

 

 

 

 

||| In Memoriam

por josé simões, em 31.03.16

 

Imre-Kertész-as-a-child-in-the-German-concentrati

 

 

Imre Kertész


1929 – 2016


[Imagem]

 

 

 

 

||| The impact of a single book

por josé simões, em 17.03.16

 

blake.jpg

 

 

"One book can change everything". Jorge Mendez Blake, The Castle.

 

 

 

 

||| O Islão moderado

por josé simões, em 23.02.16

 

irão.jpg

 

 

Agora que o Irão, sem sair do mesmo sítio, é o islão moderado e está de volta ao convívio das nações civilizadas e envia o representante dos ayatollahs em tournée pelo mundo civilizado, aka Europa, com malas cheias de dinheiro barato e poços de petróleo em velocidade de cruzeiro:


«Quem assassinar o autor de Versículos Satânicos recebe uma recompensa suplementar de mais de 500 mil euros oferecida por meios de comunicação social ligados ao regime de Teerão.»


A Terra gira e o Islão gira com ela.


[Imagem de autor desconhecido]

 

 

 

 

 

||| In Memoriam

por josé simões, em 20.02.16

 

Umberto Eco.png

 

 

Umberto Eco


1932 – 2016

 

 

 

 

||| In Memoriam

por josé simões, em 19.02.16

 

Harper Lee.jpg

 

 

Harper Lee


1926 – 2016


[Imagem]

 

 

 

 

||| Resumidamente é isto

por josé simões, em 26.06.15

 

banksy.jpg

 

 

"Muita gente já esqueceu, e muita outra não valorizou o golpe, mas foi Merkel, com a aquiescência dos parceiros, que em Novembro de 2011 impôs uma mudança de Governo em Itália, tirando Berlusconi, três vezes eleito, e pondo no seu lugar Mario Monti, um homem que nunca tinha ido a votos, e teve de ser feito (num domingo) senador vitalício para ocupar o lugar de primeiro-ministro. Isto aconteceu na Itália, que não é exactamente a República das Maldivas. Foi logo a seguir (cinco dias de intervalo) ao golpe grego, quando Papandreu se viu substituído por Lucas Papademos, que vinha do BCE e também nunca tinha ido a votos. Papandreu tinha cometido a heresia de dizer em voz alta que ia propor um referendo sobre a permanência da Grécia no euro. Em 48 horas estava na rua. No Outono de 2011 andava toda a gente distraída, e não devia, porque foram dois golpes de Estado decididos em Berlim, com a cumplicidade de Sarkozy e o beneplácito da tropa fandanga a que chamamos líderes europeus. A opinião pública internacional assobiou para o lado.


O actual folhetim grego é um remake foleiro. É deprimente ouvir os comentadores a esgrimir números sobre a Grécia, sabendo-se que os números gregos, sensatos ou delirantes, não importa, são a última preocupação de Merkel, Juncker, Dijsselbloem, Lagarde, Draghi, Tusk e parceiros menores. Nenhum deles quer saber de números para nada. Tsipras podia fazer espargata em plena Cimeira e o mais que conseguia era pôr Schäuble a bocejar. A UE não aceita um Governo do Syriza e o overacting de Varoufakis desobrigou toda a gente de boas maneiras."


Resumidamente é isto: "Folhetim".


[Imagem de Banksy]

 

 

 

 

||| Da série "Grandes Primeiras Páginas"

por josé simões, em 17.04.15

 

A capa do Der Spiegel.jpg

 

 

A capa do Der Spiegel

 

 

 

 

||| In Memoriam

por josé simões, em 13.04.15

 

Gunter-Grass.jpg

 

 

Günter Grass


1927 – 2015

 

 

 

 

||| Por estes dias lembro-me sempre deste livro

por josé simões, em 23.08.14