Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

Regresso à idade das trevas

por josé simões, em 29.12.23

 

image_2023-12-29_11-38-01.jpg

 

 

Por uma daquelas coincidências o dia em que o tablóide italiano Libero, cada vez mais encostado à extrema-direita, faz primeira página com Giorgia Meloni "Uomo Dell' Anno" é o dia em que a Il Venerdì, revista do diário La Repubblica, elege como homem do ano de 2024 Giacomo Matteotti, o deputado socialista assassinado pelos fascistas de Mussolini em... 1924. Percebemos todos ou fazemo-nos de desentendidos?

 

 

 

 

Orrorismo

por josé simões, em 11.10.23

 

alexi j. rosenfeld.jpg

 

 

Orrorismo, a junção da palavra [h]orror com terrorismo, uma feliz expressão do Il Manifesto, quotidiano comunista, como se intitula, na edição de hoje. O oposto da alucinação comunista portuguesa, a elevar o Hamas à categoria de movimento de libertação e se calhar com direito a barraquinha na Festa do Avante! em 2024.

 

E a foto de Alexi J. Rosenfeld na primeira página que não mostrando absolutamente nada merecedor de aviso prévio mostra tudo.

 

 

 

 

In Memoriam

por josé simões, em 23.09.23

 

GN.jpg

 

 

Giorgio Napolitano

 

1925 - 2023

 

 

 

 

The future's so bright, i gotta wear shades

por josé simões, em 15.09.23

 

mnf-imageonline.co-merged.png

 

 

Na primeira página do Il Riformista les beaux esprits se rencontrent em Budapeste, na primeira página do Il Manifesto a ilha de Lampedusa está a rebentar pelas costuras com milhares de migrantes em condições que não aceitamos aceitáveis para animais. Como cantavam os outros nos 80s, "the future's so bright, i gotta wear shades".

 

 

 

 

Uma medalha para madame Lagarde

por josé simões, em 29.06.23

 

meloni.jpg

 

 

Meloni contra o Banco Central Europeu. Fez hoje o pleno na imprensa escrita italiana, só falhou nos desportivos. Tinha de começar por algum lado, começou pela extrema-direita, que é um problema menor com que a Europa se debate. Uma medalha para madame Lagarde.

 

 

 

 

E quando lá chegares manda saudades que é coisa que cá não deixas

por josé simões, em 13.06.23

 

1 (6).jpg

 

 

Não só Berlusconi era uma excelente pessoa como até ficou rico a trabalhar, "começou por baixo". Em matéria de elogios fúnebres ninguém supera a direita pantomineira. 

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

 

The Final Cut - Marge e Khamenei

por josé simões, em 05.02.23

 

02df539399c16047dca5ce08247ef65e.jpg

 

 

fb15c1974f146e7fc1e8dbe350267e34.jpg

 

 

4f1b6600bd983ab1cab36a11c927a5d6.jpg

 

 

Marge Simpson è riapparsa davanti al consolato dell'Iran a Milano con la testa di Khamenei in mano nel murales "The Final Cut - Marge e Khamenei" dell'artista AleXsandro Palombo, che chiude il trittico di opere dal titolo "The Cut".

 

 

 

 

Deportati ad Auschwitz

por josé simões, em 27.01.23

 

1 .jpg

 

 

2.jpg

 

 

Sui muri del Memoriale della Shoah presso la Stazione Centrale di Milano è apparso un doppio murales dell'artista aleXsandro Palombo. Titolo: «Binario 21. I Simpson deportati ad Auschwitz»

 

 

 

 

'Hanno FIFA dei gay'

por josé simões, em 17.11.22

 

Andrea Villa.jpg

 

 

Kylian Mbappé e Cristiano Ronaldo che si baciano sul campo di calcio.

 

'Hanno FIFA dei gay' è la nuova provocatoria opera di Andrea Villa, lo street artist ribattezzato il Banksy torinese, realizzata in vista dell'avvio dei Mondiali in Qatar.

 

 

 

 

A Room with a View

por josé simões, em 07.11.22

 

Remo Casilli - Reuters.jpg

 

 

Nuns watch from windows as people demonstrate for peace and against Russia's invasion of Ukraine during a protest, in Rome, Italy. Reuters/ Remo Casilli

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

Iran W

por josé simões, em 03.11.22

 

1.jpg

 

 

2.jpg

 

 

3.jpg

 

 

"Iran W" è il nome dell'ultima opera dello strett artist Harry Greb. L'ultimo capolavoro del noto artista è dedicata alle donne iraniane. L'opera è stata realizzata in via Nomentana, sulla pensilina della fermata degli autobus Nomentana/ Sant'Agnese a pochi passi dalla sede dell'Ambasciata della Repubblica islamica dell'Iran in Italia.

 

 

 

 

Os palhaços de serviço

por josé simões, em 24.10.22

 

vulva tattoo.jpg

 

 

Cartilheiros militantes e militantes cartilheiros nas "redes", mais paineleiros e comentadeiros avulso com lugar cativo remunerado no prime time das televisões, que em 8 - oito - 8 meses de guerra mais que recusar condenar o fascismo russo justificaram a invasão e o genocídio na Ucrânia pelas tropas e mercenários de Putin, muito indignados pela saudação institucional da presidente da Comissão Europeia à neo-fascista eleita chefe do governo italiano. 

 

[Na imagem de autor desconhecido tattoo de soldado soviético]

 

 

 

 

Meanwhile in Milan...

por josé simões, em 06.10.22

 

MS.jpg

 

 

Marge Simpson has cut her hair in solidarity with #Iran protests, in a graffiti drawn on a wall opposite #Iran’s consulate in Milan,Italy. #MahsaAmini

 

 

 

 

Da série "Grandes Primeiras Páginas"

por josé simões, em 29.09.22

 

37.jpg

 

 

A capa da Internazionale

 

 

 

 

Luís Melões e os Irmãos de Portugal

por josé simões, em 27.09.22

 

LP.png

 

 

Depois apresentam-se a eleições em coligação e denominam-se "centro direita", depois de toda a comunicação social já os ter denominado assim porque eles assim já se denominam, numa pescadinha de rabo na boca que mina os media há décadas. Legitimar a extrema-direita e os neo-fascistas apodando comunistas e bloquistas de "extrema-esquerda", comparar quem luta por uma escola pública de qualidade e gratuita, por um Serviço Nacional de Saúde de excelência para todos, por melhores salários e condições de trabalho, por pensões e reformas dignas, com quem defende guetos para minorias, repressão policial, exclusão pela religião que se professa ou pela orientação sexual, a mulher como máquina de parir. 

 

Montenegro admitiu preocupações com situação em Itália mas diz que em 2015 o "PS decidiu governar com dois partidos da extrema-esquerda" enquanto pressiona a segunda figura da hierarquia do Estado para que pressione deputados eleitos em eleições livres a votarem contra a sua consciência cívica e democrática. Luís Melões e os Irmão de Portugal.

 

[Link na imagem]