Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

The Revolution Will Not Be Televised, II

por josé simões, em 07.11.19

 

Iraqi students pose for selfies with a member of the security forces during ongoing anti-government protests in the central city of Diwaniyah on October 31, 2019.jpg

 

 

Iraqi students pose for selfies with a member of the security forces during ongoing anti-government protests in the central city of Diwaniyah on October 31, 2019.

 

[The Revolution Will Not Be Televised, Capítulo I]

 

 

 

 

War, What is it good for? Absolutely nothing. Capítulo 22

por josé simões, em 20.03.18

 

1 (7).jpg

 

 

2 (7).jpg

 

 

3 (6).jpg

 

 

4 (6).jpg

 

 

5 (6).jpg

 

 

6 (4).jpg

 

 

7 (4).jpg

 

 

8.jpg

 

 

9.jpg

 

 

O que é que resta, em que estado é que está o mundo, qual a qualidade da democracia, os progressos ao nível dos direitos humanos e no respeito pelas diferenças, 15 anos depois da teoria da direita radical do efeito dominó que ia espalhar a democracia por todo o médio oriente e que justificava a invasão de Estados soberanos para derrubar regimes ditatoriais?

 

Photos: Looking Back at the War in Iraq, 15 Years After the U.S. Invaded

 

 

 

 

To Be Killed By A Woman

por josé simões, em 01.02.18

 

1 (4).jpg

 

 

2 (4).jpg

 

 

3 (3).jpg

 

 

4 (3).jpg

 

 

5 (3).jpg

 

 

It’s an Islamic State fighter’s worst fear: to be killed by a woman

 

 

 

 

War, What is it good for? Absolutely nothing. Capítulo 15

por josé simões, em 07.07.17

 

1.jpg

 

2.jpg

 

3.jpg

 

4.jpg

 

5.jpg

 

 

[Mosul in Ruins]

 

 

 

 

Three Kings

por josé simões, em 13.04.17

 

three_kings.jpg

 

 

A military buff who bought a tank on eBay for £30,000 could not believe his eyes when he found £2million in gold bars hidden inside

 

[Imagem]

 

 

 

 

Bushy – Sarkozy – Hollandy, a mesma luta

por josé simões, em 03.01.17

 

ABC.jpg

 

 

Hollande foi ao Iraque dizer às tropas que estão ali porque são pagas para ali estarem, ou noutro sítio qualquer desde que lhes paguem, que afinal estão ali para prevenir o terrorismo em França, mais ou menos a mesma razão invocada por Sarkozy para bombardear a Líbia de Kadafi, criar um mar de mortos no Mediterrâneo a todos os dias da semana e a todos os meses do ano, desestabilizar toda uma região e inventar terrorismo onde ele não existia.


O mesmo argumento usado por W. para bombardear e invadir o Iraque, com as tropas americanas que são pagas para isso e com o trabalho sujo, que nem as tropas americanas que são pagas para fazer o que lhes mandam fazer aceitam fazer, entregue aos mercenários fora-da-lei da Blackwater, acrescentando ao argumento o piedoso neoliberal devaneio do "efeito dominó" de espalhar a democracia a toda à volta depois da queda do ditador Saddam, na realidade e na prática mais um mar de mortos no Mediterrâneo, um mar de mortos em terra, no Iraque, com bombas e ataques suicidas a todos os dias da semana e a todos os meses do ano, e a invenção do ISIS, que em franciu se diz Daesh, e que é a razão para os franceses estarem onde estão, segundo Hollande.


[Depois Paulo Portas foi o primeiro governante ocidental a aterrar em Tripoli, a capital da nova Líbia democrática para negociar um manancial de contratos para as empresas e as exportações portuguesas, o El Dorado no norte de África depois da conquista de Ceuta por D. João I, mas isso são outros quinhentos.]


[Na imagem a primeira página do neo-franquista ABC]

 

 

 

 

Lavandaria

por josé simões, em 07.11.16

 

1.jpg

 

 

2.jpg

 

 

3.jpg

 

 

'once the refugees were forced to evacuate to different camps from idomeni, many of those possessions were left behind. trucks came in and loaded these items up to take towards the landfill. i decided to see if we could buy or collect them so they would not be destroyed.'


'with a truckload of those materials, including thousands of blankets, clothes and shoes, all impossibly dirty, we transported them to my studio in berlin. there, we carefully washed the clothes and shoes, piece by piece. each article of clothing was washed, dried, ironed, and then recorded. our work was the same as that of a laundromat.'

 

 

 

 

 

 

O Mal

por josé simões, em 24.10.16

 

A las muñecas les arrancan la cabeza y las extrem

 

 

Mi juguete me ha hecho daño

 

 

 

 

Guardar

Amor de embaixador

por josé simões, em 30.08.16

 

mae tattoo.png

 

 

Perfeito, perfeito teria sido a mãe a enviar as flores à outra mãe. De mulher para mulher, de mãe para mãe, o sofrimento, o amor de mãe, como nas tatuagens, o sofrimento da mãe na sabedoria de Salomão. Calava bem fundo no coração da mãe, nos corações das mães. Mas a cultura e a religião, a cultura moldada pela religião não permite à mulher protagonismos desta natureza. À mulher, depósito de esperma. À mulher-mãe, máquina de fazer filhos. E isto, mais do que uma falha nesta estratégia, em construção pelo embaixador do Iraque em Portugal na tentativa de minimizar estragos por via de um oficioso extra-judicial, mostra uma falta de respeito pela cultura e tradições do país que o acolheu enquanto representante de um Estado estrangeiro, pelo desprezo de nem se dar ao trabalho de ter tentado minimamente perceber como as coisas funcionam, aqui.


[Imagem de autor desconhecido]

 

 

 

 

O monólogo da Mesopotâmia

por josé simões, em 23.08.16

 

Gémeos Iraque.jpg

 

 

E se a entrevista aos gémeos embaixadores tivesse sido organizada pelo departamento de comunicação da embaixada do Iraque em Lisboa?

 

 

 

 

||| Ainda que mal pergunte

por josé simões, em 18.03.16

 

Alan Thomlinson.png

 

 

Pelas guerras inventadas onde elas não existiam quantos refugiados é que os amaricanos vão receber no seu território?


[Imagem "Syrian children were asked to draw their fears for the future and the results are heartbreaking"]

 

 

 

 

||| E não se fala mais nisso?

por josé simões, em 25.10.15

 

TonyBlairselfie.jpg

 

 

«Blair repeatedly says sorry for his conduct and even refers to claims that the invasion was a war 'crime' – while denying he committed one. Blair is asked bluntly in the CNN interview, to be broadcast today: 'Was the Iraq War a mistake? 'He replies: 'I apologise for the fact that the intelligence we received was wrong. 'I also apologise for some of the mistakes in planning and, certainly, our mistake in our understanding of what would happen once you removed the regime.' Challenged that the Iraq War was 'the principal cause' of the rise of Islamic State, he said: 'I think there are elements of truth in that. 'Of course you can't say those of us who removed Saddam in 2003 bear no responsibility for the situation in 2015.'»


«'I'm sorry': Historic moment Tony Blair FINALLY apologises for Iraq War and admits in TV interview the conflict caused the rise of ISIS»

 

 

 

 

 

 

||| O primeiro dia do resto da tua vida

por josé simões, em 05.08.15

 

TonyBlairselfie.jpg

 

 

«"We went into a war that was catastrophic, that was illegal, that cost us a lot of money, that lost a lot of lives," he added. "The consequences are still played out with migrant deaths in the Mediterranean, refugees all over the region," he said.


Pressed on whether Mr Blair should be charged with war crimes, he said: "If he's committed a war crime, yes. Everyone who's committed a war crime should be.


[Imagem]

 

 

 

 

||| O Mal

por josé simões, em 03.06.15

 

1.jpg

 

2.jpg

 

3.jpg

 

 

«In a sequence of images, some of which are far too brutal to publish, the jihadis are seen with the men on the roof of the building before dropping them to their deaths.


In one chilling shot, a man wearing a blue tracksuit is seen being dangled over the edge of the building by his ankles by a leather-jacketed ISIS jihadi just moments away from letting him fall.


A second shots shows the blindfolded man tumbling through the air in the sitting position with his legs outstretched as he hurtles towards the ground.


The building is approximately 100 feet tall, giving the condemned men several seconds of harrowing free-fall before impacting with the ground.»

 

 

 

 

||| Isso agora também não interessa nada

por josé simões, em 09.03.15

 

mission_accomplished.jpg

 

 

Que o neoliberalismo dos neocons [com dezenas de discípulos e de escudeiros por nomeação do Conselho de Ministros instalados em secretarias de Estado e direcções-gerais a ganhar curriculum para futuros voos] também quer criar um homem novo e o homem novo não pode ter passado ou história que o prenda.


De cada vez que me deparo com notícias como «jihadistas destroem esculturas pré-islâmicas num ataque ao Museu de Mossul em nova "tragédia cultural" no Iraque» ou a destruição de sítios históricos continua no Iraque, «Hatra é a segunda cidade a ser demolida depois de Nimrud» ou «Isis militants have reportedly ransacked Mosul library, burning over a hundred thousand rare manuscripts and documents spanning centuries of human learning» lembro-me sempre destas imagens e destas palavras: "mission accomplished".