Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

Make America Smart Again

por josé simões, em 20.05.19

 

smart.jpg

 

 

If Iran wants to fight, that will be the official end of Iran. Never threaten the United States again!

 

[Imagem]

 

 

 

 

O Califado Omíada

por josé simões, em 01.12.17

 

Rashidun_Caliph_Uthman_ibn_Affan_-_عثمان_بن_عفان_ثالث_الخلفاء_الراشدين.svg.png

O Califado Omíada

 

Mundial 2018: Portugal defronta Espanha, Irão e Marrocos no Grupo B

 

[Imagem]

 

 

 

 

||| O Islão moderado

por josé simões, em 23.02.16

 

irão.jpg

 

 

Agora que o Irão, sem sair do mesmo sítio, é o islão moderado e está de volta ao convívio das nações civilizadas e envia o representante dos ayatollahs em tournée pelo mundo civilizado, aka Europa, com malas cheias de dinheiro barato e poços de petróleo em velocidade de cruzeiro:


«Quem assassinar o autor de Versículos Satânicos recebe uma recompensa suplementar de mais de 500 mil euros oferecida por meios de comunicação social ligados ao regime de Teerão.»


A Terra gira e o Islão gira com ela.


[Imagem de autor desconhecido]

 

 

 

 

 

||| Quem não se dá ao respeito não pode ser respeitado, vox pop

por josé simões, em 26.01.16

 

shadi_ghadirian.jpg

 

 

"As autoridades italianas cobriram várias estátuas de nus nos Museus Capitolinos, em Roma, para evitar possíveis ofensas durante a visita de Hassan Rouhani, presidente do Irão"


[Imagem]

 

 

 

 

||| Da série "Grandes Primeiras Páginas"

por josé simões, em 08.01.16

 

A capa da Internazionale.jpg

 

 

A capa da Internazionale

 

 

 

 

||| Allahu Akbar

por josé simões, em 03.01.16

 

enforcamento irão.jpeg

 

 

A_controversial_meme_posted_on_a_website_thought_t

 

 

Dizem-nos, do país onde as mulheres, por adultério, são condenadas à morte por apedrejamento e os homossexuais enforcados em gruas e guindastes na praça pública, que o verdadeiro Estado Islâmico é a Arábia Saudita, uma monarquia dos idos da selvajeria medieval. Allahu Akbar.


[Enforcamento]

 

 

 

 

 

||| Da série "Grandes Primeiras Páginas"

por josé simões, em 17.07.15

 

the economist.jpg

 

 

A capa do The Economist

 

 

 

 

|| Reformular conceitos

por josé simões, em 15.06.13

 

 

 

Um defende que os homossexuais sejam condenados à morte por enforcamento, o outro defende que os homossexuais sejam condenados á morte por lapidação. Um é moderado e reformista o outro é ultraconservador e fundamentalista.

 

[Imagem "Adelheid" by Krijn Vannoord Wijk]

 

 

 

 

 

 

|| Sinais

por josé simões, em 26.04.13

 

 

 

 

 

 

"Our protest is against misogyny and the humiliation of women but also against parading men in this way and the humiliation of human dignity. Being a woman is not a tool for humiliation or punishment. "

 

 

 

 

 

 

|| Da barbárie

por josé simões, em 30.01.13

 

 

 

Em praça pública. Allahu Akbar!

 

 

 

 

 

 

|| Do ódio

por josé simões, em 30.08.12

 

 

|| "My thoughts, my body, my choice"

por josé simões, em 09.03.12

 

 

|| "E não é preciso ir além de meados do século passado"

por josé simões, em 01.03.12

 

 

 

Deve ler-se: "e não convém ir além de meados do século passado", até Teerão em 28 de Novembro e 1 de Dezembro de 1943, quando Ioseb 'O Pai dos Povos' Džuğashvili, em encontro extra-conferência, propôs a Reza 'Rei dos Reis' Pahlavi o estacionamentos de divisões de tanques T-34, acompanhados dos respectivos oficiais, em território Persa. A Estaline não chegava a Polónia, a Checoslováquia, a Roménia e os estados bálticos numa bandeja, queria mais.

 

Foi diplomaticamente declinado pelo Xá e o resto é História. E estas análises, convenientemente simplistas, da repartição do mundo no pós-guerra criam convenientes hiatos na História.

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

 

|| Send Your N00DZ 2.0: Support Golshifteh Farahani!

por josé simões, em 08.02.12

 

|| De pequenina é que se torce a Barbie

por josé simões, em 19.01.12

 

 

 

O problema é que por baixo das serrapilheiras e dos panos oficiais do regime continua a estar uma mulher. Perfeita. 1,70m de altura, 99cm de busto, 46cm de cintura e 84cm de anca, uma espécie de Gisele Bündchen [1,79m por 92-61-89] de plástico. Os ayatollahas têm uma mente perversa e os estímulos são desnecessários e sobretudo desaconselháveis. E atrás da Barbie vem o Ken. Que não usa barba e é um dandy. Coisa dispensável num país permanentemente em guerra contra a corrupção moral do infiel.