Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

Lucas 23:34

por josé simões, em 30.01.24

 

Salustiano Garcia.jpg

 

 

Las redes critican el cartel de la Semana Santa sevillana: "Es irrespetuoso y blasfemo"

 

Jesus porém dizia: "Pai, perdoa-lhes, que não sabem o que fazem!" Eles dividiram entre si a roupa de Jesus, depois de terem deitado sortes. Lucas 23:34

 

 

 

 

A Ponte do Icebergue

por josé simões, em 13.08.23

 

ICAR.jpg

 

 

O padreco com quem Marcelo fazia panelinha para abafar o nome dos padrecos que abafavam os menores vai ter nome numa ponte. A seguir recebe uma medalha no Dia da Raça. Todos os povos têm as merdas que merecem ter.

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

Abanar o rabo com a língua de fora

por josé simões, em 10.08.23

 

JC.jpg

 

 

Nós, na nossa santa ignorância, pensávamos que a Jornada Mundial da Juventude significava debates, encontros, conferências, simpósios, palestras com direito a interpelações, etc, etc, conclusões, ideias, caminhos a apontar. Afinal o Papa, que às vezes é o Santo Padre e outras Sua Santidade, chega, diz meia dúzia de coisas que alguém com boa formação familiar e humanista ouve em casa desde que nasceu, respeitar o próximo, não discriminar, não olhar de cima, incluir, coise e tal - a angústia de Francisco ao constatar a igreja que herdou para ter de lhe dizer o óbvio, recebe quem muito bem entende receber sem dar cavaco a ninguém nem justificar opções, prontamente interpretados os sinais pelas pitonisas papais, que, pasme-se, são mais que os comentadores de futebol - o Papa quis dizer isto, o Papa quis dizer aquilo [se o quis dizer porque é que não o disse logo preto no branco e deixou a interpretação a cargo de terceiros?], e um grupo de patetas, denominados "jovens", faz barulho para as televisões, excursionistas que na novilíngua equivale a "peregrinos". A ideia de jovem e juventude que a ICAR tem é afinal a mesma desde que Pedro que, ao contrário do Papa ainda não era santo, pisou as ruas de Roma: os velhos falam e os jovens abanam o rabo com a língua de fora e vão encarneirados tomar o "corpo do Senhor". Amém.

 

[Imagem de autor desconhecido]

 

 

 

 

Os camelos somos nós

por josé simões, em 14.07.23

 

Foosball-Madonna-Table-1000px.jpg

 

 

Depois do relambório que foram os milhões do contribuinte despejados em cima do Papa, que não queria que despejassem dinheiro em cima dele, isso era coisa dos mortais, que também não sabiam que o dinheiro que iam despejar era assim tanto, e mais o palco que o Papa também não queria tamanho dum filme do William Wyler, isso era coisa dos mortais, que também não sabiam que o palco era tamanho dum filme do William Wyler, caso contrário nem tinham planeado outro, no Parque,  tamanho do Quo Vadis, onde o Pedro, que ainda não era santo, fez um comício à luz da tocha dentro dum buraco aproveitando a inclinação do terreno.

E assim, à medida que o dinheiro que o Estado laico vai "investir" no picnicão da Igreja católica ia caindo nos telejornais, o ouvido do povo foi-se habituando à melodia, como aquelas músicas que não valem a ponta de um báculo mas que à força de serem passadas na rádio vão vendendo e chegam ao primeiro lugar do top. E depois nem eram tantos milhões assim quanto isso que os gajos são de boas contas com o dinheiro que não é deles e corrigiram prontamente e agora são poucos milhões assim quanto isso, e os palcos já não são tão grandes assim, são um cadinho menos tão grandes assim, e o da beira-rio vai servir para o Moedas trazer o Coachella e o Glastonbury e o caralho para Lisboa, vocês vão ver, ele até foi falar com os comerciantes da zona para manterem o comércio aberto, disse na televisão, não pode dizer que não disse, está gravado, porque os atrasados nem sabiam que podiam ganhar numa semana o que habitualmente ganham em dois meses, agradeçam ao Moedas esta lição de economia e empreendedorismo.

E no meio do barulho das luzes o "morreram todos" fez um telejornal em cima do palco, inaugurou-o, #ChupaFrancisco, e ninguém já repara nem no preço da alcatifa, apesar de assim a coisa estar ao contrário, o tal de sofrer na vida terrena para ganhar o Reino dos Céus, onde não há cardos nem picos, não é preciso a tal da alcatifa que está no palco, agora quero ver a cara do padre com a ladainha do sofrimento depois do chão alcatifado.

Nem ninguém repara nos milhões da câmara de Cascais para paramentos e outras alfaias religiosas, câmara rica, esta, um dia há-de ser feito um reajustamento territorial para excluir o Fim do Mundo e a Quinta das Marianas, só dão mau nome à zona.

Nem ninguém repara na única limpeza a que a câmara de Lisboa meteu mãos à obra desde que o camarada Moedas foi eleito presidente, a dos sem-abrigo da Avenida, ainda assim o senhor Francisco a meio da celebração fosse desatar a cantar "webaba silale maweni, webaba silale maweni, homeless, homeless, moonlight sleeping on a midnight lake, homeless, homeless" do Paul Simon perante o horizonte visual poluído até à Praça do Comércio, aqueles homeless onde o Marcelo vai com as televisões atrás entregar sopa e dizer boa-noite, calado que nem um rato, o Marcelo, beato.

Nem ninguém repara na mudança de nome do Alto do Parque para Colina do Encontro, estou mesmo a ver num futuro próximo, entram num táxi "leve-me à Colina do Encontro" e o taxista a olhar de lado "quem é este pacóvio?" .

 

Como dizia o Mateus em 19:16 "É mais fácil um camelo passar por o buraco duma agulha que um rico". Os camelos somos nós, apesar do dinheiro dos ricos ser nosso.

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

“Tenho umas multazinhas que gostava que fossem apanhadas pela amnistia”

por josé simões, em 05.07.23

 

1 (17).jpg

 

 

O Estado laico vai amnistiar infractores a propósito da visita de um líder religioso. É isto.

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

As coisas como elas são

por josé simões, em 26.05.23

 

20230526_155219.jpg

 

 

 

 

O Verdadeiro Artista

por josé simões, em 23.05.23

 

jesus dress up.jpg

 

 

"Esperemos que Nossa Senhora nos ajude a mudar o país": André Ventura vai a Fátima a pé

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

A evolução das espécies

por josé simões, em 15.05.23

 

3classe_capa.jpg

 

 

Lisbona-francobollo.jpg

 

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

O reino da impunidade no reino dos céus

por josé simões, em 30.03.23

 

Rainer Werner Fassbinder; 1971, Whity.jpg

 

 

Se há um mês eu não tinha dúvidas de que os padres da lista de pedófilos no ativo (que afinal não era) teriam de ser afastados, hoje não tenho a menor dúvida de que quem mandou fazer este relatório sem negociar o mínimo se deveria demitir – isto é, D. José Ornelas e aqueles que não previram a armadilha que nos estava preparada.

 

 

Negociar o quê, com quem, em que moldes? Edgar Clara, 48 anos, pároco de Castelo, Santiago, Socorro e São Cristóvão e São Lourenço, e capelão do Hospital Egas Moniz, não diz. Mas se calhar também não é preciso dizer. A avaliar pelo que foi a punição aplicada pela Igreja Católica aos abusadores, saltitarem levemente de paróquia em paróquia enquanto iam desfrutando dos prazeres do silêncio de novos inocentes. Que este senhor tenha a soberba lata de escrever isto nas páginas de um jornal, que sinta a Igreja armadilhada, diz muito do reino da impunidade no reino dos céus que tem sido décadas da "palavra do Senhor".

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

Choque e Pavor

por josé simões, em 21.03.23

 

x.jpg

 

 

[Clicar na imagem]

 

 

 

 

In a portuguese church...

por josé simões, em 16.03.23

 

IGREJA_JORNAL.jpg

 

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

Parem de gozar com as pessoas

por josé simões, em 08.03.23

 

1.jpg

 

 

Vamos lá ver se nos entendemos, cobiçar a mulher/ marido alheio é pecado, fornicar o marido/ a mulher do outro é pecado, segundo os mandamentos consagrados na Bíblia. Abusar sexualmente de alguém, ou especificamente de menores, é crime. C-R-I-M-E. Parem de gozar com as pessoas.

 

[Imagem de autor desconhecido]

 

 

 

 

O vómito

por josé simões, em 06.03.23

 

Jan van de Velde-welcome library (1).jpg

 

 

"muitos dos casos em apreço” são de “há 50, 60, de há muitos anos”, numa altura em que “a legislação não era nada disto, nem sequer era crime público, nem era um crime contra as pessoas, eram meros atentados ao pudor que eram tratados com boas palavras"

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

Não ter a puta da vergonha na cara é isto

por josé simões, em 05.03.23

 

gesto.jpg

 

 

"O meu passado chama-se Passos", proclamou o homem sem passado quando se alçou ao cadeirão em S. Caetano à Lapa,  o Passos do "baixar os custos do trabalho foi a reforma que ficou por fazer", mas [agora] "nós no PSD queremos tirar o país do empobrecimento", disse Luís Montenegro, sem meter a cara de Danny Kaye, imagem de marca durante anos, alguém na entourage lhe deve ter dito que estar sempre com ar de gozo não caía bem na rua. Pelo meio largou umas baboseiras sobre as culpas do PS no estado lastimoso em que se encontra a ferrovia, mas a gente já nem liga, não nos esquecemos dos fundos comunitários para o alcatrão e dos Manéis Queirós desta vida nomeados para a CP.

 

O cónego Melo, à nora no Largo do Caldas desde que o Ventas roubou as cadeiras do parlamento ao Chicão e anunciou que a seguir vai roubar a rua à esquerda, lol, veio para a manif dos stores, de mãos nos bolsos, com uma a fazer uma figa, com a outra a agarrar um crucifixo, "vai de retro comunismo!", "t' arrenego reviralho!", anunciar que questionou Bruxelas, se lá foi ou se mandou e-mail não disse, sobre contagens de tempo suspenso no tempo em que o CDS rejubilou com a troika e apontou a porta da emigração aos docentes.

 

O bispo do Porto exortou os fiéis a cumprirem uma Quaresma de penitência por causa dos pecados da Igreja. Uma artista este Linda, que é dom Manuel, segundo a televisão pública do Estado laico. Os padres abusaram sexual e psicologicamente dos putos, mentiram à comunidade com a Bíblia na mão e a "palavra do Senhor" na boca, mas quem cumpre a penitência são os pais, os familiares, os amigos dos ditos. Espectáculo. 

 

 

 

 

Manual da Civilidade

por josé simões, em 04.03.23

 

Manual-de-Civilidade.jpg

 

 

               "Memorial no cu dos outros para mim é refresco"