Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

|| Entretanto para lá de Kandahar, perdão, para lá da Ponte do Freixo

por josé simões, em 24.02.11

 

 

 

 

 

|| Zoo bizarro

por josé simões, em 11.05.10

 

 

 

 

Na final da Taça da Liga no estádio do Algarve foi o que se viu, transmitido em directo e a cores por todos os canais de televisão em ecrãs inteiros e com imagens nítidas; no FC Porto – SL Benfica um grande plano mostra um espectador a arremessar um objecto que atinge o treinador do Benfica; em Braga uma casa do SL Benfica é assaltada e vandalizada e as televisões mostram os autores, na praça central da cidade, em alegre confraternização a exibir os “troféus de caça”. São só alguns exemplos (recentes) da selvajaria e barbárie à solta nos estádios de futebol de Norte a Sul do país, sem que nunca ninguém seja identificado, julgado, culpado, referenciado sequer. Um blogue só dedicado ao tema não chegava.

 

Diz o povo que não há respeito, não há Lei, e que a Justiça não funciona, e que se fosse em Inglaterra outro galo cantaria. E o povo sabe muito: o “galo” português não canta em Portugal mas canta em terras de Sua Majestade. Se calhar é porque na ilha os presidentes nos clubes não vão jantar ao Parlamento, e os deputados não faltam ao trabalho para ir ao futebol a Sevilha, nem os ministros se sentam na tribuna presidencial para ver o derby… (Digo eu que não percebo nada destas coisas da Justiça mas percebo alguma coisa de futebol).

 

(Imagem de autor desconhecido)

 

 

 

 

Ver futebol

por josé simões, em 12.04.07

 

Vi pela televisão o Benfica, no Estádio da Luz, ser eliminado da taça UEFA pelos espanhóis, do Espanhol de Barcelona.

Também tive ocasião de reparar que, os adeptos do Espanhol estavam instalados exactamente na mesma bancada, no mesmo local, onde ficaram os adeptos do FC Porto, no último "clássico" de há duas semanas atrás.

Só que a coisa não me pareceu muito "animada". Eram só palmas e castanholas... faltaram os petardos e as cadeiradas...