Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

||| Jantares de negócios

por josé simões, em 08.06.14

 

 

 

«Presidente da antiga SLN [Sociedade Lusa de Negocios, a holding que controlava o BPN, e actualmente presidente da Galilei, SGPS] reeleito grão-mestre do GOL»

 

O senhor António podia ter acrescentado que não há jantares grátis: «pode acontecer é num jantar que antecede ou sucede a uma reunião maçónica».

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

 

|| Da série "Coisas Verdadeiramente Surpreendentes"

por josé simões, em 19.04.12

 

 

|| Isto está tudo minado

por josé simões, em 12.01.12

 

 

 

Antes do jantar e depois do jantar. A entrevista devia podia ter acabado logo ao minuto 02.01:

 

«O que está em causa não é a Maçonaria, o que está em causa são negociatas ou intrigas ou influências feitas, digamos, a coberto da Maçonaria. Não pode ter acontecido essas negociatas numa loja em funcionamento, isso é absolutamente interdito, pode acontecer é num jantar que antecede ou sucede a uma reunião maçónica»

 

Mas continuou por mais 32 penosos minutos, cada um pior que o outro. E a rapariguita até nem se esforçou muito.

 

 

 

 

 

 

|| Qual foi a parte que eu não percebi?!

por josé simões, em 10.01.12

 

 

 

Os que passam a vida a criticar o secretismo da vida interna do PCP são os mesmos que acham natural e democrático a opacidade da maçonaria.

 

No entanto o PCP vai a votos e não ocupa cargos de governação [nem de administração pública e empresarial por nomeação], enquanto a maçonaria, que não vai a votos, divide o Estado de direito entre a família e os amigos. Um pormenor.