Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

|| Um dia no cinema

por josé simões, em 03.11.11

 

 

 

Naquelas películas manhosas da série B, quando o bom é misericordioso e não mata o mau, mesmo mesmo no fim do filme, antes das letras The End e quando a plateia já respira de alívio depois de hora e meia de suspense e mau cinema, o mau levanta-se e mata o bom pelas costas. Acontece sempre.

 

George fica para a História como o misericordioso que teve a hipótese de mudar a história, para melhor, duma Europa Série B e não o fez porque deu as costas.

 

[Imagem]

 

 

 

 

 

 

|| Façam-lhe um desenho, sff

por josé simões, em 02.11.11

 

Para haver comunicação é necessário um emissor e um receptor. Para haver boa comunicação é necessário que o emissor se exprima numa linguagem que o receptor perceba e, não menos importante, que queira aceitar a mensagem. E é aqui que entram variáveis como a consciência e a cultura, no sentido amplo da palavra. Por isso de que é que adianta, a genialidade da comunicação do emissor Papandréou a dar a entender que é necessário, como está agora na moda dizer-se, uma mudança de paradigma na Europa e na União Europeia e a começar desde logo pelo papel do Banco Central Europeu, se o receptor Merkel finge que não percebe, faz-se desentendido e não quer ouvir? Façam-lhe um desenho, sff.

 

"Chegámos a um ponto em que temos de saber o que vai acontecer, queremos aplicar o programa de ajuda à Grécia, mas para nós o que contam são os factos"