Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

A sonsice do PCP

por josé simões, em 17.05.22

 

Moscow, USSR. October 27, 1978. Soviet leader Leonid Brezhnev speaking at a state function to commemorate Communist party’s youth wing 60th anniversary.jpg

 

 

O PCP a tecer considerações sobre política externa de dois Estados democráticos e soberanos, "o alargamento da NATO à Finlândia e à Suécia colocará em causa a tradicional neutralidade destes dois países nórdicos – recorde-se a Conferência sobre Segurança e Cooperação na Europa, realizada em Helsínquia, na Finlândia, entre 1973 e 1975, e os princípios para as relações, segurança e cooperação consagrados na sua Acta Final –, marcando uma drástica viragem na sua política externa que, significativamente, é levada a cabo de forma precipitada e evitando que os povos desses países se possam pronunciar sobre uma decisão com tão inquietantes consequências para os próprios e para todos os outros povos da Europa.", enquanto invoca a Acta Final da Conferência de Helsínquia que consagra o "respeito pela igualdade e individualidade soberana de cada Estado; o respeito por todos os direitos inerentes à sua soberania, incluindo o direito de cada Estado à igualdade jurídica, à integridade territorial e à liberdade e independência política [coisa que a Rússia não reconhece à Ucrânia]; o direito de cada Estado de definir e conduzir como desejar suas relações com outros Estados de acordo com o direito internacional; o direito de pertencer ou não a organizações internacionais, de ser ou não não ser parte de tratados bilaterais ou multilaterais, incluindo o direito de ser ou não ser parte de tratados de aliança [a parte da Acta Final que o PCP não lê, se calhar por estar em inglês], o direito à neutralidade".

 

Democracia é desde que seja contra os 'amaricanos', mesmo nos sítios mais esdrúxulos como a Venezuela, Cuba, China e aquele sítio que não se sabe se é ou não é, a Coreia do Norte; autodeterminação e independência é desde que seja contra o imperialismo 'amaricano', sionista ou outro ista qualquer, tipo no Saara Ocidental ou na Palestina, ou no Afeganistão depois dos soviéticos terem sido derrotados se terem ido embora, todos os outros amocham porque está escrito na Acta que devem amochar. Democracia é quando o PCP decidir que é.

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

Entretanto em Helsínquia...

por josé simões, em 06.11.17

 

helsinquia.jpg

 

 

[Via]

 

 

 

 

O representante de Dijsselbloem em Portugal

por josé simões, em 22.03.17

 

 

 

O PSD não só repudia as declarações de Dijsselbloem como o PSD considera-as indignas, impróprias e inaceitáveis, venham as graçolas, de mau gosto e que não se coadunam com a dignidade de cargos e instituições, de um socialista ou do próprio líder do PSD - Pedro Passos Coelho, quando apregoava a punição austeritária para disciplinar anos a fio de putas, vinho verde e almoçaradas em restaurantes, o viver acima das nossas possibildades e a expensas dos países do Norte da Europa.

 

[Mais]

 

 

 

 

 

||| Pimenta no cu dos outros para nós é refresco

por josé simões, em 24.08.15

 

finland flag.jpg

 

 

«[...] os finlandeses estão a rejeitar o medicamento que, nos últimos anos, defenderam para o Sul da Europa»


[Imagem de autor desconhecido]

 

 

 

 

|| Os herdeiros de António Ferro

por josé simões, em 07.05.11

 

 

 

 

 

Talvez não fosse mal pensado, de mansinho para não fazer ondas, retirar de circulação o mal engerocado vídeo, com direito a destaque na homepage do “jornalismo arejado” e tudo, de modo a não cairmos no ridículo aos olhos dos finlandeses e do resto do mundo.

 

«Não sei o que é mais preocupante, se a quantidade de pessoas que acreditam nestes mitos - semelhantes aos que polulavam nos livros de história do Estado Novo - se o facto de ser assinado por um organismo público, a Câmara de Cascais.»

 

(Imagem)

 

 

 

 

 

 

 

|| A causa das coisas

por josé simões, em 18.04.11

 

 

 

 

 

A Esquerda, sempre muito lesta a encontrar a “causa das coisas”, que é como quem diz a justificação antes da justificação antes da justificação antes da justificação para todos os males de que o mundo padece, no caso dos “Verdadeiros Finlandeses”, só está preocupada com o fascismo que vem aí outra vez, assim do nada, de geração espontânea. A não ser que os finlandeses sejam todos fascistas ou, pior ainda, que sejam todos burros…

 

(Imagem “Bavaria.1937”, autor desconhecido)

 

 

 

 

 

 

 

|| A gente aqui preocupa-se, e stressa muito, com coisas de importância relativa, não é?

por josé simões, em 18.04.11

 

 

 

 

 

Quando neste momento os finlandeses [e os amigos alemães] deviam estar todos muito preocupados com a possibilidade de nós não pagarmos [nós e os irlandeses e os gregos], parece que a preocupação é por um resultado histórico da extrema-direita na Finlândia que «põe em causa empréstimo a Portugal».

 

Não fosse "arco governamental" todo ele enfeitado por rapariguinhas e rapazinhos todos muito respeitadores e imbuídos de sentido de responsabilidade. Dava um belo arco nas marchas dos Santos Populares, o "arco governamental".

 

(Imagem)

 

 

 

 

 

 

 

|| Glup

por josé simões, em 15.04.11

 

 

 

 

 

|| Conversa "de bola"

por josé simões, em 14.04.11

 

 

 

 

 

O presidente do Vitória de Setúbal também está preocupado porque o seu clube não fez o trabalho de casa o Benfica não ganha jogos para evitar a descida de divisão do clube a que mal preside.

 

 “Se não houver esse espírito de solidariedade é próprio projecto europeu que tem a perder.

 

(Na imagem "Maradona contra todos", autor desconhecido)

 

 

 

 

 

 

 

 

|| Da série “Grandes Títulos”

por josé simões, em 21.09.10

 

 

 

«Polícia finlandesa procura vigarista muito parecido com Durão Barroso»