Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

As coisas como não as vemos

por josé simões, em 25.06.21

 

 

 

Bolsonaro acena para uma multidão, só que a câmara roda antes do previsto e...

 

[Via]

 

 

 

 

Sign O' The Times, XCVI

por josé simões, em 04.11.20

 

x.jpg

 

 

An attendee at a Trump rally in Rome, Georgia, wears a "fake news" T-shirt.

 

Sign O' The Times, Capítulo XCV

 

 

 

 

Como funcionam as fake news

por josé simões, em 22.08.20

 

Sem Título.jpg

 

 

"1. Um vídeo foi removido do Facebook e do Instagram por violar direitos de autor.

2. Alguém diz a um site que foi removido por denúncias de racismo

3. Dirigentes do CDS e outros partidos dizem que o “politicamente correto” está a ficar insuportável e apelam à partilha do vídeo.

4. Muitas pessoas partilham o vídeo indignadas e acreditando que o “anti-racismo” censurou o vídeo.

5. São assim os nossos dias... tantas indignações de internet e, ao mesmo tempo, tantos problemas reais para resolver.

6. Mesmo depois de saberem que é mentira as pessoas vão manter os seus posts porque a história fundamenta as suas crenças e isso é o mais importante.

 

Aqui o desmentido dos próprios autores"

 

Pedro Morgado no Twitter, via Pedro Sales.

 

 

 

 

Report: Disinformation during Portugal’s 2019 Elections

por josé simões, em 26.11.19

 

On Monday, March 3, Alamo Drafthouse Kalamazoo takes you back to the the early 1950s, when 3D movies were still a hot novelty.jpg

 

 

During this period, two Facebook pages – Direita Política and Mário Gonçalves – stood out as the most influential in spreading disinformative content. Among the public Facebook groups monitored, the group Grupo de Apoio ao Juiz Carlos Alexandre was by far the most influential.

 

[Imagem]

 

 

 

 

Uma delegação da Breitbart News na Rua de S. Caetano à Lapa

por josé simões, em 26.02.19

 

Breitbart-logo.jpg

 

 

Ideólogo de Pedro Passos Coelho no Governo da troika do viver acima das possibilidades, da austeridade regeneradora e purificadora, da teoria económica que só funciona em ditadura ou com governos autoritários:

 

O deputado do PSD Miguel Morgado, desvalorizou hoje o problema das ‘fake news’ e do populismo nas eleições europeias, considerando que se trata de “tretas” da “propaganda oficial de Bruxelas” para impedir de discutir o que é necessário.

 

[Imagem]

 

 

 

 

Rewind/ Fast Forward

por josé simões, em 01.02.19

 

 

 

Publicidade do Folha de S. Paulo em 1987.

 

[Via]

 

 

 

 

Next level

por josé simões, em 05.11.18

 

Ben Stainton.jpg

 

 

Antes eram perfis falsos com contas criadas para o efeito numa rede qualquer, agora são fake news com a chancela da carteira de jornalista em televisões ditas de referência.

Muito bem a televisão do militante n.º 1 com a sua conta no Twitter a fabricar fake news [em print screen para memória futura] num título que nada tem nada a ver, antes pelo contrário, com o que o primeiro-ministro diz. CLAP! CLAP! CLAP!

 

[Imagem]

 

 

 

 

Fake news à portuguesa

por josé simões, em 29.10.18

 

naperon (2).jpg

 

 

A televisão do militante n.º 1 teve acesso a documentos onde o director da Polícia Judiciária Militar, agora detido por envolvimento na matrafisga de Tancos, pede ao ministro da Defesa que os geninhos [na gíria nome pelo qual são conhecidos os GNR's] algarvios sejam distinguidos pelos elevados serviços prestados à Pátria no deslindamento do gamanço. O pedido chega ao chefe de gabinete de Azeredo Lopes, ministro da Defesa, que concorda e remete para o seu colega ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, que "assina" por baixo. Entretanto a Judite civil dá conta da tramóia e as assinaturas laudatórias ficam sem efeito. E, perguntamos todos, onde é que está a notícia? Está em que o ministro não só sabia de tudo como foi conivente e ainda teve o topete de louvar os meliantes, quiçá, a televisão do militante n.o 1 não conseguiu descobrir, com a cumplicidade do ministro da Administração Interna.

 

E isto é só o começo. Daqui até ás eleições de 2019 vai haver mais e mais sofisticado. Muito mais.

 

[Imagem de autor desconhecido]

 

 

 

 

A direita radical cúmplice

por josé simões, em 21.10.18

 

1 (28).jpg

 

2 (27).jpg

 

 

O jornalista Paulo Pena seguiu o rasto à alegada notícia do relógio de 21 milhões de euros de Catarina Martins e chegou ao Canadá e a um ror de sites portugueses – Direita Política, Voz da Razão, Não Queremos um Governo de Esquerda em Portugal, Vídeo Divertido e Aceleras – que publicam e republicam este tipo de imagens ou textos, todos registados num mesmo IP, todos propriedade da Forsaken, uma firma de informática de Santo Tirso com um só dono, João Pedro Rosas Fernandes, e logo Francisco Almeida Leite, alguém que nos últimos 10 anos ganhou a vida a trabalhar para Pedro Passos Coelho e para o PSD, para o PSD embrião das fake news, dos blogues, contas a eito no Facebook e no Twitter e da manipulação dos fóruns das rádios e televisões, veio de dedo em riste no Twitter apontar ligações do jornalista ao Bloco de Esquerda como que a desvalorizar e menorizar o valor da investigação. É a direita radical PSD/ CDS cúmplice das fake news e dos novos fascismos.

 

 

 

 

O inimigo do povo

por josé simões, em 19.01.18

 

 

 

[Daqui]