Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

A "100 à hora"

por josé simões, em 04.02.08

 

Isto está tudo ligado.
O(s) princípio(s) base são os mesmos.
 
Licenciaturas tiradas a “100 à hora” em universidades manhosas.
Projectos de construção de edifícios assinados a “100 à hora” em Câmaras empregadoras dos boys do partido que elegeu a administração.
Construções manhosas a “100 à hora” sem um mínimo de qualidade, bom senso e respeito pela cultura e tradição das regiões.
 
Ontem ou anteontem (já não me recordo), vi numa televisão que 10 jogadores do Tirsense tinham voltado à escola para concluir os estudos à sombra do Novas Oportunidades. Um dos entrevistados ia terminar o 12.º ano. As aulas começam na próxima quinta-feira; disse.
 
O que é que eu digo à minha filha (o que é que os restantes pais dizem aos seus filhos?); como é que lhe posso exigir que se esfalfe a estudar, que seja boa aluna, que seja profissional naquilo que faz (dentro e fora da escola); ela que está no 11.º ano e começou as aulas em Setembro?
 
É tudo demasiado fácil. Faz-se passar a ideia que o esforço não é necessário nem compensa. Depois queixem-se.
 
(Foto de John Connel)