Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

In Memoriam

por josé simões, em 21.05.19

 

Niki Lauda.jpg

 

 

Niki Lauda

 

1949 - 2019

 

 

 

 

||| In Memoriam

por josé simões, em 19.05.14

 

 

 

Jack Brabham

 

1926 – 2014

 

 

 

 

 

 

|| Vroooar Bahrain

por josé simões, em 22.04.12

 

 

|| Entretanto no Bahrein

por josé simões, em 22.04.12

 

 

 

Os protestos e a revolta pela democracia, liberdade de expressão e direitos humanos, versus a apropriação e manipulação pela rua do logótipo do "circo" da Fórmula 1 [coisa interdita até ao seu criador por um período de 20 anos], uma marca com imagem de marca, e, em princípio, imune e num plano superior a estas disputas.

 

Uma "campanha" de mestre, ao nível das melhores agências de publicidade e marketing, e que aponta certeira ao coração do higienismo moral ocidental, inventado para esconder a cumplicidade com os regimes ditatoriais e com os atropelos aos direitos humanos por um punhado de euros dólares. Pirataria em estado puro. Nem a Naomi Klein tal coisa ocorreria.

 

«Brief thought on Bahrain»

 

[Via]

 

 

 

 

 

 

|| Prioridade e preocupações

por josé simões, em 18.02.11

 

 

 

 

 

O problema não é (nunca foi) a falta de liberdade e de democracia e o desrespeito pelos direitos humanos, o problema são os sponsors e os milhões das marcas e das televisões. Não se aprende nada, nada de novo.

 

 

 

 

 

 

 

|| Hitler Is Not Dead

por josé simões, em 07.07.09

 

 

 

«During the 1930s Germany was facing an economic crisis but Hitler was able to rebuild the economy, building the autobahns and German industry.»

 

Se nos conseguirmos esquecer que antes de ser Chanceler e posteriormente Fuhrer Hitler escreveu o Mein Kampf onde definiu os seus objectivos para a Alemanha e delineou as teses anti-semitas e as bases daquilo que ficaria conhecido com A Solução Final e o Holocausto; se nos conseguirmos esquecer das espoliações e expropriações e do trabalho escravo que desenvolveu e impulsionou a Economia e a máquina de guerra alemã em busca do chamado Espaço Vital; se nos conseguirmos esquecer dos cerca de 70 milhões de mortos da II Guerra Mundial causada pela Alemanha de Hitler; se nos conseguirmos esquecer de que sensivelmente na mesma época e com melhores resultados Franklin Delano Roosevelt aplicava o New Deal nos Estados Unidos.

 

O problema é esse: se nos conseguirmos esquecer…

O homem (?) é uma besta!

 

|| Um verdadeiro idiota

por josé simões, em 29.04.09

 

Diz que vai à vidinha quando se der conta que já não está à altura da situação. O que, confessa, fez com as raparigas mais jovens quando viu que já não tinha pedalada, ou, como é de Fórmula 1 que tratamos, quando percebeu que era cavalagem a mais para a carroçaria.

 

«En sus ojos de 78 años se refleja el símbolo del dólar y las audiencias televisivas, con la mente siempre puesta en multiplicar ambos objetivos.», e, permito-me acrescentar, vazio de ideias e oco que nem uma cabaça seca no sol alentejano.

 

Tudo se resume a forma(s) e fashion. Adereços penduricalhos. Tudo é circo no circo das corridas de automóveis, assim hajam palhaços pobres (de espírito) dispostos a engordar o palhaço rico. Na engenharia da multiplicação dos pães, nem «que sea aquí, en el desierto o en el Polo Norte».

 

'Sería ideal que en la Fórmula 1 tuviéramos una mujer negra y judía'. E se comunista e lésbica tanto melhor; digo eu.

 

(Imagem fanada na Time Magazine)