Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

Resist

por josé simões, em 26.05.21

 

Joan Mateu Parra.jpg

 

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

E no meio o que é que fica?

por josé simões, em 19.05.21

 

Al Jazeera English.jpg

 

 

O islamofascismo do Hamas precisa de Netanyahu assim como o fascista Netanyahu precisa do Hamas.

 

Maomé VI, Marrocos, precisa de Espanha, da União Europeia, assim como Pedro Sánchez, a Espanha, a União Europeia precisam de Marrocos.

 

E no meio, o que é que fica?

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

Waiting for the sun *

por josé simões, em 18.05.21

 

1.jpg

 

 

2.jpg

 

 

3.jpg

 

 

4.jpg

 

 

5.jpg

 

 

6.jpg

 

 

7.jpg

 

 

Só quem já fez a travessia de barco Ceuta - Algeciras a circular livremente na fila de embarque reservada a cidadãos da União Europeia enquanto vai observando na fila ao lado os marroquinos que são tratados abaixo de cão pela Guardia Civil, encostados à parede, cassetete no pescoço, papéis observados à lupa, inquéritos minuciosos, implicações aleatórias só porque não se gosta da cara, é que percebe.

 

Só quem já fez de carro Perpignan - Málaga no primeiro dia de Agosto a ultrapassar uma caravana ininterrupta de milhares de carros comprados em 4.ª ou 5.ª mão aos franceses pelos marroquinos em migração de férias, com as viaturas apinhadas de família, mais os móveis e electrodomésticos que se levam para a terra em todo o espaço livre e numa construção em altura a desafiar a lei da gravidade, encimada pelo pneu sobresselente porque até esse espaço é necessário para armazenar os brindes do sucesso do seu trabalho em França que se levam aos parentes, é que percebe.

 

Só quem já viu as dezenas, arrisco centenas, da migração no primeiro dia de férias dos 40 e poucos graus de Agosto, parados na beira duma estrada espanhola porque o motor dos carros comprados no limite do abate deu o berro, à espera da assistência em viagem que nunca vai chegar porque é um marroquino ou porque o seguro não cobre e mesmo que cubra nunca vai aparecer porque é um marroquino, é que percebe.

 

Só quem já esteve numa área de serviço da Sierra Nevada numa fila com mais de 50 marroquinos à frente para pagar combustível e, sem dizer nada nem reclamar, vê o espanhol abrir uma caixa registadora, fazer sinal, passar à frente de toda a gente, pagar e a caixa fechar logo de seguida porque é uma caixa especial para europeus, inventou ele naquele momento condoído pela minha espera, é que percebe.

 

É a diferença entre ser português do sul e marroquino, na hierarquia de entre ser europeu do sul e europeu do norte da Europa, e por muita piada que tenham as piadas do regionalismo-futeboleiro.

 

Nem é preciso ir a Marrocos para perceber,

 

[Link nas imagens]

 

* Título do post

 

 

 

 

Sign O' The Times, CLIX

por josé simões, em 15.04.21

 

1 Nacho Doce.jpg

 

 

2 Nacho Doce.jpg

 

 

3 Nacho Doce.jpg

 

 

4 Nacho Doce.jpg

 

 

5 Nacho Doce.jpg

 

 

Teachers teach classes to a students of the Felix Rodriguez de la Fuente school, as part of a project known as 'Aire Limpio' (Fresh Air) at the Playa de los Nietos (The Grandchildren's Beach), which aims to use better air quality for children during the coronavirus disease (COVID-19) pandemic, near Cartagena.

 

[Link nas imagens]

 

Sign O' The Times, Capítulo CLVIII

 

 

 

 

“Uma terra que emana leite e mel”, Êxodo, 3:8, Capítulo II

por josé simões, em 25.03.21

 

1 Joan Mateu Parra.jpg

 

 

2 Joan Mateu Parra.jpg

 

 

3 Joan Mateu Parra.jpg

 

 

4 Joan Mateu Parra.jpg

 

 

5 Joan Mateu Parra.jpg

 

 

6 Joan Mateu Parra.jpg

 

 

7 Joan Mateu Parra.jpg

 

 

Migrant arrivals to Spain's Canary Islands from Morocco and West Africa have risen sharply, and the government has tried to stop many of those it sees as economic migrants from continuing to the mainland while allowing in asylum seekers and the most vulnerable.

 

[Link nas imagens]

 

“Uma terra que emana leite e mel”, Êxodo, 3:8, Capítulo I

 

 

 

 

(You Gotta) Fight for Your Right (To Party!)

por josé simões, em 22.02.21

 

1.jpg

 

 

2.jpg

 

 

3.jpg

 

 

4.jpg

 

 

5.jpg

 

 

6.jpg

 

 

7.jpg

 

 

8.jpg

 

 

9.jpg

 

 

10.jpg

 

 

11.jpg

 

 

12.jpg

 

 

13.jpg

 

 

14.jpg

 

 

15.jpg

 

 

Spanish people take to streets over rapper's jailing

 

[Link nas imagens]

 

 

 

 

É mesmo aqui ao lado

por josé simões, em 19.02.21

 

graffiti on King Juan Carlos in support of Pablo H

 

 

Pablo Hasél, rapper catalão, detido para cumprir pena de nove meses de prisão, mais dois anos e três meses se não pagar as multas a que foi condenado por insultos à coroa, às instituições do Estado e apologia do terrorismo, sendo que o tribunal de recurso reconheceu que os crimes por que foi condenado não constituíam qualquer risco para a ordem pública nem incitavam à prática de quaisquer crimes, na figura do rap que compôs e gravou com Juan Carlos, rei emérito de Espanha, como objecto de crítica, e que goza uma merecida reforma dourada nos Emirados Árabes Unidos, paga com o dinheiro dos escândalos de corrupção em que está envolvido.

 

É mesmo aqui ao lado. A democracia e a liberdade de expressão nunca são um dado adquirido e o Estado de direito é sempre mais direito para um lado.

 

[Imagem com link]

 

 

 

 

(You Gotta) Fight for Your Right (To Party!)

por josé simões, em 18.02.21

 

1.jpg

 

 

2.jpg

 

 

3.jpg

 

 

4.jpg

 

 

5.jpg

 

 

6.jpg

 

 

1.jpg

 

 

2.jpg

 

 

3.jpg

 

 

               Catalunha, Feveiro de 2021, Joan Mateu Parra & Emilio Morenatti no Instagram [links nas imagens].

 

 

 

 

Sign O' The Times, LXXV

por josé simões, em 21.09.20

 

SpanishRevolution.jpg

 

 

     [Spanish Revolution]

 

Sign O' The Times, Capítulo LXXIV

 

 

 

 

Punk's Not Dead, a minha cena com a Amália

por josé simões, em 23.07.20

 

sid vicious.jpg

 

 

A minha cena com a Amália Rodrigues passa-se em Málaga em 1980, na ressaca do punk. Remain in Ligth - Talking Heads, Boy - U2, Sandinista - The Clash, B-52s, The Feelies, Devo, Dexys Midnigth Runners, blah-blah-blah, botas da tropa, blusão de cabedal e cabelo à Sid Vicious. Depois de uma noite dura, com uma passagem pelo mítico Pipers em Torremolinos, às sete da manhã numa rua do El Palo, chovia que Deus a dava e de uma janela saía em alto som para a rua toda o Barco Negro. "São loucas! São loucas!". E eu, todo encharcado até aos ossos, no meio da rua, parado de boca aberta a olhar para cima. Ainda hoje fico com "pele de galinha".

 

 

 

 

E por cá?

por josé simões, em 03.04.20

 

1 (38).jpg

 

 

2 (33).jpg

 

 

3 (27).jpg

 

 

4 (20).jpg

 

 

5 (18).jpg

 

 

 

 

Eram assim hoje as primeiras páginas de alguns jornais espanhóis

por josé simões, em 15.03.20

 

1 (21).jpg

 

 

2 (17).jpg

 

 

3 (15).jpg

 

 

 

 

Notícias do Conde Andeiro

por josé simões, em 04.01.20

 

chega.jpg

 

 

vox.jpg

 

 

O Ventas do chaga congratula o Vox pelo resultado eleitoral, com a bandeira espanhola em primeiro plano e por cima da portuguesa, o Vox retribui a deferência e convoca uma manif com um mapa da península onde é tudo Espanha.

 

[A morte do Conde Andeiro]

 

 

 

 

O Capítulo 1, Art. 1 da Carta da ONU

por josé simões, em 18.10.19

 

Sem Título (14).jpg

 

 

Não sei se Salazar alguma vez invocou a Constituição como argumento para negar a independência às colónias.

 

[Imagem]

 

 

 

 

A direita radical no seu melhor

por josé simões, em 27.06.19

 

Sem Título (8).jpg

 

Deputada ao Parlamento num país que está 11 pontos abaixo de Portugal no Índice de Percepção da Corrupção pergunta a Marcelo Rebelo de Sousa "¿Qué hará para que el Gobierno socialista se tome en serio la lucha contra la corrupción?"

 

[Gráfico na imagem]