Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

Da série "Grandes Primeiras Páginas"

por josé simões, em 06.02.19

 

a bola.jpg

 

 

Uma primeira página de A Bola assinada por Stan Lee?

 

 

 

 

|| "Meus amigos, isto não é ballet, é futebol!"

por josé simões, em 21.04.13

 

 

 

«Uma final a menos»

 

 

 

 

 

|| Mind games ou as aventuras de um belga no sul da Europa

por josé simões, em 07.12.12

 

 

 

Franky Vercauteren, que não percebe nada de mind games manhosos, típicos dos latinos do sul da Europa, veio dizer que uma equipa profissional tem de estar preparada para jogar dois jogos em três dias e que o problema era mental, «estávamos focados para jogar esta noite, vamos ter de nos focar amanhã outra vez e na segunda-feira outra vez».

 

Só que, e para superar o tal do "problema mental" está cá [lá] a direcção do Sporting. Lança para cima da mesa a bisca do adiamento do jogo com o eterno rival - que sabe ser impossível à luz dos regulamentos, como última esperança para acirrar o ânimo a uma equipa psicologicamente destroçada ao mesmo tempo que aquece os ânimos aos trogloditas, vulgo claques,  e, se pegar, se o Sporting ganhar, ganhou contra tudo e contra todos e ainda contra o tempo horário e o tempo meteorológico e, mais importante que tudo, ganhou contra o SL Benfica. Se perder, perdeu contra tudo o que pode ser invocado em caso de vitória, em futebolês corrente, foi roubado na secretaria.

 

Como diria o Jaime Pacheco, é uma faca de dois legumes. Tens muito que aprender, oh Franky.

 

 

 

 

 

 

|| 25 anos depois a irresponsabilidade dos dirigentes desportivos

por josé simões, em 27.11.11

 

 

 

No dia 17 de Setembro de 1986, e por peripécias que não cabem agora aqui, vi um Fiorentina – Boavista, na primeira mão da primeira eliminatória da então Taça UEFA, no meio da claque do Boavista e dentro de uma 'caixa de protecção', sem que ninguém do Boavista, ou da UEFA, se tivesse insurgido ou levantado sequer a questão do enjaulamento ou de mais história e menos pré-história. 25 anos depois a caixa chega a Portugal, com os dirigentes do clube Sporting CP a acirrarem os ânimos das tropas de choque que respondem pelo nome de claques, e com resultados que só não foram mais graves porque Deus não quis, como sói dizer-se.

 

 

 

 

 

 

 

|| Lovelace

por josé simões, em 19.09.10

 

 

 

Um jogo de futebol disputado em alta rotação consegue ter o árbitro como vedeta principal.O síndroma Linda Lovelace: sempre de apito na boca. Apitar por nada e por nada e por mais nada, a quebrar o ritmo de jogo. Um conselho, se me é permitido, ao sôr Xistra: vá ver uns jogos do campeonato inglês.

 

 

 

 

Derbys

por josé simões, em 27.04.07

 Ontem ouvi Jesualdo Ferreira dizer, sem se rir (!), que até parece que este fim-de-semana não vai haver mais nenhum derby além do Benfica – Sporting, numa aparente indignação pelo facto de a comunicação social em geral estar a ignorar o Boavista – Porto do próximo sábado.

Jesualdo Ferreira que não me interprete mal, mas isso é o mesmo que comparar “o cu das calças com a feira de Castro”.

Esta, para matar já à nascença todas e quaisquer segundas interpretações vai assinada: Sócio – com as quotas em dia – nº 4402 do Vitória Futebol Clube de Setúbal.

 

Também ouvi o jogador do Sporting, Caneira, em conferência de imprensa dizer a propósito do derby da capital que só lhe passa pela cabeça ganhar o “derby nacional” (?!). Mas isso são contas de outro rosário.