Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

"Sigamos o Cherne"

por josé simões, em 23.05.19

 

Present & Correct.jpg

 

 

Se ao menos fizessem como o Governo do Partido Socialista de António Costa que aprovou a prospecção de petróleo na Costa Vicentina e no Algarce como medida de combate às alterações climáticas.

 

António Costa acusou hoje PSD e CDS-PP de nada fazerem para combaterem as alterações climáticas, afirmando que votaram contra a redução do preço dos passes sociais e que o anterior Governo desinvestiu no transporte público.

 

                    "Sigamos o cherne, minha amiga!
                    Desçamos ao fundo do desejo
                    Atrás de muito mais que a fantasia
                    E aceitemos, até, do cherne um beijo,
                    Senão já com amor, com alegria…
                    Em cada um de nós circula o cherne,
                    Quase sempre mentido e olvidado.
                    Em água silenciosa de passado
                    Circula o cherne: traído
                    Peixe recalcado…

 

                    Sigamos, pois, o cherne, antes que venha,
                    Já morto, boiar ao lume de água,
                    Nos olhos rasos de água,
                    Quando mentido o cherne a vida inteira,
                    Não somos mais que solidão e mágoa…"

 

[Imagem]

 

 

 

 

|| Nas entrelinhas

por josé simões, em 06.08.13

 

 

 

António Pires de Lima, o ministro da Economia do CDS-PP, o CDS-PP do abate de milhares de sobreiros [espécie protegida] na herdade da Vargem Fresca, empreendimento do Grupo Espírito Santo, escolhe como destino para o primeiro acto enquanto ministro – por «um olhar mais atento ao ordenamento do território», a Costa Vicentina, a costa do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, a única parcela do território nacional que ainda não foi alvo de saque e destruição massiva, vulgo "algarvização", a costa onde o Banco Espírito Santo, do "caso Portucale", o Banco Espírito Santo que se propunha pagar o ordenado ao líder do CDS-PP, já tem empreendimentos consolidados em terrenos retirados à Rede Natura ou à Reserva Ecológica Nacional, e outros "investimentos" em vias de.

 

Depois não digam que não foram avisados.

 

[Na imagem Max Schreck em Nosferatu de F. W. Murnau]

 

 

 

 

 

 

|| Defender a(s) Costa(s)

por josé simões, em 28.10.09

 

 

 

Lembrei-me logo dos PIN e do litoral a saque desde a Caparica até ao Cabo de Sagres e dum personagem que pensava ser ministro do Ambiente.

 

Quando lá chegares manda saudades que é coisa que cá não deixas”.

 

(Imagem fanada ao Chicago Tribune)