Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

No Future

por josé simões, em 24.01.22

 

Stephanie Lecocq.jpg

 

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

Figaro qua, Figaro la *

por josé simões, em 20.01.22

 

Piroschka van de Wouw - Reuters.jpg

 

 

A customer gets a haircut in a concert hall as museums and concert halls protest against government rules allowing gyms and hairdressers to re-open while they have to stay shut due to coronavirus restrictions, in Amsterdam, Netherlands. Reuters/ Piroschka van de Wouw

 

[Link na imagem]

 

*

 

 

 

 

Tanto barulho para nada

por josé simões, em 19.01.22

 

Constituição.jpg

 

Artigo 49.º

Direito de sufrágio

1. Têm direito de sufrágio todos os cidadãos maiores de dezoito anos, ressalvadas as incapacidades previstas na lei geral.

2. O exercício do direito de sufrágio é pessoal e constitui um dever cívico.

 

"A ministra da Administração Interna, Francisca Van Dunem, anunciou que os eleitores em confinamento obrigatório vão poder sair de casa no dia 30 "estritamente para votar"."

 

Já com o parecer favorável do conselho consultivo da Procuradoria-Geral da República (PGR), a ministra da Administração Interna esclareceu que será possível às pessoas em isolamento profilático o exercício do direito de voto.

 

Tanto barulho para nada.

 

 

 

 

"I can see you in the morning when you go to school" *

por josé simões, em 11.01.22

 

Katumba Badru1 - AFP Photo.jpg

 

               * Título do post

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

A gente diverte-se muito

por josé simões, em 10.12.21

 

BobDob.jpg

 

 

Continuem a alimentar uma discussão feita à medida de chapulas, negacionistas, e anti-vaxxers, prontamente surfada por Ilusionistas Liberais, pelo oportunista do Chaga, albergue de fascistas, e pela direita populista, sobre uma questão que não existe nem se coloca: a vacinação das crianças, como se fosse obrigatória, como se fosse obrigatória qualquer que seja a faixa etária da população que, com os mais de 87% de vacinados, deu uma resposta que nos devia encher a todos de orgulho. Continuem com a conversa da treta que a gente diverte-se muito.

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

Vaccine the World

por josé simões, em 09.12.21

 

geldof-etiopia.jpeg

 

 

Se a "indignação" que por aí vai com a não divulgação do parecer da Direcção Geral de Saúde para a vacinação das crianças dos 5 aos 11 anos, como acontece com todos os pareceres para todas as vacinas, e prontamente cavalgada pela horda de chalupas, negacionistas, extrema-direita e liberais, fosse tão grande para com a falta de vacinas e vacinação em África, e no chamado 3.º mundo, já tinha aparecido um qualquer Geldof a arregimentar tropas para uma acção global Vaccine the World.

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

Como as coisas são feitas

por josé simões, em 02.12.21

 

naperon.jpg

 

 

Do "caos no atendimento" e das "intermináveis horas de espera" para receber a vacina, nos idos de Fernando Medina, para "longas filas" e "algum constrangimento", agora, no tempo de Carlos Moedas. Agora que está a chegar a época se calhar recuperávamos a cantiga do spot "Para o Natal, o meu presente, eu quero que seja, A Minha Agenda, A Minha Agenda...".

 

[Imagem de autor desconhecido]

 

 

 

 

Sempre a descer

por josé simões, em 29.11.21

 

evidence_.jpg

 

 

No início da pandemia, e durante os confinamentos, volta e meia aparecia alguém "imaginem que isto acontecia durante o governo de Passos/ Portas...", depois Carlos Moedas é eleito presidente da câmara municipal e Lisboa e uma das primeiras medidas que toma é encerrar centros de vacinação para centralizar todo o processo, obrigando uma faixa da população, carenciada e sem meios de mobilidade, a deslocar-se para uma ponta da cidade, mal servida por transportes públicos, e a mega concentrações em filas de espera, após dois dias de suspensão da vacinação num período de corrida contra o tempo; tirar da cartola uma forma de transferir dinheiro do município para negócios privados, através do pagamento das deslocações em táxi. Agora já não é preciso imaginar o que seria o governo Passos/ Portas em situação de pandemia, têm o moço de fretes da troika a todo o gás à frente da maior câmara do país.

 

[Imagem de autor desconhecido]

 

 

 

 

Os inimputáveis

por josé simões, em 29.11.21

 

cirk_orgy_Joko Collages.gif

 

 

2 - dois - 2 anos depois do início da pandemia SARS-CoV-2 [Covid-19] a Liga Portugal vai pedir "esclarecimentos claros sobre o protocolo de contingência sanitária em vigor nas competições profissionais de futebol". Podia ser mais uma das habituais palhaçadas, imagem de marca do Tugão, também conhecido por Liga Portugal Bwin, não fosse estarmos assolados por uma pandemia à escala planetária, com os habituais inimputáveis no momento errado no lugar errado, sem respeito pela saúde pública, em geral,,pelos profissionais, em particular, por uma indústria geradora de milhões, sem coluna vertebral para se demitirem e com a cumplicidade do poder político que se enfeita de futebol quando há necessidades.

 

[Imagem "Cirk Orgy" by Joko Collages]

 

 

 

 

#VaiFicarTudoBem

por josé simões, em 26.11.21

 

share-people-fully-vaccinated-covid.png

 

 

Um negacionista, não vacinado, hospedeiro da nova variante com origem num continente onde a vacinação é praticamente inexistente. Como é que era mesmo aquela hastag que apareceu no início da pandemia? #VaiFicarTudoBem

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

O Supremo Irresponsável da Nação

por josé simões, em 18.11.21

 

Dana Wyse.jpg

 

 

Com os bares, discotecas, cinemas e teatros cheios, a grande maioria sem pedir o certificado de vacinação, ou qualquer tipo de teste na porta, Marcelo resolve dar uma mãozinha aos chalupas anti-vax, lançar a confusão nos outros, e aparece a falar em uso obrigatório de máscara na rua, no país dos 86% de vacinados, exemplo para a Europa e para o Mundo. O Supremo Irresponsável da Nação em todo o seu esplendor, de boca aberta a perorar sobre tudo sempre que lhe aprece um pé de microfone.

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

Acção Directa

por josé simões, em 17.09.21

 

acçao directa.png

 

 

Se como diz, e bem, o Presidente da República "O povo português votou e uma forma de voto foi vacinar-se. E votou com uma maioria que ainda nenhuma eleição deu a ninguém.", frente a esta mix de chalupas, teóricos da conspiração, extrema-direita, anti vaxxers, negacionistas, antes em internamento compulsivo, agora em campanhas de ódio ao abrigo da "liberdade de expressão" e "liberdade de manifestação", com grande destaque nos telejornais perante a indiferença das autoridades policiais, resta ao cidadão a acção directa: a bem da saúde pública passar das palavras aos actos sempre que se depare com situações destas no dia-a-dia, que o tempo do "paz e amor" foi em 1969, no Woodstock.

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

Agora com um desenho

por josé simões, em 14.09.21

 

insonias.jpg

 

 

[Link na imagem]

 

 

 

 

É a raça deles

por josé simões, em 13.09.21

 

CGP.jpg

 

 

Equivaler um protesto ordeiro de uma associação identificada e legalizada com uma acção de ódio, difamação e insulto gratuito contra a segunda figura do Estado e mulher, por um bando misto de alucinados fugidos de um hospício, negacionistas, e elementos com ligações à extrema-direita e a grupelhos neo-nazis. É a raça deles, nunca falham na legitimação do ódio e da extrema-direita.

 

[Link na imagem print screen de tweet da conta de Carlos Guimarães Pinto, ex-presidente do Ilusão Liberal]

 

 

 

Noções Elementares de Democracia

por josé simões, em 25.08.21

 

 

 

Qualquer ser que apareça como o salvador da pátria é mau para a democracia, porque a democracia salva-se em conjunto com todos os actores do sistema democrático. Não é uma personagem que salva a democracia, porque isso cheira a outra coisa. Eu não quero ser essa pessoa.