Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

Malucos do Riso

por josé simões, em 03.12.19

 

cds (3).jpg

 

 

[Via]

 

 

 

 

"países que definem como orientação e objectivo a construção duma sociedade socialista"

por josé simões, em 01.06.19

 

 

 

"Importante realidade do quadro internacional, nomeadamente pelo seu papel de resistência à 'nova ordem' imperialista, são os países que definem como orientação e objectivo a construção duma sociedade socialista - Cuba, China, Vietname, Laos e R.D.P. da Coreia", Projecto de Teses do XVIII Congresso do PCP.

 

Coreia do Norte terá fuzilado altos responsáveis após cimeira com Trump

 

[Imagem]

 

 

 

 

O Verdadeiro Artista

por josé simões, em 18.03.19

 

Kim.jpg

 

 

Independentemente do Jerónimo de Sousa que em Dezembro de 2016 no discurso de arranque do XX Congresso do PCP em Almada afirmava que a União Europeia não é uma democracia ["não se tratar de "maquilhar, refundar ou democratizar" a União Europeia",  "a experiência recente demonstra que a UE constitui uma matriz política e ideológica, impossível de ser democratizada, humanizada ou refundada"] ser o mesmo Jerónimo de Sousa que em Março de 2019 a propósito da Coreia do Norte responde à pergunta com a pergunta "O que é a democracia? Primeiro tínhamos de discutir o que é a democracia" para fugir à questão, na chico-espertice da memória curta das pessoas, esquecidas do conceito de democracia definido apenas três anos antes em Almada, o que há aqui a registar é  "[...] o nosso projecto de sociedade, [...] tendo em conta a nossa cultura, tendo em conta a nossa história, tendo em conta o nosso povo", os mesmíssimos mui nobres princípios da cultura, da história, do povo, da tradição [Diário de Notícias e Jornal de Notícias em 1953], que levava Salazar a martelar resultados eleitorais, a instituir a censura, a polícia política e a tortura, o chefe de família, quando um burro fala o outro baixa as orelhas, cada macaco no seu galho, o respeitinho é muito bonito, manda quem pode obedece quem deve. E tudo isto da boca de um secretário-geral de um partido que reclama o estatuto de dono do combate ao fascismo e à ditadura é absolutamente maravilhoso. Ou nem por isso.

 

[Imagem]

 

 

 

 

Da série "Grandes Primeiras Páginas"

por josé simões, em 15.06.18

 

bloomberg-businessweek.jpg

 

 

         "Gold! Iron! Zinc! Petroleum! Molybdenum! Plus beaches! Think of it from a real estate perspective", Donald Trump.

 

A capa da Bloomberg Businessweek.

 

 

 

 

Da série "Grandes Primeiras Páginas"

por josé simões, em 19.02.18

 

new_yorker.750.jpg

 

 

A capa da The New Yorker

 

 

 

 

Rocket Man

por josé simões, em 19.09.17

 

 

 

Rocket Man in on a suicide mission

 

 

 

 

Da série "Grandes Primeiras Páginas"

por josé simões, em 27.05.16

 

Kim Jong-un na capa do The Economist.jpg

 

 

Kim Jong-un na capa do The Economist

 

 

 

 

||| Nunca desiludem

por josé simões, em 12.05.16

 

north-korea-at-night-these-shrines-were-the-only-s

 

 

Já não é o elogio, nem a apologia, nem a saudação, é uma notícia, em forma de notícia, atrás do "Breves", na secção "Internacional", logo a seguir à abertura, feita com um israelita bom.


[Imagem]

 

 

 

 

||| Da série "Grandes Primeiras Páginas"

por josé simões, em 09.01.16

 

the new yorker.jpg

 

 

A capa da The New Yorker

 

 

 

 

||| Festa do Avante! é quando um homem quiser

por josé simões, em 03.08.15

 

attack_washington.jpg

 

 

"We will give the award to President Kim Jong-un because he has been consistent in carrying out the ideals of the great leader, Kim Il Sung, which is to fight imperialism.


So this will be a sequel, where we give the award to Kim Jong-un for his persistence in fighting neo-colonialism."


[Imagem]

 

 

 

 

||| "Pelo seu papel de resistência à «nova ordem» imperialista...

por josé simões, em 02.02.15

 

north_korean_When provoking a war of aggression, w

 

 

O que é que falta a Vladimir Putin para entrar para o Olimpo dos grandes líderes do internacionalismo proletário, da solidariedade entre os povos e da luta contra o imperialismo, com direito a efígie, de perfil, ao lado das outras que o antecederam? Aparentemente só lhe falta absorver Guennadi Ziuganov.


«Um alto responsável das forças armadas russas anunciou que vão realizar-se este ano manobras militares conjuntas com a Coreia do Norte»


[Na imagem cartaz de propaganda norte-coreano "When provoking a war of aggression, we will hit back, beginning with the US!"]


... são os países que definem como orientação e objectivo a construção duma sociedade socialista – Cuba, China, Vietname, Laos e R.D.P. da Coreia."

 

 

 

 

||| Notícias para entreter papalvos e jornalistas [não necessáriamente por esta ordem]

por josé simões, em 28.12.14

 

Kim monitor.jpg

 

 

Antes de noticiarem que a Coreia do Norte ficou sem internet por ter chamado a Obama uma coisa que toda a gente, Coreia do Norte e tudo, chamava ao W. Bush, deviam abrir parêntesis e informar também qual a percentagem de norte-coreanos que tem acesso à internet, Com um 'cadinho de esforço até conseguiam publicar o nome dos privilegiados e tudo.


«Coreia do Norte de novo sem Internet depois de chamar "macaco" a Obama»

 

 

 

 

||| Vitória! Vitória! Acabou a nossa história!

por josé simões, em 23.12.14

 

the week.jpg

 

 

Estas notícias que fazem hoje o pleno da imprensa mundial e que dão conta de que depois das ameaças de retaliação por parte dos amaricanos por causa dos medricas da Sony, cheios de miúfa, a net norte-coreana esteve em baixo durante 9 – nove – 9 longas horas [weeeee!!!], como se as pessoas do lado de fora da Coreia do Norte ficassem muito incomodadas por não poderem visitar os sítios de propaganda do camarada-gordo-num-país-de-magros, ou como se os magros do país do camarada-gordo tivessem sequer acesso à net, livremente, qual pessoa normal, ou até direito a ir rir e chorar ao cinema; como se os danos na imagem e na moral de um lado e do outro fossem comparáveis. Get a life.


[Na imagem a capa da The Week]

 

 

 

 

||| North Korean Memoirs

por josé simões, em 27.10.14

 

NKM logo.png

 

 

[Aqui]

 

 

 

 

||| O cluster do "Realismo Socialista"

por josé simões, em 08.08.14

 

 

 

«The colossal monument’s Soviet-influenced, Socialist realism style makes sense when you consider that it was built by Mansudae Overseas Projects, a division of North Korea’s government-run propaganda art factory.

 

Founded in 1959, Mansudae Art Studio employs around 4,000 North Koreans at its Pyongyang headquarters, 1,000 of which are artists handpicked from rigorous national institutions like Pyongyang University. These artists spend their days producing beautifully detailed propaganda, such as portraits of rosy-cheeked farm maidens, paintings of North Korea’s glorious countryside, and One Can Always Lose, a series of 10 paintings depicting North Korea’s 1-0 win over Italy during round one of the 1966 World Cup. All public images of Kim Jong-un, Kim Jong-il, and Kim Il-sung, including the enormous statues in Pyongyang, are the work of Mansudae artists.»

 

«North Korea Is Making Cheap, Soviet-Style Propaganda Statues For Cash-Strapped Countries Like Senegal»