Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

Dizem que é uma espécie de Constituição...

por josé simões, em 19.06.07

 Sobre a Constituição europeia que afinal não se vai chamar Constituição, mas mini-Tratado ou Tratado-simplificado, ficámos também a saber que não ostentará qualquer símbolo da Europa, como a bandeira - à excepção do símbolo do Euro. No fundo, no fundo, foi ao que tudo sempre se resumiu: economia e cifrões. A Europa social, a Europa dos povos e das nações, pode esperar. (Se está disposta a esperar, é caso para se ver). Podiam ao menos ter levado o assomo de honestidade até ao fim, deixar cair também a denominação União Europeia, e recuperar a antiga CEE – Comunidade Económica Europeia. Ficávamos todos a saber o que nos espera e com o que contar.

A bula de Berlim

por josé simões, em 28.03.07

“A Constituição de há três aos nunca será aprovada por alguns países, e aquela piedosa fórmula de “uma base comum renovada” não deriva de qualquer constatação expressa de uma suposta ingovernabilidade actual da Europa. A Europa é ingovernável por falta de uma Constituição, ou é-o devido aos egoísmos nacionais?”

 

Vasco Graça Moura, para ler hoje no Diário de Notícias.