Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

DER TERRORIST

"Podem ainda não estar a ver as coisas à superficie, mas por baixo já está tudo a arder" - Y. B. Mangunwijaya, escritor indonésio, 16 de Julho de 1998.

Duas vezes o mesmo livro no mesmo dia

por josé simões, em 08.05.19

 

 

 

Afinal o copo não era Starbucks. Se fosse uma lata tinha sido Coca-Cola. Ou artefactos que já deixaram de ser marca e passaram a sinónimos. Uma Gillete é um deles. E a Coca-Cola é uma coca-cola por mais que a Pepsi se esforce.

 

As marcas e as multinacionais no campus, a propósito da ligação da universidade às empresas ou dos cortes orçamentais que estrangulam o ensino e empurram a academia para fontes alternativas de financiamento. Coca-Cola: Empresa tem várias cláusulas com universidades que lhe permite suprimir estudos desfavoráveis.

 

Quem nunca leu ainda vai a tempo.

 

[A imagem é minha]

 

 

 

 

||| Natal, o tal

por josé simões, em 24.12.14

 

presépio.png

 

 

Já que a Coca-Cola inventou o Natal. Vermelho. Tão amaricano que até parece antigo. E vermelho. E as músicas de Natal. Vermelhas. Com muitas vozes e muitos violinos e muitos sininhos. Vermelhos.  Já que a Coca-Cola inventou o Natal em família. Vermelho de quentinho e de fraternidade e de paz na terra aos homens de boa vontade e neve a cair lá fora e luzes a cair cá dentro e grandes sorrisos a cair da boca para fora. Façam um favor a vós próprios e não comam o bacalhau e as couves acompanhadas de Coca-Cola.

 

E para vocês também, não se incomodem.

 

[Imagem]

 

 

 

 

||| Guerrilha na web

por josé simões, em 27.01.14

 

 

|| O Verdadeiro Artista

por josé simões, em 14.05.10

 

 

 

 

"Há famílias que compram Coca-Cola a taxa de 5% e isso não é justo"

 

 

 

 

|| Refresh yourself

por josé simões, em 31.05.09

 

Só quem não percebe nada de Cola pode dizer que a Coca e a Pepsi são iguais. A Pepsi é mais doce. E isto não é propriamente um elogio ou sinónimo de qualidade.

 

Internacionalismo engarrafado

por josé simões, em 09.11.08

 

Por favor alguém que me diga que isto não é verdade.

Há bocado fui aos supermercado fazer umas compras de emergência e encontro estas simpáticas garrafas na prateleira.

O “camaradaJaime Serra (sim, esse mesmo), do alto da sua autoridade de resistente e de antifascista disse-me uma vez, era eu um puto de 13 ou 14 anos, que a Coca-Cola era o Imperialismo engarrafado. As voltas que o mundo dá!

 

Depois da Bella Ciao como banda sonora ao IKEA, o Internacionalismo engarrafado. Já faltou mais para haver um McEstaline ou um Lenine Fried Chicken.